Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Ave, César!
     Ave, César!
    14 de abril de 2016 / 1h 40min / Comédia , Comédia Musical, Policial
    Direção: Joel Coen, Ethan Coen
    Elenco: Josh Brolin, George Clooney, Alden Ehrenreich
    Nacionalidades EUA, Reino Unido
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    3,6 29 críticas
    Usuários
    2,7 205 notas e 21 críticas
    Adorocinema
    3,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 12 anos
    Hollywood, anos 1950. Edward Mannix (Josh Brolin) é o responsável por proteger as estrelas do estúdio Capitol Pictures de escândalos e polêmicas e vive um dia intenso quando Baird Whitlock (George Clooney), astro da superprodução Hail, Caesar!, é sequestrado no meio das filmagens por uma organização chamada "Futuro".
    Título original

    Hail, Caesar!

    Distribuidor UNIVERSAL PICTURES
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2016
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 6 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 73 215 entradas
    Orçamento US$ 22.000.000
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Alugar
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    3,5
    Bom
    Ave, César!

    Sátira funcionaria melhor se estendida

    por Renato Hermsdorff
    No vasto universo das produções cinematográficas, não é raro se deparar com longas-metragens apoiados em tramas tão forçosamente arrastadas, que certamente funcionariam melhor no formato curto. Recheado de ramificações, superpovoado por um time dos mais valorizados atores da Hollywood atual, Ave, César!, a sátira à indústria do pós-guerra comandada pelos irmãos Joel e Ethan Coen, padece do drama oposto.A história se passa no período de um dia, no clima da paranoia anti-comunista dos anos 1950, data em que a principal estrela dos estúdios Capitol Pictures, Baird Whitlock (George Clooney, ótimo) – não tão bom ator assim –, é sequestrada bem no meio das filmagens da superprodução de época chamada... "Ave, César!". Caberá ao leão-de-chácara da companhia, Edward Mannix (Josh Brolin) – cuja função é proteger os atores da empresa, desde fazer com que eles cumpram seus compromissos profissionais...
    Ler a crítica
    Ave, César! Trailer Legendado 2:34
    Ave, César! Trailer Legendado
    33 212 visualizações
    Ave, César! Trailer Original 2:32
    819 visualizações
    Ave, César! Trailer (2) Legendado 2:11
    Ave, César! Trailer (2) Original 2:06
    138 visualizações
    7 trailers

    Entrevistas, making-ofs e cenas

    Ave, César! Making Of Legendado 2:17
    Ave, César! Making Of Legendado
    77 visualizações
    Ave, César! Making Of Original 2:18
    Ave, César! Making Of Original
    53 visualizações
    Ave, César! Making Of (2) Legendado 0:55
    Ave, César! Making Of (2) Legendado
    733 visualizações
    15 vídeos
    Pela web

    Elenco

    Josh Brolin
    Personagem : Eddie Mannix
    George Clooney
    Personagem : Baird Whitlock
    Alden Ehrenreich
    Personagem : Hobie Doyle
    Ralph Fiennes
    Personagem : Laurence Laurentz
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Heitor Q
    Heitor Q

    Segui-los 13 seguidores Ler as 12 críticas deles

    4,0
    Enviada em 25 de abril de 2016
    AVE CESAR Uma excelente sátira, muito densa, que denuncia entre outras mazelas sociais dos EUA (eleve ao cubo para a sociedade brasileira): A superficialidade dos artistas – que não passam de papagaios decoradores de texto sem nenhum estofo intelectual , só verniz barato) ; a pobreza dos socialistas caviar com sua já tradicional enorme incompetência, até para fazer uma simples entrega de dinheiro de resgate; a visão limitada e ...
    Leia Mais
    Nelson J
    Nelson J

    Segui-los 15842 seguidores Ler as 1 207 críticas deles

    5,0
    Enviada em 16 de abril de 2016
    Filme ideal para quem ama o cinema. Nesta comédia que se passa nos anos 50, um executivo da indústria tem que lidar com um sequestro de ator pelos escritores comunistas, problemas particulares de estrelas, jornalistas em busca de mexericos, problemas de elenco, vaidades e ainda com uma oferta de emprego para a poderosa indústria bélica, cheia de vantagens. Vai enfrentar tudo em meio a cenas magníficas de dança aquática, faroeste, drama, ...
    Leia Mais
    Alan David
    Alan David

    Segui-los 6118 seguidores Ler as 685 críticas deles

    2,5
    Enviada em 24 de abril de 2016
    tem um belo elenco, com até boas piadas pontuais, mas um andamento bem lento e excesso de diálogos que não acrescentam, vê sobre as crise de existência das estrelas, já tínhamos visto em Birdman no ano passado, queria algo mais Hotel Budapeste.
    Charly L.
    Charly L.

    Segui-los 7 seguidores Ler as 19 críticas deles

    1,0
    Enviada em 17 de abril de 2016
    Acho que o fracasso do filme pode-se medir pela quantidade de pessoas que abandonam o filme. Vi pelo menos uns 3 casais abandonarem o filme, numa sessão com poucas pessoas. Também me deu vontade de sair, mas resolvi ficar até o final , e sinceramente me arrependi. É um filme indefinido. Não é comédia, não é suspense, não é drama, mas fracassa justamente por tentar ser tudo isso ao mesmo tempo.
    21 Comentários do leitor

    Fotos

    51 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Atores preferidos

    Hail Caesar marca a quarta colaboração e os diretores e George Clooney, após E Aí, Meu Irmão, Cadê Você? (2000), O Amor Custa Caro (2003) e Queime Depois de Ler (2008). Esta também é a terceira parceria com Josh Brolin, após Onde os Fracos Não Têm Vez (2007) e Bravura Indômita (2010).

    Processo criativo

    O ator George Clooney gravou vários takes de uma cena em que seu personagem recebe um tapa na cara, dado pelo ator Josh Brolin. A cena que foi para o filme é do momento em que os atores combinaram de fazer a agressão para valer. A reação de George é a mais verdadeira possível.

    Coen Cinematic Universe

    O estúdio de cinema fictício Capitol Pictures já havia aparecido anteriormente em Barton Fink - Delírios de Hollywood, outro filme dos irmãos que também se passa na Los Angeles dos tempos de ouro.
    6 curiosidades

    Últimas notícias

    Dicas do Dia: Karatê Kid e A Senhora da Van estão na TV
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quarta-feira, 13 de dezembro de 2017
    Hoje você também poderá conferir a comédia Ave, César!
    Oscar 2017: Conheça todos os filmes indicados à premiação
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017
    62 obras foram indicadas aos prêmios da Academia.
    40 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Uma comédia musicall muito bem dirigida e roteirizada.É uma homenagem ao cinema antigo,com ótimos números musicais e boa direção de arte.-Especial George Clooney - 29 de Agosto de 2019-Dou nota 7/10
    • Bernardo Delucca
      Um bom filme. Acredito que os diretores tentaram rodar um filme que se passa na década de 50 nos moldes dos filmes rodados naquela época. O roteiro é bom, original, com muita sátira à forma que a sociedade, a mídia e o universo do cinema se comportava na década de 50 nos EUA.Nota 7/10. Assistido em 20/06/2019.
    • Jackson Lovato
      Confesso que fiz um tremendo esforço para terminar o filme. Se existem algo de bom do filme é excelente reconstrução dos anos 50, do resto é só lamento. Sofrível, diálogos pobres, chatos e cansativos, piadas sem graça. Uma gama de grandes atores com personagens medíocres. Se puder, passe longe!
    • Thiago Petherson
      Elenco fantástico. Esperança de bom filme ...
    Mostrar comentários
    Back to Top