Meu AdoroCinema
O Predestinado
O Predestinado
Data de lançamento 24 de dezembro de 2014 para filmes online (1h 38min)
Elenco: Ethan Hawke, Sarah Snook, Noah Taylor mais
Gêneros Ficção científica, Suspense
Nacionalidade Austrália
Ver o trailer
Usuários
4,2378 notas e 59 críticas
notar :
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4
4.5
5
Vou ver

Sinopse e detalhes

Um agente temporal (Ethan Hawke) encara sua última missão após anos de viagens no tempo caçando criminosos e executando a lei. O desafio final será finalmente capturar seu inimigo mais desafiador, o homem que há muito o intriga e ludibria.

Classificação indicativa a definir por http://www.culturadigital.br/classind
Título original

Predestination

Distribuidor Sony
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 2014
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades -
Orçamento -
Idiomas Inglês
Formato de produção -
Cor Colorido
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -

Trailers

Predestination Trailer Original 2:07
Predestination Trailer Original
20 681 visualizações
Predestination Trailer (2) Original 1:31
1 513 visualizações
Pela web

Elenco

Ethan Hawke
Personagem : The Bartender / Temporal Agent
Sarah Snook
Personagem : The Unmarried Mother / Jane / John
Noah Taylor
Personagem : Mr. Robertson
Christopher Kirby
Personagem : Agent Miles
Ficha completa

Críticas de usuários

Tobias S.
Crítica positiva mais útil

por Tobias S., em 24/07/2015

4,5Ótimo

Um filme de ficção científica que não deve nada ao gênero. É elucidativo (no que tange ao enredo), intrigante/instigante... Leia mais

jogefonfi
Crítica negativa mais útil

por jogefonfi, em 25/12/2014

2,0Fraco

O que surgiu primeiro: o ovo ou a galinha? Talvez tenha sido o galo. Mas isso não importa. Até que faz sentido, numa ficção,... Leia mais

Todas as críticas de usuários
34% (20 críticas)
34% (20 críticas)
14% (8 críticas)
7% (4 críticas)
7% (4 críticas)
5% (3 críticas)
Você assistiu O Predestinado ?
59 Críticas de usuários

Fotos

13 Fotos

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Carlitos Cajofe
    Algumas pessoas já ouviram falar sobre paradoxo, mais explica-lo se torna complexo e dificultoso. Posso dizer que o filme é físico+losofico (um mistura gostosa de filosofia+física), ou seja, um eterno paradoxo, feito para grandes mentes que se embebedaram dos fatos ocorridos com o desfecho da historia. Acreditem o melhor filme de ficção cientifica feita na atualidade, e muitos não gostaram do filme (SÓ LAMENTO), porque o filme exige um olhar observador nos fatos . Não consegui dormir direito, porque fiquei pensando no filme....Como encaixa-lo na realidade atual, como poderia criar o meu próprio paradoxo infinito... Não quero dar spoiler, até porque muitos ainda assistiram.....mais se quiserem um papo cabeça sobre o filme....me procurem....carlitoscajofe gmail . com
  • Anderson V.
    Um filme muito bom, daqueles que faz sua cabeça girar, exemplo do Amnesia. Se querem entender melhor o filme, pesquise sobre paradoxo temporal.
  • Reinaldo Q.
    Excelente e essa atriz Sarah Snook tem um futuro muto promissor vale a pena!
  • I. Armani
    Eu sou muito burro, pq não intendi nada kkkkk
  • Felipe L.
    Entendo quem tenha gostado do filme, talvez pelo fato da pessoa curtir esse lance de paradoxo que o filme mostra. Porém, acho que foi um dos piores filmes que eu já vi, e não estou falando em relação ao elenco e as atuações, até porque nesse quesito os atores estão de parabéns. Mas a questão é: Eu esperava um sentido para tudo aquilo, um porquê daquilo estar acontecendo, e sinceramente? um paradoxo? mas que droga de sentido isso faz? Gosto de filmes que me ensinam coisas e têm algo a passar para o telespectador e francamente... o que eu aprendi com esse filme? Bom, tem certas coisas que não se pode mudar (que novidade, na vida real não posso voltar no tempo, então não posso mudar nada de qualquer forma). Resumindo, passei o filme inteiro esperando um sentido para tudo aquilo, e no fim, não tinha sentido algum. Senti que perdi 1 hora e 40 minutos da minha vida, Não recomendo para quem não é fã de paradoxos temporais sem sentido.
  • celso S.
    filme muito bom , alguns nao vao entender e vao achar ruim
  • Wellington d.
    Com já dizia Raul: eu sou o início, o fim e o meio... De acordo com a história, ele nunca existiu, porque ele não pode ser seu próprio ancestral, ainda mais pai e mãe ao mesmo tempo...
  • Vini B.
    Tem uma coisa que ao invés de criar um paradoxo, faz com que o filme perca o sentido! Tudo bem ele ter um filho com ele mesmo, mas ele NÃO PODE SER FILHO DELE MESMO! Isso é impossível! O que imaginei, é que talvez ele quis repetir a história com a filha dele, mas isso tbm não faria sentido, afinal, por qual motivo ele gostaria que sua filha tivesse a mesma vida infeliz que ele teve? Não faz sentido... Criar uma história onde ele simplesmente é o filho dele mesmo, não torna isso um paradoxo, nem nada inteligente! Achei a interpretação muito boa dos protagonistas, mas também acho que fica muito fácil começar a criar histórias sem sentido e simplesmente chamá-las de paradoxo! Uma super produção em torno de um enredo sem sentido, que não traz nenhuma mensagem que torne o filme surpreendente, mas sim decepcionante, por não haver nenhuma explicação plausível. Só falta alguém dizer que o cara também era esquisofrênico, porque essa tem sido explicação pra muito filme ruim por aí!
  • Leandro C.
    Bem isso mesmo o filem e louco fiquei pensando sobre ele também.
  • Rodrigo C.
    Me acabo com alguns comentários, porque as pessoas insistem em querer pagar de intelectuais e demonstrar que são entendidas do que não foi feito para ser entendido?Sinceramente, foda-se o que é mentira e o que é verdade... vivemos em um mundo fudido e repleto de imbecilidades e ainda ficam filosofando sobre o que é apenas um entretenimento:Parentesco complicado: como terminei sendo avô de mim mesmoMeu pai e eu moramos juntos e possuímos um rádio e uma televisão.Meu pai é viúvo e eu solteiro.No andar de baixo, moram uma viúva e sua filha, ambas muito bonitas e sem rádio e nem televisão.O rádio e a televisão fez com que nossas famílias ficassem mais próximas.Eu me apaixonei pela viúva e casei com ela. Meu pai se apaixonou pela filha e também se casou com esta.Neste momento, começou a confusão.A filha da minha esposa, a qual casou como meu pai, é agora a minha madrasta.Ao mesmo tempo, porque eu casei com a mãe, a filha dela também é minha filha (enteada).Além disso, meu pai se tornou o genro da minha esposa, que por sua vez é sua sogra.A minha esposa ganhou recentemente um filho, que é irmão da minha madrasta.Portanto, a minha madrasta também é a avó do meu filho, além de ser seu irmão.A jovem esposa do meu pai é minha mãe (madrasta), e o seu filho ficou sendo o meu irmão.Meu filho é então o tio do meu neto, porque o meu filho é irmão de minha filha (enteada).Eu sou, como marido de sua avó, seu avô.Portanto, sou o avô de meu irmão. Mas como o avô do meu irmão também é o meu avô, conclui-se que eu sou o avô de mim mesmo!!!
  • Giselle Z.
    Gostei muito do filme, independente da discussão sobre ele ser pai dele mesmo, pois me trouxe uma reflexão sobre o fato de que somos nós que destruímos/construímos a nossa própria vida, a responsabilidade pelo rumo da nossa existência é inteiramente nossa e independente daquilo que um outro possa ter feito... Além disso, o filme deixa claro o fato de que há eventos, situações inevitáveis, inalteráveis, predestinadas. Interessantíssimo! Valeu super a pena!
  • Einsenberg S.
    Por que ele não pode ser filho dele mesmo? Ele não deixou sua filha no orfanato porque gostaria de repetir o desgosto que ele vivenciaria, mas pelo fato de seu trabalho ser realizado (salvar milhares de vidas) e caso ele não deixasse sua filha no orfanato ou não executasse os demais eventos ele deixaria de existir. Apesar da confusão dele em suspeitar de si mesmo jovem como o terrorista, não passa de um pretexto para ele continuar existindo, vendo que quem realizara as explosões será ele mais velho, o qual ele desconhece.
  • Einsenberg S.
    Como tu seria capaz de entender o final se não havia visto ele? Tu poderia ter entendido o enredo, mas o final garanto que não.
  • Pranviatmann
    [COMENTÁRIO COM SPOILER]Filme Excelente... que traz exatamente a premissa "Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha?" Porém existe um furo muito grave na lógica desse parodoxo temporal. Seguindo a linha de raciocínio de viagem no tempo, por exemplo, DE VOLTA PARA O FUTURO, o mesmo personagem tem que estar duplamente no mesmo ano, mas não necessariamente no mesmo local. Então o ponto zero do filme é a conversa do bar, onde a decadente Jane explica como engravidou, e perdeu a bebê. Então ela é convidada pelo agente barman a segui-lo para outro tempo. Só que quando ela volta, a cena que ela deveria ver é Jane do passado encontrando-se com a Jane mais velha (já homem), ou seja, seriam 3 personagens ali na cena: um expectator e as 2 Janes já conversando e flertando uma a outra! Assim como em DE VOLTA PARA O FUTURO, o Doutor é ajudado pelo próprio Doutor na descarga elétrica. Nesse filme parece que apagaram essa lógica temporal.
  • Ivan N.
    Cara...criei uma conta aqui (mas vou continuar seguindo do site) só para responder a sua colocação. Ri muito alto da frase: "Não recomendo para quem não é fã de paradoxos temporais sem sentido". A pergunta: Quem seria fã de filmes paradoxais no tempo sem sentido? Desconheço fãs do gênero....kkkkk. Sei que foi ironia, mas muito bem colocada.
  • Luiz P.
    Filme é perfeito. Reconheço que ele é complicado de ser compreendido, porém, todos os fatos se encaixam perfeitamente. Alguns estão reclamando do enredo, mas, esse é o ponto mais forte do filme. Tudo bem, eu reconheço que tem fatos que se perdem e ficam sem explicação, contudo, todos os fatos, por ser um sci-fi, se explicam no final.Recomendo fortemente.
  • Ana Carolina F.
    Muito bom!! Prende a atenção, muito suspense, surgem várias dúvidas durante o filme, que são explicadas no decorrer da trama, não só no final.
  • H31TOR
    fdp
  • Nat? C.
    SPOILERExcelente filme, mas "pelo que eu entendi do filme" a origem de Jane não faz muito sentido.Jane nasce hermafrodita e cresce como mulher, no futuro troca de sexo volta para o passado e engravida a si mesma, porém a filha de Jane seria outra pessoa e não ela mesma.
  • Wesley F.
    filme muito bom!
  • Humberto A.
    Boa, isso msm!
  • Kotsu M.
    Não, a jane parou de ver seu reflexo no espelho no incio da adolescencia, ela so tornou a ver seu reflexo quando já era jhon com cabelo curto e tals, quando jhon encontra jane pela primeira vez ele mesmo nao sabia como jane era e diz que ela e linda.( repetindo.. por que quando ele ainda era jane ele nao olhava no espelho) AUSHu confuso mas obvio eu acho.
  • Sandra M.
    Nossa, muito boa a sua visão sobre o filme, Marconi.
  • Sandra M.
    Acredito que possa ser isso também. Pois eu gosto de filme deste tipo, isso com certeza ajuda, e olha que eu penei pra entender o que estava acontecendo. Mas gostei muito.
  • Sandra M.
    Fico pensando até hoje, Stella.
  • Sandra M.
    Obrigada pela dica, Anderson. Vou pesquisar, quero entender mais.
Mostrar comentários
Back to Top