Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Coringa: Análise do teaser trailer
    Por Barbara Demerov — 3 de abr. de 2019 às 17:35
    facebook Tweet

    Os detalhes intrigantes contidos nas primeiras imagens do filme solo do Palhaço do Crime.

     Desde que foram divulgadas as primeiras fotos oficiais da produção de Coringa, com direção de Todd Phillips, a internet e os fãs da DC foram à loucura. Afinal, por mais que o principal antagonista de Batman já tenha recebido uma boa base de desenvolvimento nos quadrinhos, em animações, na clássica série de TV e no cinema, esta é a primeira vez em que o personagem ganha um filme para chamar de seu. Senta lá, Batman!

    Com a liberação do primeiro teaser trailer de Coringa, o hype sem limites está liberado até outubro. Não à toa, já é certo dizer que um ator do calibre de Joaquin Phoenix (indicado a três Oscar) será capaz de não só homenagear o icônico personagem como também de inserir seu próprio estilo inusitado ao papel. O trailer já nos deu boas pistas de que a produção será, no mínimo, interessante.

    Confira alguns pontos que se destacaram no teaser de Coringa, que provavelmente será um intenso estudo do personagem:

    Ambientação à la Scorsese

    Se antes era especulação, agora o teaser confirma por si só: uma grande inspiração do diretor Todd Phillips certamente foi Martin Scorsese – até porque o diretor de Taxi DriverOs Bons Companheiros participa de Coringa como produtor-executivo. Desde a paleta de cores até a sobriedade urbanística que envolve Arthur Fleck (Phoenix), há muitas semelhanças ao trabalho de Scorsese, especialmente em Taxi Driver quando analisamos que o filme, de 1976, também conta a história de um homem solitário (estrelado por Robert de Niro).

    Expressão corporal

    Se Joaquin Phoenix é considerado um ator de muita presença, boa parte deste reconhecimento vem do trabalho corporal que executa na maioria de seus filmes. Seu Coringa aparenta ser um homem deprimido e delicado justamente pela postura "torta" e curvada que expõe nos primeiros segundos do teaser. Quando o vemos maquiado e com o paletó roxo, nos últimos segundos, ele está praticamente transformado – como se a maquiagem lhe desse mais confiança e presença. O início e o fim do teaser já dão um belo contraste na personalidade do protagonista.

    Alusões a Ledger e Nicholson

    A maquiagem e o corte de cabelo remetem diretamente à atuação já icônica (e detentora de um Oscar póstumo) de Heath Ledger; já a presença, quando dentro da vestimenta clássica do antagonista, relembra alguns traços da elegância que Jack Nicholson trouxe ao seu papel em Batman, de 1989. Ambos os atores claramente tiveram sua parcela de participação na composição do personagem, mas nenhuma referência atropela a imagem de Phoenix e o trailer já deixa claro que ele consegue transmitir sua identidade própria (inclusive uma risada nova!). Para os mais atentos, o estilo de cabelo de Arthur também muda; ora está com uma franjinha, ora está penteado para trás da mesma forma que Ledger usou.

    Laços maternos

    A maternidade, como já é de praxe nos filmes da DC, marca sua presença na história. A mãe de Arthur parece ser o único facho de luz e bondade em sua vida, e o tom das cenas em que ela aparece se destoam do restante. Será tudo um flashback? Será que algo aconteceu com sua mãe para que Arthur conheça seu lado Coringa? O que fica um pouco nas entrelinhas é que seu lado sombrio sempre esteve lá... Só precisamos descobrir qual foi o empurrão que o levou a ver tudo como uma comédia.

    Robert de Niro?

    O ator participa brevemente no trailer (literalmente dois segundos!) e a pergunta que fica é: qual é o seu personagem? Não há muito o que falar sobre sua cena, que parece ser em um programa de televisão, mas sua participação deve ser importante para Arthur. A montagem do teaser até une os movimentos do personagem de De Niro com os de Phoenix. 

    Tons de A Piada Mortal e Charles Chaplin

    É difícil não pensar na história em quadrinhos A Piada Mortal enquanto vemos o teaser. Na história escrita por ninguém menos que Alan Moore, conhecemos a origem do Coringa e como apenas um dia ruim foi o suficiente para que ele se tornasse o Palhaço do Crime. Aparentemente, o filme não apresentará a mulher de Coringa e tampouco o deixará mergulhar num poço cheio de químicos, mas talvez sua relação com a mãe, já citada, pode ser o gatilho para a insanidade. 

    Porém, há uma característica da HQ que já aparece no teaser: o interesse de Arthur pela técnica clown. O que deixa isso bem claro é a breve passagem em que vemos o protagonista sendo expulso de um cinema/teatro que apresenta o filme Tempos Modernos, de Charlie Chaplin. O fato de uma das maiores figuras do cinema mudo estar presente aqui, mesmo que de relance, não é nem de longe algo impensado.


    Hospital Arkham

    Além do teaser apresentar tudo isso acima, há a presença de um local muito importante para o universo da DC: Arkham. O asilo/hospital é frequentemente utilizado como pano de fundo para muitas histórias em quadrinhos, séries e games da franquia Batman, além de filmes como Batman BeginsBatman Eternamente e Esquadrão Suicida. Sabemos que Arthur/Coringa possui bastante influência no local (especialmente na série de games Batman: Arkham), mas numa história de origem sua presença ali ainda é uma incógnita.

    Ansiosos para a estreia de Coringa? Deixe suas expectativas nos comentários abaixo.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Lucas Souza
      só o Phoenix pra salvar o Coringa. Parece que vai ser um ótimo filme mesmo
    • Antonio conselheiro
      Olha o trailer e bom, mas o trailer se esquadrão suicida também era.
    • Rob!
      Eu tento não criar expectativa.Mas, porra!!! tá difícil
    • Danilo
      Acredito que será uma obra de arte cinematografia , mas e para os fãs de quadrinhos?!O que um não Coringa teria a oferecer?!Ainda mais se partimos do pressuposto que o Coringa não é uma criação da loucura de Gothan, mas sim uma resposta da cidade para um agente que perturba a sua ordem natural Já ficou bem explicitado nos quadrinhos que sem o Batman, ou o Coringa entra em estado de catatonia, ou vai tocar a sua vidinha, com esposa e filha.
    • Vidamell Vida R.
      HOSPITAAAAAL....ARKHAAAAAAAAAAAAAMMM!!!!!!!!! como não gritar.
    Mostrar comentários
    Back to Top