Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O mundo após Vingadores - Ultimato: Qual o futuro do Universo Cinematográfico Marvel?
    Por Francisco Russo — 25 de abr. de 2019 às 08:01
    facebook Tweet

    O fim? Claro que não!

    Um dos aspectos mais atraentes dos super-heróis dos quadrinhos é a sensação de continuidade. Mais do que apenas trazer uma nova aventura, há também a proposta de que um fato ali retratado pode trazer consequências diretas para a vida do personagem em questão, com as quais ele precisará de alguma forma lidar, para o bem ou para o mal. No fim das contas, é esta metamorfose ambulante que faz com que heróis criados décadas atrás permaneçam tão atuais e atraentes: eles sempre se reinventam, oferecendo algo novo - ou aparentemente novo - ao leitor.

    Ao criar seu Universo Cinematográfico, a Marvel logo uniu tal proposta à conhecida interconectividade dos quadrinhos, de forma a implementar uma imensa teia de heróis e vilões, dos mais diferentes estilos e camadas. Dez anos depois, ou 22 filmes, Vingadores: Ultimato chega aos cinemas como o ápice de tal proposta. Mais do que promover a reunião de tantos (e tantos) nomes famosos, trata-se também de uma demonstração de opulência jamais vista neste parâmetro no cinema, calcada não só na popularidade mas, especialmente, na competência.

    Entretanto, Vingadores: Ultimato não é o fim do Universo Cinematográfico Marvel. Como Kevin Feige tantas vezes adiantou, trata-se de uma mudança drástica com o status quo existente até então que, com certeza, provocará mudanças profundas na dinâmica dos heróis. Ecos da vida, com suas turbulências imprevistas.

    Nesta matéria, buscamos analisar o mundo dos super-heróis que virá após Vingadores: Ultimato. Se você ainda não assistiu ao filme e quer passar LONGE DE SPOILERS, é bom PARAR POR AQUI e apenas retomar este texto APÓS VÊ-LO! Caso contrário, sigamos em frente!

    Tem certeza? Depois não diga que não avisei...

    CAPITÃO AMÉRICA

    O desfecho de Vingadores: Ultimato deixa claro que Steve Rogers não é mais o Capitão América, mas o herói bandeiroso não deixará de existir. Sam Wilson, o Falcão, foi eleito como substituto, pelo próprio Steve. Resta saber como tal mudança será retratada na já anunciada série Falcão e Soldado Invernal, prevista para o streaming Disney+ e ainda sem data de lançamento agendada. O caminho do novo Capitão América, ao menos aparentemente, deve ser longe dos cinemas - talvez em participações esporádicas, mas não como protagonista.

    THOR

    O primeiro Vingador a se encontrar com os Guardiões da Galáxia agora integra oficialmente a equipe (supostamente) liderada por Peter Quill. Se Guardiões da Galáxia Vol. 3 já estava confirmado há tempos, a demissão (e posterior readmissão) do diretor James Gunn fez com que o projeto fosse adiado, por vários meses. Agora de volta aos trilhos, as filmagens devem ter início no segundo semestre deste ano.

    HULK

    Por mais que o personagem não tenha ganho um segundo filme-solo, Mark Ruffalo sempre disse que havia uma jornada em torno de Hulk que se daria entre Thor: RagnarokVingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato. Agora sob a persona do Professor Hulk, que mescla a força do gigante esmeralda e a inteligência de Bruce Banner, não há qualquer indício de como (e onde) será seu futuro. Com o braço bastante machucado devido ao uso das Joias do Infinito e bastante sentido com a morte da Viúva Negra, é provável que siga como coadjuvante em filmes estrelados por outros heróis - até mesmo devido à briga judicial da Marvel com a Universal, que impede que uma nova aventura do herói como protagonista seja produzida.

    VIÚVA NEGRA

    Por mais que Natasha Romanoff tenha se sacrificado para que os Vingadores conseguissem a Joia da Alma, ainda a veremos nos cinemas ao menos mais uma vez. O aguardado filme-solo da Viúva Negra enfim sairá do papel, mostrando as origens da personagem quando ainda era uma agente da KGB. Scarlett Johansson está confirmada no filme e deve passar pelos mesmos efeitos especiais de rejuvenescimento usados com Samuel L. Jackson em Capitã Marvel, já que o filme será situado nos anos 1990. As filmagens devem começar em junho deste ano, com lançamento nos cinemas já em 2020.

    GAVIÃO ARQUEIRO

    O futuro de Clint Barton será também no streaming, já que o personagem ganhará uma série própria no Disney+. Pouco se sabe sobre o projeto até o momento: há quem diga que ele pode ser o mentor de uma jovem pupila, e a cena inicial de Vingadores: Ultimato até insinua isto, ou mesmo que siga seu caminho como herói solitário. O lançamento deve ser apenas em 2020, ainda sem data marcada.

    HOMEM-ARANHA

    Peter Parker estará de volta às telonas em 4 de julho, com Homem-Aranha: Longe de Casa. Kevin Feige já disse que este será o último filme da Fase Três do Universo Cinematográfico Marvel, e não Vingadores: Ultimato, mas rumores apontam que sua história pode ser situada antes de Vingadores: Guerra Infinita - ou seja, quando o estalar de dedos de Thanos sequer havia acontecido. A conferir.

    De toda forma, o acordo entre Sony e Marvel assegura ao menos mais uma aventura solo do herói aracnídeo e esta, com certeza, se passará em um mundo onde seu mentor Tony Stark já não estará mais disponível. Segundo Anthony Russo, o herói aracnídeo e Thor serão os grandes destaques do Universo Cinematográfico Marvel após o rearranjo de Vingadores: Ultimato.

    PANTERA NEGRA

    É certo que T'Chala e Wakanda retornarão às telonas, a grande dúvida é quando. Kevin Feige já disse que aguarda o diretor Ryan Cooglertempo que for necessário e, diante do sucesso (de público e de crítica) do primeiro filme, é óbvio que uma sequência será produzida. Inclusive, rumores apontam que o vilão interpretado por Michael B. Jordan poderia retornar - como, ninguém sabe.

    GUARDIÕES DA GALÁXIA

    Duas grandes mudanças na equipe (supostamente) liderada por Peter Quill: a já citada presença de Thor como novo integrante da trupe e também a busca por Gamora - não a apaixonada pelo Senhor das Estrelas, mas a versão do passado que sequer o conhecia até então. Este lado arredio associado à perda de seu grande amor promete uma lufada de ar fresco na franquia. Deve ser um dos lançamentos da Marvel para 2020, provavelmente o previsto para 6 de novembro.

    DR. ESTRANHO

    Com Scott Derrickson confirmado na direção, a sequência deve investir mais na transformação do Barão Mordo em um vilão e rumores apontam que Namor pode aparecer também. Benedict Cumberbatch, é claro, está assegurado. Deve ser lançado em 2021.

    CAPITÃ MARVEL

    A saga de Carol Danvers em busca de justiça universo afora com certeza será tema de mais um filme, só não se sabe se será situado no passado ou após os eventos de Vingadores: Ultimato. Vale lembrar que, recentemente, Kevin Feige questionou ao ser perguntado sobre o porquê de Nick Fury apenas ter chamado a Capitã Marvel após o estalar de dedos de Thanos: "quem disse que ele não a chamou antes?". Seria esta uma pista do que vem por aí, ou mesmo a teoria de que o Nick Fury do presente seja um Skrull disfarçado? Mais uma vez, só o futuro responderá.

    FEITICEIRA ESCARLATE

    Mais uma heroína que migrará para o Disney+, na série WandaVision. O título, inclusive, levanta questionamentos sobre o possível retorno de Visão, morto em Vingadores: Guerra Infinita. O lançamento, provavelmente, será apenas em 2020.

    LOKI

    O irmão adotivo de Thor também terá sua série própria no Disney+, mas rumores apontam que a participação de Tom Hiddleston será pequena, talvez apenas como narrador. O mais provável é que um ator mais novo seja escalado como o personagem, já que a história deve ser situada em sua juventude. Entretanto, diante do roubo do Tesseract em Vingadores: Ultimato, não dá para descartar totalmente um possível retorno do personagem (e de Hiddleston) no futuro.

    PEPPER POTTS

    Gwyneth Paltrow já havia adiantado que Vingadores: Ultimato seria sua última participação como a personagem e, diante da morte de Tony Stark, tudo indica que a armadura deixada pelo maridão ficará mesmo guardada no armário.

    OS ETERNOS

    Ao menos por enquanto, trata-se do único estreante dentre os filmes produzidos pela Marvel até então. Chloe Zhao será a diretora deste filme que envolve seres quase imortais criados por entidades cósmicas, que pode contar com Angelina JolieKumail Nanjiani no elenco. Pelas características dos personagens em relação ao tempo, rumores apontam que até mesmo Thanos pode ter uma participação especial.

    OS VINGADORES

    Sem Tony Stark nem Steve Rogers, os Vingadores não têm um líder natural. Carol Danvers, a Capitã Marvel, poderia ser uma substituta ao posto, mas tudo indica que seus interesses intergalácticos não a deixarão na Terra por muito tempo. Com as atenções de T'Chala voltadas para Wakanda e Thor vagando espaço afora com os Guardiões da Galáxia, será que Bruce Banner estaria disposto a assumir tal função, aproveitando a versão Professor Hulk? Ou mesmo Nick Fury, reassumindo o posto de criador do supergrupo? De toda forma, é bem improvável que o maior grupo de heróis da Terra seja abandonado pela Marvel no cinema, o mais provável é que ele apenas dê um tempo até se reagrupar, sob outra dinâmica. Quem sabe em 2022?

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Paulo Vinícius
      Tua mãe sabes que roubaste a cortina dela?
    • Eliseu - AquatyMen
      nem falaram nada delesafff
    • WILLIAM FOLIAO
      Taí mais uma pessoa que desconhece totalmente o Universo Marvel. A Disney jamais abriria mão dos bilionários Vingadores. E a armadura do Homem de Ferro vai ficar no armário? KKKKKK No armário estás tu, redator baitola. O Homem de Ferro voltará, sim, ao cinema, mesmo que na pele de outro ator. E nos quadrinhos está mais vivo dom que nunca Já morreu tantas vezes e voltou ainda melhor.
    • WILLIAM FOLIAO
      Fala aí, astronauta gay kkkkk
    • NILL2701
      E o homem formiga, e o maquina de combate e o buck cadê ?
    • Motörhead 616
      Poxa a personagem feminina que mais admirava não vai voltar. 😭😭😭
    • Vidamell Vida R.
      OLHA O Chororo vindo.
    Mostrar comentários
    Back to Top