Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Horizonte Profundo - Desastre no Golfo e Pequeno Segredo são as maiores estreias da semana
    Por João Vitor Figueira — 10 de nov. de 2016 às 09:03
    facebook Tweet

    Drama histórico O Nascimento de uma Nação, suspense Invasão de Privacidade e a comédia O Plano de Maggie também são destaques.

    Horizonte Profundo - Desastre no Golfo é a maior estreia de uma semana sem lançamentos muito expressivos em número de salas por conta do domínio do circuito por parte de filmes como Doutor Estranho e Trolls.

    Peter Berg, diretor de Battleship - A Batalha dos Mares e O Grande Herói, comanda Horizonte Profundo, onde retoma a parceria com o ator Mark Wahlberg. Baseado em eventos reais, o longa mostra a luta por sobrevivência de um grupo de trabalhadores de uma plataforma de petróleo no Golfo do México após um acidente. Com Dylan O'Brien, Kurt Russell e Kate Hudson no elenco, o filme abre em 270 salas de cinema no país.

    Principal destaque nacional em número de telas — 236 salas —, o drama Pequeno Segredo é o selecionado para representar o Brasil na disputa a uma indicação no Oscar de melhor filme estrangeiro em 2017 (depois de um processo polêmico). Também baseado em eventos reais, o filme acompanha a história da Família Schurmann, conhecida por velejar ao redor do mundo. Júlia Lemmertz e Marcello Antony interpretam o casal Heloísa e Vilfredo Schurmann, que adota a menina Kat depois da morte dos pais biológicos dela e levam a menina, que é portadora do vírus HIV sem que ninguém fora da família saiba, para conhecer os sete mares.

    O suspense Invasão de Privacidade abre em 167 salas. Na trama, Pierce Brosnan é um homem de negócios bem sucedido que vê sua estabilidade familiar e financeira ser colocada em risco quando um jovem consultor de informática que prestava serviços para ele usa informações roubadas para lhe ameaçar.

    O cineasta veterano Oliver Stone, que costuma realizar filmes sobe questões políticas dos Estados Unidos, é o responsável por Snowden - Herói ou Traidor, que estreia em 83 salas. Com Joseph Gordon-Levitt no papel principal, o filme mostra como Edward Snowden, um ex-funcionário da CIA, divulgou arquivos sigilosos revelando detalhes sujos sobre o sistema de vigilância global do governo dos EUA.

    Além de Pequeno Segredo, outro lançamento nacional desta quinta-feira é Através da Sombra, suspense de época dirigido por Walter Lima Jr.. O filme acompanha a história de Laura (Virginia Cavendish), contratada para dar aula para duas crianças numa fazenda de café isolada rodeada por segredos e mistérios. Abre em 22 telas.
    Na comédia romântica indie O Plano de MaggieGreta Gerwig interpreta uma jovem mulher que vai tentar a sorte em Nova York, onde planeja ter um filho e criá-lo por conta própria. Porém, ela se apaixona por um homem casado (Ethan Hawke), o que mexe com suas certezas. Abre em 18 salas.
    Grande vencedor do Festival de Sundance deste ano, O Nascimento de uma Nação dramatiza a história real da rebelião de escravos e negros livres liderada pelo religioso Nat Turner contra a opressão. O filme é dirigido, corroteirizado e estrelado por Nate Parker. Estreia em 12 salas.
    O drama franco-marroquino Much Loved (estreia em cinco salas), o drama romântico francês O Ignorante (estreia em quatro salas) e o drama histórico dinamarquês Quando o Dia Chegar (estreia em quatro salas) completam o circuito.

     
    Para informações sobre os horários das sessões, acesse nosso guia de programação.


    Confira abaixo os trailerscríticas e a opinião da imprensa sobre os filmes que estreiam nesta semana.

    Horizonte Profundo - Desastre no Golfo: "Uma produção que surpreende pela riqueza de detalhes com que reconstrói a tragédia, mas também um tanto presa a fórmulas, o que pode dificultar a experiência de imersão do espectador. " Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Pequeno Segredo: "...é, sim, um dramalhão recheado de clichês que força a mão no choro fácil – e, por isso, ordinário (no sentido de genérico). Mas, longe de ser um dos 'piores filmes brasileiros recentes', como já foi dito sobre o longa, é de um acabamento técnico raro (bonito) na cinematografia nacional." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Invasão de Privacidade: "Enquanto Brosnan atua no piloto automático, Frecheville (com um cabelinho de Crispin Glover em As Panteras) encarna a linha 'psicopata americano' da maneira mais caricata possível, fazendo caras e bocas que resultariam num registro cômico, não fosse (para ser) trágico. Fica até difícil entender se o problema está nas atuações, em si, ou na concepção dos personagens, fruto de um roteiro risível." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Snowden - Herói ou Traidor: "A certeza – com um exagero ali, outro acolá – é a de que o que se vê na tela é convincente. E, apesar da indução patriótica, Snowden resulta na maior anti-propaganda dos Estados Unidos do universo da cultura pop contemporânea – e a obra mais relevante, em anos, da filmografia recente do diretor de Nascido em 4 de Julho." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     


    O Plano de Maggie: "... é leve e funciona quando pretende ser apenas uma comédia romântica. O problema é que ele também quer ser um drama e escorrega feio neste elemento. Não irá ofender ninguém, mas tampouco ficará marcado na cabeça do espectador." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    O Nascimento de uma Nação: "O filme lava com sangue a alma de uma enorme parte da população que já deu, faz tempo, sua cota de sofrimento na Terra. E Nate Parker soube aproveitar com maestria os simbolismos para ir à forra. O envolvimento do ator com o personagem é tão evidente – transborda da tela – que, se ele não for indicado ao Oscar por sua performance, os membros da Academia vão precisar passar o ano in-tei-ro se explicando." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    Much Loved: " O filme se posiciona inegavelmente do lado das mulheres, valorizando a amizade e a independência das prostitutas em detrimento da obrigação moral de serem boas mães e esposas. O limite entre o realismo e a exploração pode ser questionado, mas a obra reitera sua posição humanista." Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    O Ignorante: Leia a opinião da imprensa.

     


    Quando o Dia Chegar: Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

     

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top