Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Christopher Nolan classifica HBO Max como o pior streaming após decisão polêmica da Warner
    Por Bruno Botelho dos Santos — 8 de dez. de 2020 às 11:06
    facebook Tweet

    Diretor de Tenet detonou decisão do estúdio em lançar seus filmes de 2021 simultaneamente com o streaming

    O anúncio da Warner de que todos seus filmes de 2021 serão lançados simultaneamente no HBO Max pegou todos de surpresa e deixou muitos insatisfeitos em Hollywood, como o cineasta Christopher Nolan, do recém-lançado Tenet.

    “Alguns dos maiores cineastas e estrelas de cinema de nossa indústria foram para a cama na noite anterior pensando que estavam trabalhando para o maior estúdio de cinema e acordaram descobrindo que trabalhavam para o pior serviço de streaming”, detonou Nolan em comunicado ao The Hollywood Reporter.

    O diretor ainda acrescentou: “A Warner tinha uma máquina incrível para fazer o trabalho de um cineasta em todos os lugares, tanto nos cinemas quanto em casa, e eles estão desmontando enquanto falamos. Eles nem mesmo entendem o que estão perdendo. Sua decisão não faz sentido econômico, e mesmo o investidor mais casual de Wall Street pode ver a diferença entre ruptura e disfunção”.

    Tenet: Quais são os próximos projetos de Christopher Nolan após o filme?

    O anúncio bombástico da Warner aconteceu em 3 de dezembro e dava conta de que o estúdio vai lançar seus 17 filmes de 2021 – que incluem Matrix 4 e Duna – simultaneamente no streaming HBO Max por 31 dias. Relembre a bomba que abalou Hollywood:

    Segundo o The Hollywood Reporter, fontes na indústria de cinema dizem que a ideia partiu da chefe de operações da Warner, Carolyn Blackwood, que, olhando para um quadro de 2021 relativamente fraco, viu uma oportunidade de evitar receitas potencialmente ruins – como o que aconteceu com a experiência de Tenet –, enquanto tentava agradar aos obcecados por serviços de streaming.

    Tenet: Crítica do novo filme de Christopher Nolan

    “Acho que todos os estúdios sabem que a experiência do cinema vai se recuperar e será uma parte muito importante do ecossistema a longo prazo. O que você tem agora em nosso negócio é muito uso da pandemia como uma desculpa para uma espécie de luta por vantagens de curto prazo. E é realmente lamentável. Não é a maneira de fazer negócios e não é o melhor para a saúde do nosso setor”, disse Christopher Nolan para o Entertainment Tonight (ET).

    Vale lembrar que o diretor foi um dos maiores apoiadores dos exibidores durante a pandemia e batalhou para lançar Tenet em diversos cinemas ao redor do mundo – o que não teve o sucesso esperado e, sem dúvidas, foi um dos motivos para a decisão da Warner. Nolan até mesmo afirmou que seu filme está sendo usado como "desculpa" pelos estúdios. Fato é que esse assunto ainda vai gerar muita polêmica no mundo do cinema, vamos esperar pelas próximas

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top