Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Shrek na Netflix: 7 fatos interessantes sobre a animação que você provavelmente não sabia
    Por Nathalia Jesus — 14 de abr. de 2021 às 14:20

    Briga com a Disney? Primeira animação a ganhar o Oscar? Confira algumas curiosidades sobre a franquia da DreamWorks que retornou recentemente ao catálogo da Netflix.

    Shrek entrou para o catálogo da Netflix neste mês de abril e, como esperado, está entre as produções mais assistidas da plataforma. Trazendo aclamados personagens como Fiona, Gato de Botas e Burro Falante, incluindo o próprio ogro, a animação da DreamWorks acompanha as aventuras de herói mais fora do padrão de todos os tempos.

    Além de conter mensagens subliminares para o público adulto e ter tido o aconselhamento de terapeutas para ajudar na construção dos personagens, Shrek tem muitas outras curiosidades interessantes que talvez muitas pessoas não saibam. Por isso, o AdoroCinema reuniu alguns dos principais assuntos sobre a animação que, provavelmente, só um super-fã saberia.

    Shrek salvou a DreamWorks

    Há filmes que foram um fracasso e faliram seus respectivos estúdios, mas esse não é o caso de Shrek. Em 2007, o produtor Jeffrey Katzenberg disse que Shrek não apenas salvou a empresa financeiramente, mas deu à Dreamworks Animation uma imagem grandiosa no mercado e tal reputação positiva lhes permitiu fazer as franquias Madagascar, Kung Fu Panda e Como Treinar o Seu Dragão.

    História baseada em livro

    Shrek foi vagamente baseado em Shrek!, livro ilustrado e escrito por William Steig, lançado em 1990, quando o artista tinha 83 anos. O autor era cartunista do jornal The New Yorker e também se dedicava a escrever livros infantis, chegando a ser considerado “o rei dos desenhos animados”. Steig faleceu aos 95 anos, em 2003, dois anos após o lançamento do primeiro filme da franquia protagonizada pelo ogro.

    Primeiro filme de animação a ganhar Oscar

    Os filmes de animação não ganharam muitas categorias importantes no Oscar até que o prêmio de melhor longa-metragem de animação foi criado em 2002. Com a nova categoria, Shrek foi o primeiro filme a levar a estatueta, vencendo os filmes Jimmy Neutron: O Menino Gênio, da Nickelodeon, e Monstros S.A., que configura-se como uma das melhores produções da Pixar.

    Nicolas Cage recusou o papel principal em Shrek

    Os executivos da Dreamworks consideraram Tom CruiseLeonardo DiCaprio para Shrek, até que Jeffrey Katzenberg ofereceu o papel a Nicolas Cage. O astro de Hollywood disse ao Daily Mail que recusou o papel porque "eu simplesmente não queria parecer um ogro". Além disso, ele tinha medo de ser visto como alguém “feio” pelas crianças. No entanto, com o sucesso da franquia, parece que o ator se arrependeu pois, posteriormente, confessou que deveria ter aceitado interpretar o personagem.

    O filme foi apresentado para os advogados da Disney

    Com o objetivo de evitar possíveis processos judiciais, a DreamWorks exibiu o filme para os advogados da Disney. Isso porque Jeffrey Katzenberg, ex-presidente da Disney e, futuramente, diretor do estúdio responsável por Shrek, tinha inimizade com seu antigo chefe da empresa do Mickey e não queria que isso interferisse no filme.

    O castelo de Farquaad se assemelhava à Disneylândia, mas não foi considerado como uso inadequado de imagem e, por este motivo, não houve nenhuma ação legal. Apesar de não haver questões jurídicas que atrapalhassem o lançamento de Shrek, as afiliadas da Rádio Disney não permitiram que a DreamWorks comprasse tempo de propaganda para promover o filme.

    John Lithgow quebrou uma promessa pessoal

    John Lithgow tinha dito anteriormente que jamais interpretaria um personagem de baixa estatura, considerando que o ator mede 1,93m. No entanto, topou interpretar o Lord Farquaad pois acreditava que a diferença de altura entre ele e seu personagem, que é bem pequeno, seria uma piada divertida entre o elenco nos bastidores do filme.

    Origem do nome de Shrek

    Shrek parece apenas um nome aleatório dado ao ogro mais famoso do cinema, mas a palavra tem uma origem e significado que muitos não conheciam. Shrek é originado da palavra iídiche “shreklekh”, que significa “horrível” em inglês. Além disso, há também o termo alemão “schrecklich”, que também pode ser traduzido como algo “terrível”.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top