Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Halle Berry diz que "é de partir o coração" que ela ainda seja a única negra a ter vencido o Oscar de melhor atriz
    4 de fev. de 2016 às 19:23
    facebook Tweet

    "Algo estava errado e eu percebi que eu tinha que estar no comando do meu próprio destino. Eu tinha de ser parte da mudança na nossa indústria."

    Alberto E. Rodriguez/Getty Images

    No Oscar 2016, pela segunda vez seguida, todos os atores e atrizes indicados nas categorias de atuação são brancos. Isso não acontecia há mais de 25 anos. O fato gerou discussões e debates por parte de atores, diretores, membros da indústria cinematográfica em geral e cinéfilos.

    A mais recente voz a opinar sobre o assunto é Halle Berry, que foi a primeira mulher afro-americana a vencer o Oscar de melhor atriz. Durante um painel da conferência 2016 Makers, realizado na última terça-feira (02), a artista disse que está com "o coração partido" por ter sido não apenas a primeira e até então única negra a vencer o maior prêmio de atuação da Academia por sua atuação no drama romântico A Última Ceia (2001).

    "Eu acreditava de coração, com todas as minhas forças que, naquele momento, quando eu disse 'A porta se abriu esta noite' eu estava incentivando a mudança, pois aquela porta, aquela barreira, tinha sido quebrada", avaliou Berry, em alusão ao emotivo discurso que fez na cerimônia de 2002, quando recebeu a cobiçada estatueta. "Estar aqui, 15 anos depois, sabendo que outra mulher de cor ainda não passou por aquela porta é de partir o coração. Eu pensava que aquele momento era maior do que eu. É devastador pensar que aquele momento não era maior do que eu. Eu realmente sentia que era", lamentou a atriz.

    Desde a primeira premiação da Academia de Artes e Ciências cinematográficas, em 1929, um total de 1668 pessoas já foram indicadas aos prêmios de atuação (melhor ator, melhor atriz, melhor ator coadjuvante e melhor atriz coadjuvante). Apenas 6.4% dessas pessoas não eram brancas.

    Do ano (2002) em que Berry venceu o Oscar até hoje, nenhuma outra mulher não-branca venceu o prêmio de melhor atriz. Lupita Nyong'o (12 Anos de Escravidão), Octavia Spencer (Histórias Cruzadas), Mo'Nique (Preciosa - Uma História de Esperança) e Jennifer Hudson (Dreamgirls - Em Busca de Um Sonho) venceram o Oscar por seus trabalhos como atriz coadjuvante. No mesmo período, Forrest Whitaker (O Último Rei da Escócia) e Jamie Foxx (Ray) venceram o Oscar de melhor ator principal e Morgan Freeman (Menina de Ouro) venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante.

    "Algo estava errado e eu percebi que eu tinha que estar no comando do meu próprio destino. Eu tinha de ser parte da mudança na nossa indústria e não apenas sentar e reclamar do que não estar certo. Eu tinha de criar meus próprios projetos, não só para mim mas para outras mulheres de cor", disse Berry, que produziu três filmes e a série de TV Extant após seu Oscar.

    Com Chris Rock como mestre de cerimônias, o Oscar 2016 será realizado no dia 28 de fevereiro, no Teatro Dolby, em Los Angeles.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top