Minha conta
    Festival do Rio: Com filme premiado em Cannes, lista de produções LGBTQIAP+ indicadas ao Prêmio Félix é anunciada
    Diego Souza Carlos
    Apaixonado por cultura pop, latinidades e karê, Diego ama as surpresas de Jordan Peele, Guillermo del Toro e Anna Muylaert. Entusiasta do MCU, se aventura em estudar e falar sobre cinema, TV e games.

    Seleção de projetos queer ganham destaque no maior evento cinematográfico da América Latina.

    A temporada de festivais e premiações está diferente neste ano devido às greves dos atores e roteiristas. Apesar dessa mudança drástica no cenários, o público que 'AdoraCinema' ainda tem a oportunidade de presenciar a continuidade de eventos importantes para a indústria, bem como descobrir novos olhares cinematográficos a partir destas atividades.

    O Festival do Rio 2023 está chegando para saciar esse interesse na produção nacional e internacional. Nesta segunda-feira (25), a organização divulgou a lista com os filmes que concorrem ao Prêmio Félix, que destaca as narrativas LGBTQIAPN+.

    Festival do Rio 2023: Revelados os filmes de abertura e encerramento - e um deles já está cotado ao Oscar

    Os selecionados incluem curtas, longas, nacionais e internacionais que disputam também em outras mostras, e participam da seleção ao Prêmio Félix por abordar de maneira central a temática. A cerimônia de premiação acontecerá no domingo, dia 15 de outubro, junto com a premiação da Première Brasil.

    Na seleção de longas nacionais há diversos destaques como Tudo Que Você Podia Ser, de Ricardo Alves Jr., Pedágio, filme de Carolina Markowicz que foi exibido no Festival de Toronto, Sem Coração, película de Nara Normande e Tião que esteve no Festival de Veneza, e Levante, projeto de Lillah Halla premiado no Festival de Cannes. Já na lista de projetos internacionais, o público poderá assistir a filmes como All of Us Strangers, de Andrew Haigh, Kubi, de Takeshi Kitano, e Todo o Silêncio, de Diego Del Rio.

    "Um melodrama comovente sobre como nos apressamos em julgar": Esta obra-prima brilhou em Cannes e, agora, chega ao Festival do Rio 2023

    Maior evento de cinema da América Latina, o Festival do Rio 2023 acontece de 5 a 15 de outubro.

    Confira a lista completa - Prêmio Félix:

    Curtas-metragem nacionais:

    A Lama da Mãe Morta, de Camilo Pellegrini (RJ)

    Ficção Suburbana, de Rossandra Leone (RJ)

    Quarto de Hotel, de Marcelo Ribas Grabowsky e Mauro Pinheiro Jr. (RJ)

    Pássaro Memória, de Leonardo Martinelli (RJ)

    Se Precisar de Algo, de Mariana Cobra (SP)

    Celebrazione, de Luís Carlos Lacerda (RJ)

    Longas-metragens nacionais:

    Sem Coração, de Nara Normande e Tião (PE) - Première Nacional

    Levante, de Lillah Halla (SP) - Première Nacional

    Assexybilidade, de Daniel Gonçalves (RJ) - Première Nacional

    Pedágio, de Carolina Markowicz (SP) – Première Nacional

    Ana, de Marcus Faustini (RJ) - Première Mundial

    Tudo Que Você Podia Ser, de Ricardo Alves Jr (MG) - Première Mundial

    Toda Noite Estarei Lá, de Tati Franklin e Suellen Vasconcelos (ES)

    Leme do Destino, de Julio Bressane (RJ) - Première Mundial

    O Diabo na Rua no Meio do Redemunho, de Bia Lessa (RJ) - Première Mundial

    Longas-metragens internacionais:

    Orlando, Minha Biografia Política, Paul B. Preciado (França)

    Mutt, Vuk Lungulov-Klotz (Chile)

    Monster (Kaibutsu), Hirokazu Kore-eda (Japão) - Mostra Panorama Mundial

    20.000 Espécies de Abelhas, Estibaliz Urresola Solaguren (Espanha)

    Até o Cair da Noite, Christoph Hochhäusler (Alemanha)

    Cassandro, Roger Ross Williams (EUA)

    Kokomo City: A Noite Trans de Nova York, D. Smith (EUA)

    Kubi, Takeshi Kitano (Japão)

    Todo o Silêncio, Diego Del Rio (México)

    Pare com Suas Mentiras, Olivier Peyon (França)

    Moneyboys, C. B. Yi (China)

    All of Us Strangers, Andrew Haigh (Inglaterra)

    Softie, Samuel Theis (França)

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top