Minha conta
    Ilustrador acusa X-Men: Apocalipse de apropriação indevida de arte com a mutante Cristal
    Por Katiúscia Vianna — 7 de ago. de 2016 às 07:23

    Polêmica com direito à textão no facebook!

    Um elefante incomoda muita gente, mas uma ação promocional de X-Men: Apocalipse incomoda muito mais.

    Depois de ter um cartaz críticado por fazer apologia à violência, a 20th Century Fox arrumou outra confusão! Dessa vez, Bill Sienkiewicz, ilustrador conhecido por trabalhar em quadrinhos da Marvel, afirma que o estúdio está fazendo uso indevido de um dos seus trabalhos.

    Durante a Comic-Con 2016, a Fox decidiu promover o lançamento digital de seu recente longa, distribuindo artes com uma imagem da mutante Cristal (Dazzler, em inglês). A peça em questão aparece como a capa de um disco, durante cena deletada de Apocalipse - que mostra Ciclope (Tye Sheridan), Jean (Sophie Turner), Noturno (Kodi Smit-McPhee) e Jubileu (Lana Condor) no shopping.

    A cena em questão. Repare na capa do disco nas mãos de Scott (Tye Sheridan).


    O problema é que a arte, criada por Bill Sienkiewicz cerca de trinta anos atrás, foi utilizada sem seu consetimento. Assim, o moço fez o que qualquer um faria: escreveu um textão no facebook.

    Arte da mutante Cristal, criada por Bill Sienkiewicz.
    Na declaração, Bill reclama que a 20th Century Fox não lhe deu os devidos créditos - nem algum tipo de compensação moral ou financeira - e afirma que só soube da situação através de alguns fãs durante a Comic-Con 2016.

    Veja um trecho do desabafo do moço: "Essa prática não é um procedimento incomum em grandes corporações, mas ainda irrita. Eu sou um homem. [...] Estou exagerando aqui? Em respeito aos meus colegas criadores, é demais pedir um tratamento decente e algum tipo de reconhecimento? [...] Um agradecimento ou uma nota de crédito é exigir muito?"

    Treta declarada! De que lado você está?

     

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top