Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    White Lines: Nova série do criador de La Casa de Papel traz um crime no paraíso (Primeiras impressões)
    Por Katiúscia Vianna — 15 de mai. de 2020 às 09:59
    facebook Tweet

    O AdoroCinema viu os três primeiros episódios da série, que estreia em 15 de maio.

    Depois do grande sucesso de La Casa de Papel, era só uma questão de tempo até a Netflix planejar um novo projeto com o criador Alex Pina. Contratos foram assinados, até que ele foi procurado por Andy Harries — um dos produtores de outra série aclamada da plataforma: The Crown. E é dessa mistura de Espanha e Inglaterra que surge White Lines.

    A história começa quando é encontrado o corpo de Axel Collins (Tom Rhys Harries), 20 anos após seu desaparecimento em Ibiza. Sua irmã mais nova, Zoe (Laura Haddock) decide ir até o local para investigar o que aconteceu com o DJ. Lá, ela se encontra envolvida num mundo de drogas, sexo e corrupção.

    White Lines mistura crime, drama e mistério

    Investindo nos diálogos em inglês e espanhol, é clara a tentativa de superar os preconceitos de idioma para abranger um público ainda maior. A história também é universal: mesmo caracterizada com elementos típicos de Ibiza, trata-se de uma simples mistério de "Quem matou?". Nesse quesito, a série começa bem-sucedida em atrair o interesse do público para desvendar esse dilema.

    Nisso, investe em duas linhas narrativas: o presente com a investigação de Zoe, e o passado com flashbacks focados em Axel. O problema surge na aposta de clichês do estilo, tornando a trama menos intrigante que La Casa de Papel, por exemplo. Paralelamente, também existe uma trama sobre tráfico de drogas, que parece simplista demais perto de outras produções do gênero como Narcos.

    Paisagens belas de Ibiza são cenário da série

    Ainda existem outros nomes importantes nessa história: Marcus (Daniel Mays) era o melhor amigo de Axel, que se tornou um traficante e DJ; e Boxer (Nuno Lopes, com o personagem mais interessante até então), braço-direito do patriarca da família Calafat, dona de um império em Ibiza. Junto com Zoe, o trio lidera as reviravoltas dos primeiros episódios, mas já deu para perceber que os Calafats também deixarão sua marca nessa história.

    Algo também marcante? As incríveis paisagens de Ibiza, que se tornam uma forma de escapismo, principalmente quando o mundo está confinado numa quarentena. O AdoroCinema só teve acesso aos três primeiros episódios, então é esperado que a história se torne mais dramática, com toques de ação, segundo o trailer. Resta torcer para que apareça aquela cereja do bolo, que faça White Lines se destacar dentre tantas outras séries disponíveis no catálogo da Netflix.

    White Lines estreia dia 15 de maio.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top