Minha conta
    Abril Despedaçado
     Abril Despedaçado
    1 de maio de 2002 No cinema / 1h 30min / Drama
    Direção: Walter Salles
    Roteiro Karim Aïnouz, Sérgio Machado
    Elenco: Rodrigo Santoro, José Dumont, Rita Assemany
    Usuários
    4,4 147 notas e 14 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Em abril de 1910, na geografia desértica do sertão brasileiro vive Tonho (Rodrigo Santoro) e sua família. Tonho vive atualmente uma grande dúvida, pois ao mesmo tempo que é impelido por seu pai (José Dumont) para vingar a morte de seu irmão mais velho, assassinado por uma família rival, sabe que caso se vingue será perseguido e terá pouco tempo de vida. Angustiado pela perspectiva da morte, Tonho passa então a questionar a lógica da violência e da tradição.

    Trailer

    Abril Despedaçado Trailer Dublado 3:01
    Abril Despedaçado Trailer Dublado
    10.198 visualizações
    Pela web

    Últimas notícias

    Abraccine elege os 100 melhores filmes do cinema brasileiro
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quinta-feira, 26 de novembro de 2015
    Cidade de Deus é o melhor filme dos últimos 20 anos. Líder do ranking é também o filme mais antigo da lista, com 85 anos…

    Elenco

    Rodrigo Santoro
    Personagem : Tonho
    José Dumont
    Personagem : Pai
    Rita Assemany
    Personagem : Mãe
    Luiz Carlos Vasconcelos
    Personagem : Salustiano
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Thiago Lopes
    Thiago Lopes

    Seguir usuário 2 seguidores Ler as 22 críticas

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Esse é um dos melhores filmes brasileiros que eu ja vi. Esperava que fosse bom, mas é melhor do que eu imaginava. Super bem produzido. Este filme serve também para ilustrar um pouco sobre os problemas latifundiários do Brasil que repercutem até hoje. É claro que o filme toma uma tangente para os particularismos, contudo mostra a que ponto pode chegar duas famílias economicamente distintas por causa de terras. O que o Brasil precisa até ...
    Leia Mais
    Wellingta M
    Wellingta M

    Seguir usuário 795 seguidores Ler as 257 críticas

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Abril Despedaçado é para mim um dos clássicos do nosso mais recente cinema nacional. Um filme triste, denso, profundo que nos transporta à tragédia de uma família marcada para morrer e a questionar se o destino de fato, existe ou não. Belo trabalho de Walter Salles, um de nossos melhores cineastas. também destaco o trabalho de Santoro, muito bom ( não precisava ter ido para Hollywood) e do menino Ravi Ramos Lacerda. Como curiosidade, ...
    Leia Mais
    medhusas
    medhusas

    Seguir usuário Ler as 2 críticas

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    ...quando se falar em cinema brasileiro, a primeira coisa que se deve pensar é neste belíssimo filme "abril despedaçado", demais mesmo...
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Seguir usuário 47.057 seguidores Ler as 2.343 críticas

    4,0
    Enviada em 13 de agosto de 2016
    Muita qualidade de Walter Sales e ótima atuação merecedora de uma indicação ao óscar de Rodrigo Santoro! roteiro muito bom e fotografia deslumbrante ou seja filme nacional com cara de internacional!!
    14 Comentários do leitor

    Fotos

    20 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    O público nacional teve que esperar

    Apesar de ter sido o representante brasileiro na disputa do Oscar 2002, Abril Despedaçado apenas chegou aos cinemas brasileiros em 2002. O filme foi exibido durante uma semana em uma sala de cinema de Salvador em outubro de 2001, para que tivesse condições de ser escolhido como representante brasileiro ao Oscar. Após a indicação o filme foi lançado nos Estados Unidos ainda em 2001 e, após a cerimônia do Oscar, foi lançado no Brasil.

    Autor satisfeito

    O escritor albanês Ismail Kadaré, autor do livro homônimo em que Abril Despedaçado se baseia, chegou a afirmar: "As duas tentativas anteriores de adaptar meu livro fracassaram. Essa ficou magnífica".

    Velhos conhecidos

    Este foi o segundo filme em que o diretor Walter Salles e e o ator Vinicius de Oliveira trabalharam juntos. Eles ainda retomaram a parceiria em produções como Central do Brasil (1998) e Linha de Passe (2008).
    curiosidades

    Detalhes técnicos

    Nacionalidades França, Suiça, Brasil
    Distribuidor -
    Ano de produção 2001
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 6 curiosidades
    Orçamento R$ 2,9 000 000
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top