Minha conta
    Oscar 2019: Guillermo del Toro, Alfonso Cuarón e Reed Morano criticam Academia por categorias não-televisionadas
    Por Laysa Zanetti — 13 de fev. de 2019 às 13:10

    Russel Crowe, William Friedkin, Seth Rogen, Rachel Morrison e Scott Derrickson também reagiram à decisão da Academia.

    Após a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciar quais serão as quatro categorias do Oscar 2019 apresentadas nos intervalos comerciais, Guillermo del ToroAlfonso Cuarón foram alguns dos nomes que se uniram ao coro contrário à decisão.

    Oscar 2019: Academia revela quais categorias serão apresentadas durante os comerciais

    Os cineastas recorreram às redes sociais para criticar a Academia, deixando claro que não gostaraim da ideia.

    "Se eu puder falar: não iria presumir quais categorias cortar durante a cerimônia do Oscar, mas - Fotografia e Montagem são o coração do que fazemos. Não são heranças da tradição do teatro: são o cinema em si", declarou del Toro.

    "Na história do Cinema, obras de arte existiram sem som, sem cor, sem uma história, sem atores e sem música. Nenhum filme já existiu sem CINEMAtografia e sem montagem", completou Cuarón, indicado neste ano por Roma.

    Scott Derrickson foi categórico: "Agora tenho mais quatro razões para nunca mais assistir ao Oscar."

    Seth Rogen continuou: "Não há melhor maneira de celebrar as conquistas em cinema que não seja não honrar publicamente as pessoas cujo trabalho é literalmente filmar as coisas." 

    Oscar 2019: Academia volta atrás e anuncia que todas as cinco canções indicadas serão apresentadas ao vivo

    "É um insulto premiar duas das qualidades mais essenciais do cinema durante os intervalos comerciais. Este é um ato mal guiado que rouba a premiação da relevância que ela ainda tem. Agora é apenas uma plataforma para comerciais", escreveu William Friedkin.

    "A Academia está removendo fotografia, montagem e maquiagem da cerimônia televisionada? Esta é uma decisão fundamentalmente estúpida, não vou nem me dar ao trabalho de tentar ser espertão a respeito disso. É apenas muito estúpido para palavras", soltou Russel Crowe

    "Sem edição e fotografia você tem apenas palavras em um papel e atores em um palco mas você com certeza não tem um filme", afirmou Rachel Morrison, que no ano passado fez história como a primeira mulher indicada na categoria de Melhor Fotografia. 

    No InstagramReed Morano não economizou palavras para demonstrar toda a sua irritação:

    "Quando a audiência é mais importante do que a coisa que você está celebrando. É claro que o retorno é mais importante do que arte! (É isso que dá o retorno), então o mais fácil a fazer é se curvar ao invés de honrar a arte que você mesmo criou. Apenas mais um dia em Hollywood, pessoal.Tenho certeza que com aquelas cinco performances ao vivo das canções indicadas nós poderíamos reservar alguns minutos para celebrar os dois pilares fundamentais de qualquer filme já feito. Nós deveríamos dar o exemplo. Esta arte é o futuro da nossa indústria. E o progresso que fizemos no campo técnico a despeito de gênero? Ninguém vai ver isso. E a despeito de gênero, que mensagem estamos passando para jovens cineastas vindo ao mundo se nós, nós mesmos, não somos capazes de valorizar os dois ingredientes vitais de um filme?" 

    A 91ª cerimônia do Oscar acontece no dia 24 de fevereiro, e será exibida na TNT. Acompanhe com o AdoroCinema no Twitter e no Instagram!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top