Minha conta
    Democracia em Vertigem
     Democracia em Vertigem
    8 de abril de 2020 na Netflix | 2h 02min | Documentário
    Direção: Petra Costa
    |
    Roteiro Petra Costa
    Elenco: Petra Costa, Petra Costa
    Imprensa
    4,2 11 críticas
    Usuários
    3,2 638 notas, 198 críticas
    Adorocinema
    3,5
    Assistir em streaming
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Não recomendado para menos de 12 anos

    Documentário sobre o processo de impeachment da ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff, que foi considerado como um dos reflexos da polarização política e da ascensão da extrema-direita para o poder. O filme conta com imagens internas e exclusivas dos bastidores do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e do Palácio da Alvorada, enquanto ocorria a votação para a queda de Dilma.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
    Netflix
    Netflix
    Por assinatura

    Críticas AdoroCinema

    3,5
    Bom
    Democracia em Vertigem
    por Bruno Carmelo
    Inicialmente, é importante fazer uma precisão a respeito desse documentário: considerado desde seu anúncio como "um filme sobre o impeachment da Dilma", Democracia em Vertigem possui ambições muito mais abrangentes do que documentar a queda da presidenta. Dilma Rousseff sequer constitui o foco central do filme, cujo verdadeiro protagonista é Lula, visto tanto na cena de abertura quanto na conclusão. O ex-presidente é retratado desde os primeiros passos políticos como metalúrgico no ABC paulista até a prisão em consequência da Lava Jato. Lula torna-se o símbolo da ascensão da classe trabalhadora ao poder, e também a comprovação dos limites da política conciliatória no cenário político nacional. Embora cite Dilma Rousseff, Aécio Neves, Jair Bolsonaro, Gilmar Mendes, Eduardo Cunha e até Juscelino Kubitschek, o projeto encontra seu motor narrativo na figura de Lula.O filme jamais demonstra a

    Trailer

    Democracia em Vertigem Trailer 2:14
    Democracia em Vertigem Trailer
    13.503 visualizações

    Últimas notícias

    Os melhores filmes dirigidos por mulheres para assistir online
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    segunda-feira, 8 de março de 2021
    Netflix: Catálogo, planos e é possível ter grátis?
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    Confira os melhores filmes e séries da Netflix, além de informações sobre preços.
    terça-feira, 28 de abril de 2020
    Petra Costa está realizando novo documentário sobre quarentena
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    A diretora do premiado Democracia em Vertigem pediu relatos em suas redes sociais.
    quarta-feira, 15 de abril de 2020
    Oscar 2020: Brasil perde categoria de Melhor Documentário
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    Indústria Americana leva estatueta para casa.
    domingo, 9 de fevereiro de 2020
    Oscar 2020: Dira Paes exalta indicação de Democracia em Vertigem (Entrevista Exclusiva)
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    “Quem fala em polarização não está percebendo o quanto o filme de Petra Costa é além disso”, disse atriz que vai participar…
    domingo, 9 de fevereiro de 2020

    Elenco

    Petra Costa
    Personagem : Narradora / Ela mesma

    Críticas dos usuários: eles gostaram

    As melhores e mais úteis críticas
    Adf32000
    Adf32000

    3 seguidores 39 críticas Seguir usuário

    3,5
    Enviada em 30 de junho de 2019
    É muito bom ver a história brasileira sendo retratada em documentários. O único pecado de ´´Democracia em Vertigem´´ é não ser totalmente imparcial.
    Kamila A.
    Kamila A.

    7.134 seguidores 785 críticas Seguir usuário

    4,0
    Enviada em 4 de julho de 2019
    Historicamente, apesar de ter sido proclamada, no Brasil, em 15 de novembro de 1889, a verdade é que a República e a ideia da Democracia, em nosso país, ainda podem ser consideradas como algo muito recente. Se considerarmos o fato que vivemos em um regime ditatorial no período de 1964 a 1985 e temos 34 anos de Nova República, ainda estamos engatinhando, nossas instituições ainda não podem ser consideradas sólidas e nossa Constituição ...
    Leia Mais
    Ana Claudia S.
    Ana Claudia S.

    12 seguidores 2 críticas Seguir usuário

    5,0
    Enviada em 20 de junho de 2019
    O documentário é ótimo, tanto pela direção quanto pelo roteiro. Ele nos permite realizar uma reconstrução histórica do cenário político brasileiro desde 2003, até o início de 2019, se fazendo essencial para entender como chegamos até aqui.Super recomendo!
    Nabokova
    Nabokova

    10 seguidores 107 críticas Seguir usuário

    4,0
    Enviada em 9 de dezembro de 2019
    Ótimo material. Só possível porque a diretora era muito próxima a Dilma e Lula, por influências familiares, e fez vários vídeos pessoais inéditos com cenas do dia a dia, do poder ao impeachment, à prisão. É um documento histórico sim, muito bem estruturado, contado na ordem dos fatos, sem recursos de digressão no tempo, recurso que deixa confuso se não for bem feito. Fica mais claro toda a sequência das intenções, ações, e ...
    Leia Mais

    Fotos

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade Brasil
    Distribuidor Netflix
    Ano de produção 2019
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades -
    Orçamento -
    Idiomas Inglês, Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Comentários

    • D.
      problema não é ser emocional, e sim ser mentiroso e defender bandidos.REALISMO? pelo jeito você caiu nas fake news que haddad fez. kkkkkkPor que a Petra não faz um filme de como ela e a família dela roubaram o Brasil???
    • D.
      REALISMO? pelo jeito você caiu nas fake news que haddad fez. kkkkkke você irá ajudar o haddad pagar a multa que ele tomou por impulsionar fake news?Por que a Petra não faz um filme de como ela e a família dela roubaram o Brasil???Petra Costa andrade gutierrez, diretora do filme Democracia em Vertigem. Petra é uma milionária comunista, herdeira da mega construtora Andrade gutierrez, uma das empresas que roubou Bilhões do povo Brasileiro, pegas na Operação Lava jato. O filme é uma tentativa desesperada de inverter o que de fato aconteceu no Brasil nas condenações dos maiores esquemas de corrupção da história do mundo, cometidos pelo ex presidente e atual condenado em mais de uma instância, Lula, e também recém condenada Dilma, que não conseguiu se eleger nem para senadora, e diz que sofreu golpe ¬¬, mesmo com milhões de pessoas as ruas contra ela e votação na câmara, tudo dentro da lei (que não foi mostrado no filme fictício dessa mentirosa Petra) Um tapa na cara quem comemorou com a pequena vitória contra a corrupção do Brasil pela Operação Lava Jato. O filme de Petra na verdade é uma tentativa de fortalecer e trazer de volta a impunidade soberana no Brasil, e ainda por cima a mesma da entrevistas chamando o Brasil de ditadura, e diz que os evangélicos mata negros e que a Amazônia esta sendo destruída pelo governo. isso prejudica o Brasil economicamente e o prejudicado vai ser você que esta comemorando.
    • D.
      Por que a Petra não faz um filme de como ela e a família dela roubaram o Brasil????Petra Costa andrade gutierrez, diretora do filme Democracia em Vertigem. Petra é uma milionária comunista, herdeira da mega construtora Andrade gutierrez, uma das empresas que roubou Bilhões do povo Brasileiro, pegas na Operação Lava jato. O filme é uma tentativa desesperada de inverter o que de fato aconteceu no Brasil nas condenações dos maiores esquemas de corrupção da história do mundo, cometidos pelo ex presidente e atual condenado em mais de uma instância, Lula, e também recém condenada Dilma, que não conseguiu se eleger nem para senadora, e diz que sofreu golpe ¬¬, mesmo com milhões de pessoas as ruas contra ela e votação na câmara, tudo dentro da lei (que não foi mostrado no filme fictício dessa mentirosa Petra) Um tapa na cara quem comemorou com a pequena vitória contra a corrupção do Brasil pela Operação Lava Jato. O filme de Petra na verdade é uma tentativa de fortalecer e trazer de volta a impunidade soberana no Brasil, e ainda por cima a mesma da entrevistas chamando o Brasil de ditadura, e diz que os evangélicos mata negros e que a Amazônia esta sendo destruída pelo governo. isso prejudica o Brasil economicamente e o prejudicado vai ser você que esta comemorando.
    • Thanksmilla
      vou ficar torcendo pelo Oscar. Os BolsoMinios piram.
    • Andries Viljoen
      O conflito caseiro ganha outra camada histórica quando uma certa pureza da utopia dos militantes é detonada com a lama da “real politik” do Brasil e o envolvimento dos Partidos Políticos (seja de direita e/ou esquerda) em escândalos que prejudicam o lado mais fraco dessa trama - o povo.Nos documentários, a vida real ou o jornalismo se encarregam de dar sequência dos erros que prejudicam a nação brasileira.
    • Fernando 11:11
      Tudo bem que tem a visão da ideologia dela mas mentir no próprio documentário já o desqualifica como documentário. Adulterar fotos como as armas dos comunistas e a foto de marketing do filme já é uma grande mentira
    • Fernando 11:11
      Será que a patricinha que fez um documentário Fala lá na gringa que ela é herdeira bilionária de uma das empreiteiras envolvidas em apenas um dos muitos escândalos da era PT? A democracia realmente está em vertigem qdo vc vê uma elitezinha acostumada a era PT como jornalistas que deram a nota 4.2 enquanto usuários comuns repudiam este ''documentário planfetário!
    • Daniel N.
      Um triste retrato da recente e imatura democracia brasileira: cheia de jeitinhos, de detalhes escusos que não são contados para nós. É uma visão triste de uma petista sobre um pt esfarelado. Possui defesas e uma ode a Lula, mas é um ponto de vista e não um filme de história para alunos.
    • Werbet Lucas
      O Filme é tão tendencioso que no meio eles coloca um áudio vazado do Michel Temer e outras pessoas como Aécio que eles dizem ser a prova de um coluio para derrubar Dilma, mas o áudio é tão ruim a qualidade que NÃO DA NEM PARA OUVIR!!! e eles ainda colocam legenda em INGLÊS em um documentário feito para BRASILEIROS, que é para nós não entendermos absolutamente nada, apenas ficar sendo levado a uma ideia de que Lula e Dilma são vítimas com base em melodia e o medo da Ditadura e perseguição as minorias.
    • Werbet Lucas
      Eu esperava ficar convencido que foi um golpe a derrubada de Dilma. Mas não, o filme não da nenhum motivo para convencer.Começa pelo tom de voz da mulher e as músicas que ambientam um tema de vitimismo que discorre sobre tudo o que foi exposto, começando pela ditadura militar até o governo atual de Bolsonaro. Não esconde nem um pouco o posicionamento político quando a todo momento cenas dos crimes militares, da pobreza extrema e da perseguição contra minorias vem sendo exibido para fazer o ouvinte começar a se cativar pela mensagem a esquerda sempre lutou contra isso.Segundo o filme, Dima sofreu o Impeacheman por que perdeu o apoio do PMDB na casa e por causa da Imprensa que exibia em capas de revista, jornais etc. os vazamentos do Moro e ponto. O filme da um enfase pequeno na péssima gestão econômica da Dilma.Então ... quem quiser contaminar a cabeça com pensamentos de eleitor petista, esse é o filme.
    • Senhor Ivan
      É um documentário que nos proporciona boa parte da turbulenta gestão de gente que já estava a um bom tempo no poder.Um trabalho de respeito de Petra Costa.Acompanhou passo a passo algumas das importantes figuras do mensalão,caixa dois,Impeachment...E realizou um trabalho de construção de imagens,arquivos importantes e transformou o documentário em um importante documento nacional.>Assistido em 09 de Janeiro de 2020-Dou nota 7/10
    • Eliézer Deáliga Farias
      Fiquei impressionado com o realismo.
    • djwhites
      Assisti recentemente pra um trabalho de escola....já esperava que seria um doc totalmente imparcial e a favor dos bandidos do PT e do Lula....mas não imaginava que seria tanto assim..... simplesmente vergonhoso.....nem a mãe do Lula teria coragem de fazer um negócio desse..... Porém a pior coisa desse doc é narração.....meu deus.....quem foi a débil mental que narrou isso.....uma voz chorosa e enfadonha......ouvir aquela voz por quase 2h foi uma verdadeira tortura...... só não dou nota zero pq o doc tem algumas cenas de bastidores inéditas mas de resto pode amassar tudo e jogar na lata do lixo......nota 1/10.......
    • Jonatas B
      Curioso as pessoas se utilizando de subjetividade e emoção para criticar um documentário assumidamente subjetivo e emocional.
    • Andries Viljoen
      Cada um tem direito a uma interpretação! Ninguém é senhor da verdade, além do Criador!!!O que importa de verdade é agir com as outras pessoas com BOM SENSO, RESPEITO E EDUCAÇÃO.
    • Daniel Nascimento
      Desculpa, mas não tem nada de sério nesse canal. É bem produzido, mas a qualidade para por aí... fontes não são fornecidas, muita falácia e extremamente conspiracionista. Sorry.
    • H31TOR
      mostra a visão interna com detalhes e cronologia...
    • Thiago Soares Mota
      - 202º filme de 2.019 - Visto em 30/06 (o 15º filme na Netflix)...- Vou repetir algumas coisas da minha resenha do documentário O Processo (2.017, o 131º filme de 2.019, visto no dia 28/04)! !Independente do seu posicionamento político, a ex presidente Dilma Rousseff sofreu o maior golpe político da recente história democrática do Brasil! Isso é um fato e só não vê quem não quer! Pode-se alegar que ela era incompetente e cometia alguns deslizes em seus discursos (alguns bem engraçados, diga-se de passagem), mas ela não cometeu o crime da qual foi acusada! O próprio ex presidente Lula admite que a reeleição da Dilma foi o maior erro político da carreira dele! Alguns acusam esse documentário de ser parcial, mas creio que a diretora quis mostrar que, independente da defesa que se fizesse dela, ela já estava condenada! Ao se recusar a vender a concessão do pré sal e defender o Eduardo Cunha, ela assinou a própria sentença de morte! Aliás, é só no Brasil que um crápula como o Eduardo Cunha conduz um processo como esse, um crápula como o Antonio Anastasia preside uma comissão do Senado, um crápula como o Cheirécio Neves acusa e um crápula como o Michel Temer se beneficia! Ver os deputados votando a favor em nome de torturadores, em nome do Pastor Waldomiro, dizendo tchau querida deveria ser motivo para perda de mandato! Será que isso acontece em países como Dinamarca, Noruega e Suécia? A Janaína Paschoal deveria ser presa pelo discurso que fez no Senado e proibida de exercer a nobre profissão de professora! Esse é um que documentário deveria ser exibido em escola, pois é uma aula de como funciona a politicagem barata nesse país! Apesar de algumas semelhanças com o excelente documentário citado acima, este é um pouco mais abrangente, pois vai desde o começo da carreira política do ex presidente Lula, até a eleição do Jair Bolsonaro! Não é um documentário parcial, como acusam alguns cegos pela momento que divide os eleitores do Lula e os eleitores do Bolsonaro, mas sim um retrato fiel do momento conturbado em que vivemos ao apresentar os fatos que levaram a esse momento com provas! Pra quem acha que esse excelente documentário é um mero veículo de propaganda, assista, e você vai ver que a diretora não se omitiu de criticar o partido que ela ajudou a colocar do poder, e que se perdeu em meio a negociatas sem a qual é impossível governar essa grande nação! E sem uma reforma política ampla e irrestrita e um sistema jurídico que puna os corruptos, sem exceção, acabando com o foro privilegiado, não adianta só trocar os nomes! Continuaremos vítimas de políticos corruptos que se perpetuam no poder, protegidos por um Poder Judiciário muito mais caro, corruptível, corrupto, ineficaz e ineficiente do que os Poderes Executivo e Legislativo! É claro que você não acredita que o Gilmar Mendes manda arquivar um processo contra o cheirador e espancador de mulheres tucanos de graça, né? Em tempo, ver os deputados e senadores do câncer chamado banca evangélica em oração horas antes da votação do processo de impeachment dá vontade de vomitar e vergonha de ser brasileiro! Documentário muito elogiado e aclamado no Festival de Cinema de Sundance, além de estar na lista dos melhores filmes do ano do jornal NY Times, tem grande chances de estar no Oscar/2.020! Fica a torcida! Recomendo...- Nota: 9,5/10 (excelente)...
    • Ricardo L
      Panfletário. Feito sob encomenda de algum comitê soviete que sobreviveu à Queda do Muro de Berlim.
    • Ari A
      Você vê documentário e deixa claro o sistema corrompido que sempre existiu. Nos parece que o grande capital deixou o Lula ganhar em 2002 por baixar a guarda, e ser mais um pró mercado, que manteve as mesmas ferramentas corruptas dos outros governos. Na contra mão, elegeu a Dilma, que diferente do Lula, nunca aceitou tal situação. Lula vai ficar para história como o presidente que mais fez pelos pobres e classe média, isso é inquestionável.Sobre o golpe 2016, foi um grande golpe, também inquestionável.Nesse momento, o pior aconteceu, com as redes sociais, as torcidas de clube de futebol subiram para a esfera política. Todos agora possuem um lado, muito triste, pois na verdade, 95% da população esta no mesmo barco e sem perspectiva.
    Back to Top