Minha conta
    O Menu: Diretor do novo suspense de Anya Taylor-Joy afirma ter reunido seu elenco dos sonhos (Entrevista)
    1 de dez. de 2022 às 15:30
    Rafael Felizardo
    Rafael Felizardo
    -Redator | Crítico
    Sonhador desde pequeno e apaixonado por cinema de A a Z, encontrou em David Lynch um modo de sonhar acordado.

    Protagonizado por grande elenco, O Menu credencia-se a um dos melhores suspenses do ano.

    Misturar suspense a toques ácidos de comédia costuma ser uma arte que poucos cineastas conseguem dominar. Através de produções como Bela Vingança, Entre Facas e Segredos, Joias Brutas e A Caçada, Hollywood viu seu cardápio de opções do gênero crescer com uma qualidade impressionante nos últimos anos, juntando elementos antagônicos que nas mãos das pessoas corretas costumam agradar.

    Dentro dessa proposta, estreia hoje (1), em solo brasileiro, o longa-metragem O Menu; um thriller assinado por Mark Mylod que marcou o Festival do Rio de 2022. Com protagonismo de Anya Taylor Joy, Ralph Fiennes e Nicholas Hoult, a obra apresenta uma trama que leva à cena um chef de cozinha em busca de seu magnum opus – aquela obra definitiva que é responsável por marcar a carreira dos mais diversos artistas.

    Durante uma entrevista para o AdoroCinema, Mylod procurou falar um pouco sobre o seu trabalho, afirmando ter tido sorte de trabalhar com o que chamou de “elenco dos sonhos”. Dentro de sua análise, o diretor revelou que estar ao lado de Anya e Ralph facilitou muito o processo de gravação, dois expoentes extremamente talentosos de gerações hollywoodianas diferentes.

    “Por conta do roteiro ser tão bom, eu tive sorte de atrair o meu elenco dos sonhos. Eles foram um conjunto fantástico. Não havia um elo mais fraco. E trabalhar com Ralph é impressionante. Ele é destemido e absolutamente hilário. O mesmo com Anya. Eu precisava que as cenas entre os dois fossem fortes, duas forças uma contra a outra, mas também conectadas. E os dois acharam aquela química de maneira tão linda”, afirmou o diretor.

    AdoroCinema
    Mark Mylod em entrevista para o AdoroCinema.

    No decorrer da conversa, Mark ainda procurou explicar de onde veio a inspiração para equilibrar tão bem a mistura de suspense e comédia apresentada no enredo; uma relação de opostos que, como dito anteriormente, funciona muito bem nas mãos das pessoas certas.

    “O equilíbrio entre o terror e a comédia é uma bela relação simbiótica. Um se alimenta do outro. Você pode aumentar a tensão e então liberá-la com um momento cômico que alivia a expectativa. E isso é um lindo passeio. Muito gratificante porque, no geral, há tensão e riscos crescentes ao longo do filme. E quanto mais tenso fica, mais o público está pronto para o alívio”, acrescentou.

    Desta forma, se você é amante de um bom thriller, O Menu pode ser o título que você procura. Com excelentes atuações, um figurino impecável, humor ácido e momentos de tirar o fôlego, o filme em questão credencia-se a um dos melhores longas-metragens do ano – confira aqui a nossa crítica.

    Os 11 filmes de suspense mais tensos da Netflix

    QUAL É A HISTÓRIA DE O MENU?

    Hyperobject Industries

    Na trama, o casal Tyler (Hoult) e Margot (Taylor-Joy) decide viajar para uma ilha remota, visando ter uma experiência gastronômica exclusiva apresentada por um chef aclamado (Fiennes). Através de seu modo conceitual de cozinhar, o profissional prepara um banquete completo para os mais privilegiados membros da sociedade, que não esperam que o preço para tal entretenimento pode ser extremamente caro.

    Além dos citados, no elenco, ainda estão presentes rostos como Hong Chau, Janet McTeer, Reed Birney, Judith Light e Paul Adelstein.

    O Menu
    O Menu
    Data de lançamento 1 de dezembro de 2022 | 1h 48min
    Criador(es): Mark Mylod
    Com Ralph Fiennes, Anya Taylor-Joy, Nicholas Hoult
    Usuários
    3,6
    Adorocinema
    3,5
    Assista agora em Star +

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top