Minha conta
    Brad Pitt recusou um dos maiores filmes de todos os tempos para fazer seu papel mais odiado
    29 de out. de 2021 às 18:50
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    Em 1994, o ator estava em plena ascensão e, por isso, não aceitou participar de Um Sonho de Liberdade, clássico estrelado por Morgan Freeman e Tim Robbins.

    Você com certeza já ouviu falar de Um Sonho de Liberdade. Estrelado por Morgan Freeman e Tim Robbins, o filme de 1994 é considerado um dos melhores de todos os tempos. Com direção de Frank Darabont (À Espera de um Milagre), a trama acompanha Andy Dufresne (Robbins), um jovem e bem-sucedido banqueiro cuja vida muda radicalmente ao ser condenado à prisão perpétua por um crime que nunca cometeu. Ele é mandado para a Penitenciária Estadual de Shawshank e lá faz amizade com Ellis Boyd Redding (Freeman), um homem que cumpre pena há 20 anos e controla o mercado clandestino da instituição.

    Mas você sabia que Brad Pitt estava originalmente cotado para o projeto? Em entrevista ao USA Today, Darabont explica que havia escalado o ator para o papel do prisioneiro Tommy Williams – uma aparição que, embora pequena, tem sua importância no longa. O personagem acabou ficando com Gil Bellows, e o diretor atribui a escolha ao fato de, na época, Pitt ser uma estrela no início de sua ascensão. "Mal sabíamos que ele se tornaria um superstar em pouco tempo. Quando ele finalmente deveria competir, [ele e sua agência] não quiseram cumprir os papéis prometidos", conta Darabont.

    Conheça 25 filmes que se passam em prisão e são imperdíveis

    Vale lembrar que a fama de Pitt em Hollywood veio após o sucesso de Thelma & Louise, filme protagonizado por Susan Sarandon e Geena Davis. Ele passou, então, a buscar trabalhos como protagonista, algo que Um Sonho de Liberdade não poderia lhe oferecer. Ele recusou o papel de Tommy para se juntar a Tom Cruise no suspense gótico Entrevista com o Vampiro. Só não passava pela sua cabeça que este último se transformaria em um pesadelo pessoal.

    BRAD PITT NÃO SE DIVERTIU COM TOM CRUISE

    Inicialmente, Entrevista com o Vampiro pareceu se adequar ao novo gosto de Pitt: uma mistura de drama épico com terror, tendo Cruise como grande atrativo de bilheteria. Porém, a realidade durante as filmagens foi muito diferente: "Eu me senti péssimo. Foram seis meses de escuridão de merda [por causa da ambientação noturna]. [O papel de Tom Cruise] é ótimo, mas para mim não havia nada a fazer a não ser sentar e esperar", revelou o ator à Entertainment Weekly. "Em algum momento, isso me quebrou. Eu perguntei ao [produtor] David Geffen quanto me custaria deixar o filme. Ele disse muito calmamente: 'US$ 40 milhões'."

    Como Pitt não podia pagar a quantia, ele teve que cumprir seu contrato. Hoje, sua performance como o sugador de sangue Louis de Pointe du Lac se tornou uma das mais odiadas de sua carreira. Logo, é possível imaginar que a oportunidade perdida em Um Sonho de Liberdade nunca vai deixar de persegui-lo.

    12 melhores filmes de vampiros de todos os tempos

    Por sua vez, o ator se mostra bastante seguro de sua decisão. "Teria sido legal estar no filme, mas não me arrependo. Eu acredito na maneira como as coisas acontecem: esse era apenas o papel de outra pessoa. Se eu tivesse aceitado, outras coisas poderiam não ter acontecido depois. Tudo depende", declarou ao USA Today.

    Do ponto de vista financeiro, sua postura é compreensível: Um Sonho de Liberdade fracassou nas bilheterias, enquanto Entrevista com o Vampiro foi um sucesso. Ainda assim, Pitt claramente não gosta de recordar seu papel ao lado de Cruise. O desastre do vampiro poderia ter sido evitado? Quem sabe. Mas há de se convir que o clássico de Darabont é bom do jeito que está. Não à toa, concorreu a sete categorias no Oscar 1995 – incluindo Melhor Filme, Melhor Ator (Freeman), Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Fotografia.

    Um Sonho de Liberdade
    Um Sonho de Liberdade
    Data de lançamento 25 de janeiro de 1995 | 2h 22min
    Criador(es): Frank Darabont
    Com Tim Robbins, Morgan Freeman, Bob Gunton, William Sadler, Clancy Brown
    Usuários
    4,8
    Assista agora em HBO Max
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top