Minha conta
    A saga Mad Max está de luto: Ficção científica perde grande lenda em um acidente
    Evelyn Souza
    Evelyn Souza
    Conquistada pela cultura pop, Evelyn adora assistir e discursar sobre filmes teens, de todas as gerações, e aqueles que quase ninguém ouviu falar. Além de ser dorameira e tentar usar seu coreano ínfimo em todas as oportunidades.

    O dublê australiano Grant Page, que trabalhou na franquia de George Miller e em mais de 100 outros filmes e séries, morreu. Ele tinha 85 anos.

    Grant Page morreu em um acidente de carro aos 85 anos. Se o nome dele não significa nada para você, saiba que ele foi o ícone australiano do mundo dos dublês. De acordo com declarações de seu filho, Leroy Page, ao Daily Mail Australia, ele bateu em uma árvore enquanto dirigia perto de sua casa em Kendall, Nova Gales do Sul. Morreu de muito bom humor e muito motivado, disse Leroy Page ao jornal.

    Lenda do cinema australiano, Grant Page trabalhou com o vencedor do Oscar, George Miller no clássico de ação de 1979, Mad Max, que apresentou Mel Gibson ao mundo. Ele próprio era dublê e também atuou como coordenador de dublês no thriller pós-apocalíptico de uso intensivo de energia, bem como no longa de 1985, Mad Max Além da Cúpula do Trovão, que também estrelou Tina Turner.

    Quais são os filmes de Mad Max? Esta é a melhor ordem para assistir à franquia que continuará com Furiosa

    Só para constar, enquanto estava a caminho do set de Mad Max, Grant Page sofreu um acidente de carro e quebrou a perna. Ele ainda conseguiu realizar algumas das acrobacias mais impressionantes do filme, incluindo uma em que bate o carro Interceptor em um trailer.

    Kennedy Miller Productions

    O artista se reuniu com George Miller em seu filme de 2022, Era Uma Vez Um Gênio, bem como em seu próximo Furiosa: Uma Saga Mad Max, que está programado para estrear em Cannes em maio.

    Mestre do Perigo

    Nascido em 1939 em Adelaide, Grant Page passou seus anos de formação treinando com os Comandos, onde aprimorou suas habilidades de “segurança em primeiro lugar”. Ele era um mestre em rapel e paraquedismo antes de se encontrar em sets de filmagem, onde suas habilidades ousadas eram um grande trunfo e nunca deixavam de surpreender o público.

    Sua carreira cinematográfica começou em meados da década de 1970, quando se tornou confidente do diretor Brian Trenchard-Smith. Juntos, eles criariam cenas de ação brilhantes para clássicos como Traficantes Audazes (1975) – filme que foi citado como influência de Quentin Tarantino – estrelado por Jimmy Wang Yu e o ex-intérprete de James Bond, George Lazenby.

    O dublê passou a trabalhar em dezenas de outros projetos, incluindo o mocumentário, Stunt Rock de 1978, no qual ele interpretou a si mesmo, e o filme de terror cult, O Navio Assassino (1980) – tudo depois de pular de um penhasco de 25 metros enquanto pegava fogo em Mad Dog Morgan (1976), protagonizado por Dennis Hopper.

    Getty Images

    Ele também foi o foco do documentário de 2008, Além de Hollywood: O Melhor do Cinema Australiano, escrito e dirigido por Mark Hartley, que discutiu a New Wave australiana da década de 1970 e os filmes de baixo orçamento da década de 1980. Tarantino, Miller, Hopper e Jamie Lee Curtis também fizeram parte do projeto. No filme, Trenchard-Smith se refere a Grant Page como “o cara que você contrata para desviar de carros, descer um penhasco em chamas, pular na água e lutar contra um tubarão”.

    Ele também era conhecido por sua tentativa fracassada de acrobacias no Don Lane Show em 1977, durante a qual tentou pular de um carro em movimento - uma façanha que ele finalmente realizou no mesmo show em 1983. O documentário Dangerfreaks (1987) de Brian Trenchard-Smith foi sobre ele e sua lendária carreira como dublê.

    Roadshow Entertainment
    Mad Max (1979)

    “Heroico em todos os sentidos da palavra”

    Para Grant Page, “a essência das acrobacias é torná-las o mais perigosas possível e garantir que não seja o caso”: foi o que ele disse ao The Movie Show (SBS) em 2002.

    Em 2016, ano de lançamento dos filmes Deuses do Egito, com Gerard Butler e Nikolaj Coster-Waldau, e Assassino a Preço Fixo 2 - A Ressurreição, com Jason Statham, Jessica Alba e Tommy Lee Jones, dois projetos nos quais trabalhou notavelmente, Grant Page foi homenageado pela Screen NSW com seu primeiro prêmio Screen NSW, que ele aceitou de seu amigo George Miller, que disse na época:

    “Enquanto trabalhava em circunstâncias ferozes e extraordinárias no primeiro Mad Max, descobri o calibre de Grant Page. Dublê magistral e inovador, ele possui uma inteligência profunda e elegante. Ele me ensinou muito sobre cinema, mas ainda mais sobre a vida. Inspirações que me apoiam desde então. Grant é heroico em todos os sentidos da palavra.”

    Furiosa: Uma Saga Mad Max
    Furiosa: Uma Saga Mad Max
    Data de lançamento 23 de maio de 2024 | 2h 28min
    Criador(es): George Miller
    Com Anya Taylor-Joy, Chris Hemsworth, Tom Burke
    Usuários
    4,2
    Adorocinema
    4,5
    Ver sessões (43)

    Fique por dentro das novidades dos filmes e séries e receba oportunidades exclusivas. Ouça OdeioCinema no Spotify ou em sua plataforma de áudio favorita, participe do nosso Canal no WhatsApp e seja um Adorer de Carteirinha!

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Comentários
    Back to Top