Meu AdoroCinema
    Angelina Jolie afirma que sua carreira foi prejudicada após divórcio com Brad Pitt
    Por Caio Garritano — 22 de abr. de 2021 às 14:21

    O casal esteve em um relacionamento por dez anos, mas o casamento acabou chegando ao fim em 2016.

    Angelina Jolie e Brad Pitt surpreenderam o mundo inteiro em 2016, quando anunciaram o fim do casamento. Na época, o TMZ revelou que a atriz teria pedido a separação devido ao "abuso de substâncias" pelo ex-marido. Agora, depois de apresentar novas provas de violência doméstica contra o ator no processo de divórico, Jolie revelou durante uma entrevista que sua carreira foi bastante afetada depois que ocorreu a separação.

    10 atores que contracenaram junto com a família em Hollywood

    Durante a divulgação do seu novo filme, Aqueles que me Desejam a Morte, na Entertainment Weekly, a atriz afirmou: "Eu amo dirigir, mas tive uma mudança na minha situação familiar que não me possibilitou dirigir por alguns anos. (...) Eu precisava apenas fazer trabalhos mais curtos e estar mais em casa, então meio que voltei a fazer alguns trabalhos de atuação". Ela ainda completou, "Essa é realmente a verdade".  

    Os dois são pais de seis filhos, Maddox (19 anos), Pax (17 anos), Zahara (16 anos), Shiloh (14 anos) e os gêmeos Knox e Vivienne (12 anos). Ainda de acordo com uma fonte do canal E! News, estas limitações na carreira surgiram principalmente por ela estar cuidando dos filhos, "Todas as crianças estão em casa com Angelina, mas continuam saindo com Brad e voltam para suas visitas regulares. Eles estão acompanhando seus trabalhos escolares, praticando seus idiomas, tocando instrumentos, jogos de tabuleiro e ajudando a preparar o jantar", continuou a fonte. "Não foi um ajuste muito grande, já que eles estão acostumados a fazer os trabalhos escolares em casa."

    20 casais unidos pelo cinema

    Relembre a história do divórcio

    Para quem não lembra, os dois estiveram em um relacionamento ao longo de dez anos, mas só se casaram em 2014. Dois anos depois, eles resolveram se separar e só então deram entrada nos papéis do divórcio. De acordo com as notícias da época, Jolie teria ficado exausta com o excesso de álcool e maconha por parte do ator, o que, somado a estresses emocionais, a faz acreditar que ele tenha se tornado uma presença perigosa para as crianças.

    Quando o término do relacionamento veio à público, foi noticiado que o ator estava sendo investigado por uma suposta agressão cometida por ele contra o filho mais velho, Maddox, durante uma viagem em um avião particular da família. Duas investigações foram abertas ainda em 2016, uma por parte do FBI, e outra pelo Departamento de Serviços para Crianças e Famílias da Polícia de Los Angeles. As duas acabaram inocentando Brad Pitt das acusações.

    Angelina Jolie diz que fimar cenas de sexo com Brad Pitt foi "a coisa mais estranha do mundo"

    Vale lembrar que este processo só deve estabelecer a divisão dos bens, das propriedades e da fortuna do ex-casal. Já a divisão da guarda dos filhos será estabelecida em outro processo, também em curso desde o fim de 2016. De acordo com as notícias da imprensa internacional, ele luta pela guarda compartilhada, enquanto ela quer limitar ao máximo o contato de Brad com os filhos. 

     
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top