Minha conta
    Matilda na Sessão da Tarde hoje (8/7): Tragédia pessoal de Mara Wilson marcou sua vida durante gravação do filme
    Por Nathalia Jesus — 8 de jul. de 2021 às 14:00

    Dirigido por Danny DeVito, filme marcou a infância de crianças nascidas entre os anos 1990 e 2000.

    Quinta-feira é dia de TBT e a Rede Globo abraçou a data, exibindo filmes clássicos e nostálgicos neste dia da semana na Sessão da Tarde. Na programação de hoje, a atração vai exibir Matilda, icônico filme que fez parte da infância de muitas crianças nascidas entre os anos 1990 e 2000.

    Na trama, Matilda Wormwood é uma garotinha requintada e inteligente mas, infelizmente, sua família não compreende sua intelectualidade precoce e seu diferente modo de ver o mundo. Com o passar do tempo, Matilda finalmente entra na escola que tem uma professora gentil, amigos leais e uma diretora sádica. À medida que se cansa da constante crueldade, em casa e na escola, a garotinha começa a perceber que tem o dom de poderes telecinéticos. Depois de alguns dias de prática, Matilda decide reagir para enfrentar seus pais e a diretora malvada.

    Matilda
    Matilda
    Data de lançamento 11 de outubro de 1996 | 1h 38min
    Criador(es): Danny DeVito
    Com Mara Wilson, Danny DeVito, Rhea Perlman, Embeth Davidtz, Pam Ferris
    Usuários
    4,2
    Assistir em streaming

    O clássico é dirigido por Danny DeVito, que também atua no filme como o pai desajustado de Matilda, e esteve por trás das câmeras na comédia Duplex, estrelada por Drew Barrymore e Ben Stiller. Já o elenco do longa-metragem infantil é composto por Mara Wilson, que interpreta a protagonista mirim, Rhea Perlman (mãe), Pam Ferris (diretora) e Embeth Davidtz (professora). Antes de (re)assistir Matilda na Sessão da Tarde hoje, confira algumas curiosidades sobre os bastidores da atração.

    Tragédia pessoal de Mara Wilson

    A mãe de Mara Wilson, Suzie Shapiro Wilson, morreu de câncer de mama enquanto o filme estava sendo filmado. Mara homenageou a mãe ao finalizar as gravações de Matilda, que foi dedicado à memória da mãe.

    Em contraste com seus personagens, Danny DeVito e Rhea Perlman se tornaram muito próximos de Mara Wilson durante a produção. De acordo com a atriz protagonista, DeVito e Perlman costumavam deixá-la ficar em casa e mantê-la entretida enquanto seu pai estava trabalhando e sua mãe estava no hospital recebendo tratamentos de câncer.

    Atriz de Matilda desabafa sobre imagem sexualizada quando era criança

    A atriz protagonista acreditava que sua mãe nunca tinha visto o filme, por ter morrido durante a produção. No entanto, mais tarde, Danny DeVito revelou que tinha mostrado um corte bruto à mãe, filmado pouco antes de sua morte.

    Pai da Miss Honey

    Sabe aquela icônica foto de Magnus, pai da professora Srta. Honey, que balança e assombra a casa da diretora? Aquele é, na verdade, um retrato de Roald Dahl, o autor do livro "Matilda", no qual o filme é baseado.

    Além disso, outra referência do autor é utilizada no filme. Quando Matilda está descrevendo seu amor por Charles Dickens à Srta. Honey, acidentalmente pronuncia o nome dele como "Darles Chickens". Este momento tem ligação com “The BFG”, outro romance de Roald Dahl no qual o personagem-título frequentemente pronuncia erroneamente o nome de Charles Dickens.

    Giz que escreve sozinho

    Na confecção do segmento do DVD, Danny DeVito revela que para o giz escrever sozinho, eles escreveram as letras ao contrário no lado oposto do quadro-negro, depois colocaram um ímã no giz. Para finalizar, colocaram alguém atrás do quadro e escreveram as palavras ao contrário com um dispositivo que atraiu os ímãs.

    Esta cena de Matilda escrevendo em um quadro-negro com a força da mente foi uma ideia usada mais tarde por Stephen King em Doutor Sono, continuação de seu livro O Iluminado, para que o personagem principal enviasse uma mensagem telepática.

    Memorável cena do bolo

    A cena em que o personagem Bruce Bogtrotter é forçado a comer bolo de chocolate demorou tanto para ser filmada que a lista de chamada tinha um símbolo do infinito escrito nos horários de início e fim.

    Irmãs Olsen estariam em Matilda

    O diretor Danny DeVito originalmente queria Mary-Kate e Ashley Olsen, irmãs de Elizabeth Olsen de WandaVision, como protagonistas de Matilda, já que seus filhos eram grandes fãs deles em Três É Demais e sua esposa, Rhea Perlman, trabalhou com elas em Dupla Confusão. No entanto, elas não estavam disponíveis porque estavam ocupadas trabalhando em As Namoradas do Papai, lançado em 1995.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top