Minha conta
    Taylor Swift pode ganhar o Oscar? Curta de All To Well está cotado para a premiação em 2023

    All Too Well: The Short Film pode concorrer ao Oscar de Melhor Curta Metragem e a cantora trabalha com uma consultoria para fazer campanha para o prêmio.

    Normalmente, as categorias do Oscar destinadas aos curta-metragens acabam passando batido na premiação. Mas não este ano, quando grandes nomes da indústria do entretenimento entrarão na disputa por uma estatueta, sendo um deles Taylor Swift. Segundo o The Hollywood Reporter, a cantora pode concorrer por Melhor Curta-Metragem por All Too Well: The Short Film.

    All Too Well: The Short Film
    All Too Well: The Short Film
    0h 14min
    Criador(es): Taylor Swift
    Com Dylan O'Brien, Sadie Sink, Taylor Swift
    Usuários
    3,7

    A produção é um drama romântico escrito e dirigido por Taylor Swift baseado na música All Too Well, lançada originalmente no álbum Red, de 2012, e relançada pela artista em 2021. De acordo com o site, o curta de cerca de 14 minutos de duração foi qualificado para concorrer à estatueta, e a cantora está trabalhando com uma importante consultoria para orientar sua campanha pelo prêmio.

    All Too Well: The Short Film é estrelado por Sadie Sink (Stranger Things) e Dylan O'Brien (Maze Runner) e retrata um casal em um relacionamento que acaba desmoronando. Nas palavras de Taylor, o curta é sobre “uma jovem efervescente e curiosa que acaba completamente fora de si”. Taylor Swift nunca foi indicada ao Oscar, mas neste ano também tem chamado a atenção pela canção Carolina, do filme Um Lugar Bem Longe Daqui.

    Harry Styles vai ganhar prêmio especial no Festival de Toronto 2022; será que isso o coloca na briga pelo Oscar?

    Outro artista que pode concorrer a Melhor Curta Metragem é Kendrick Lamar, com um curta-metragem de seis minutos baseado na música We Cry Together, lançada em seu último álbum, Mr. Morale & The Big Steppers.

    Nos últimos anos, outras celebridades fora do mundo do cinema conseguiram um Oscar com curtas-metragens. Um deles foi o ex-jogador Kobe Bryant, morto em janeiro de 2020 em um acidente de helicóptero, que ganhou a estatueta de Melhor Curta-Metragem de Animação em 2018 com Dear Basketball.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Back to Top