Minha conta
    8 filmes sobre inteligência artificial que vão explodir sua cabeça no Telecine
    Por Bruno Botelho dos Santos — 29 de set. de 2021 às 15:00

    O catálogo do Telecine conta com filmes de ficção científica imperdíveis, que abordam temas interessantes como inteligência artificial.

    A.I. - Inteligência Artificial, de Steven Spielberg, é uma das produções mais emblemáticas do século XXI, abordando temas como inteligência artificial em sua trama, e está disponível no streaming do Telecine. Completando 20 anos de lançamento em 2021, o AdoroCinema separou uma lista de filmes de ficção científica no catálogo do Telecine que exploram a temática da inteligência artificial. Lembrando que caso você não seja assinante, é possível testar o serviço gratuitamente por trinta dias. Aproveite para maratonar agora mesmo todas essas produções imperdíveis!

    A.I. - Inteligência Artificial

    Mesmo duas décadas depois de seu lançamento, A.I. - Inteligência Artificial continua atual em suas temáticas, principalmente sobre as mudanças climáticas e o avanço tecnológico. Desenvolvido originalmente por Stanley Kubrick, o filme de Steven Spielberg recebeu duas indicações ao Oscar e ganhou ainda mais relevância com o passar dos anos.

    Na metade do século XXI, o efeito estufa derreteu uma grande parte das calotas polares da Terra, fazendo com que boa parte das cidades litorâneas do planeta fiquem parcialmente submersas. Para controlar este desastre ambiental a humanidade conta com o auxílio de uma nova forma de computador independente, com inteligência artificial, conhecido como A.I. É neste contexto que vive o garoto David Swinton (Haley Joel Osment), que irá passar por uma jornada emocional inesquecível.

    O Exterminador do Futuro

    O Exterminador do Futuro marcou a história do cinema abordando avanço tecnológico e viagem no tempo, o que depois iria se tornar uma das franquias mais icônicas da ficção científica.

    Num futuro próximo, a guerra entre humanos e máquinas foi deflagrada. Com a tecnologia a seu dispor, um plano inusitado é arquitetado pelas máquinas ao enviar para o passado um andróide (Arnold Schwarzenegger) com a missão de matar a mãe (Linda Hamilton) daquele que viria a se transformar num líder e seu pior inimigo. Contudo, os humanos também conseguem enviar um representante (Michael Biehn) para proteger a mulher e tentar garantir o futuro da humanidade.

    Matrix

    Matrix foi um marco para a história da ficção científica desde seu lançamento no final dos anos 90, que revolucionou o cinema e a cultura pop, com cenas de ação inovadoras, além de contar com muitos conceitos filosóficos e sociais ainda relevantes

    Em um futuro próximo, Thomas Anderson (Keanu Reeves), um jovem programador de computador que mora em um cubículo escuro, é atormentado por estranhos pesadelos onde se encontra conectado por cabos e contra sua vontade, em um imenso sistema de computadores do futuro. Conforme o sonho se repete, Anderson começa a ter dúvidas sobre a realidade. Sua vida muda quando ele encontra os misteriosos Morpheus (Laurence Fishburne) e Trinity (Carrie-Anne Moss), descobrindo que é, assim como outras pessoas, vítima do Matrix, um sistema inteligente e artificial que manipula a mente das pessoas e cria a ilusão de um mundo real enquanto usa os cérebros e corpos dos indivíduos para produzir energia. Morpheus, entretanto, está convencido de que Thomas é Neo, o aguardado messias capaz de enfrentar o Matrix e conduzir as pessoas de volta à realidade e à liberdade.

    Metrópolis

    Metrópolis foi um dos pioneiros da ficção científica e, por isso, é considerado um dos clássicos essenciais na história do cinema. Mesmo sendo lançado em 1927, o filme já explorava o conceito de inteligência artificial que seria inspiração para muitas produções.

    Em Metrópolis, no ano 2026, os poderosos ficam na superfície, onde há o Jardim dos Prazeres, destinado aos filhos dos mestres. Os operários, em regime de escravidão, trabalham bem abaixo da superfície, na Cidade dos Trabalhadores. Esta poderosa cidade é governada por Joh Fredersen (Alfred Abel), um insensível capitalista cujo único filho, Freder (Gustav Fröhlich), leva uma vida idílica, desfrutando dos maravilhosos jardins. Mas um dia Freder conhece Maria (Brigitte Helm), a líder espiritual dos operários, que cuida dos filhos dos escravos. Ele conversa com seu pai sobre o contraste social existente, mas recebe como resposta que é assim que as coisas devem ser. Paralelamente Rotwang (Rudolf Klein-Rogge), um inventor louco que está a serviço de Joh, diz ao seu patrão que seu trabalho está concluído, pois criou um robô à imagem do homem. Isso cria uma série de eventos que já abordavam questões sobre robôs, desigualdade e tecnologia em pleno 1927, ano de lançamento do filme.

    O Protótipo

    O Protótipo é um filme de ficção científica que chegou recentemente exclusivamente ao Telecine pelo selo Première. Na história, George Almor (Theo James) se dedica integralmente ao desenvolvimento de uma IA sofisticada. Seu desejo é produzir uma andróide similar à sua falecida esposa (Stacy Martin), com memórias implantadas e sentimentos. Com a versão final pronta, rapidamente a situação sai do controle. Almor agora precisará lidar com a consciência dos protótipos criados por ele e as frustrações que impedem sua reconexão com a amada.

    Eu, Robô

    Eu, Robô é uma adaptação da obra clássica e visionária de Isaac Asimov. Em 2035, a existência de robôs é algo corriqueiro, sendo usados constantemente como empregados e assistentes dos humanos. Os robôs possuem um código de programação chamado Lei dos Robóticos, que impede que façam mal a um ser humano.

    Esta lei parece ter sido quebrada quando o Dr. Miles aparece morto e o principal suspeito de ter cometido o crime é justamente o robô Sonny. Caso Sonny realmente seja o culpado, a possibilidade dos robôs terem encontrado um meio de quebrarem a Lei dos Robóticos pode permitir que eles dominem o planeta, já que nada mais poderia impedi-los de subjugar os seres humanos. Para investigar o caso é chamado o detetive Del Spooner (Will Smith) que, com a ajuda da Dra. Susan Calvin (Bridget Monayhan), precisam desvendar o que realmente aconteceu.

    RoboCop - O Policial do Futuro

    RoboCop - O Policial do Futuro segue a história de um policial (Peter Weller) que, depois de ter sido mortalmente ferido em cerco a marginais, é transformado num misto de máquina e homem a serviço da justiça. Ele precisa enfrentar uma gangue disposta a dominar a cidade, sob a custódia legal de poderoso executivo. O catálogo do Telecine ainda apresenta a refilmagem Robocop (2014), comandada pelo brasileiro José Padilha.

    A Vigilante Do Amanhã: Ghost In The Shell

    A Vigilante Do Amanhã: Ghost In The Shell é uma adaptação live-action do aclamado anime Ghost In The Shell (Fantasma do Futuro), uma das produções de ficção científica que podem estar prevendo nosso futuro.

    Em um mundo pós-2029, é bastante comum o aperfeiçoamento do corpo humano a partir de inserções tecnológicas. O ápice dessa evolução é a Major Mira Killian (Scarlett Johansson), que teve seu cérebro transplantado para um corpo inteiramente construído pela Hanka Corporation. Considerada o futuro da empresa, Major logo é inserida no Section 9, um departamento da polícia local. Lá ela passa a combater o crime, sob o comando de Aramaki (Takeshi Kitano) e tendo Batou (Pilou Asbaek) como parceiro. Só que, em meio à investigação sobre o assassinato de executivos da Hanka, ela começa a perceber certas falhas em sua programação que a fazem ter vislumbres do passado quando era inteiramente humana.

    Todos os filmes de ficção científica citados na lista estão disponíveis no catálogo do Telecine. Vale lembrar que o serviço de streaming do Telecine oferece 30 dias grátis para novos assinantes.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top