Meu AdoroCinema
    Até Que A Sbornia Nos Separe
    Até Que A Sbornia Nos Separe
    Data de lançamento 30 de outubro de 2014 (1h 23min)
    Elenco: Hique Gomez, Nico Nicolaiewsky, Otto Guerra mais
    Gênero Animação
    Nacionalidade Brasil
    Ver o trailer
    Imprensa
    3,7 5 críticas
    Usuários
    3,6 18 notas e 3 críticas
    Adorocinema
    3,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 10 anos
    Sbornia é um pequeno país que sempre viveu isolado do resto do mundo, cercado por um grande muro que não permite o contato com os vizinhos. Um dia, no entanto, um acidente leva à queda do muro, e logo os sbornianos começam a descobrir os costumes modernos. Dois músicos locais, Kraunus (Hique Gomez) e Pletskaya (Nico Nicolaiewsky), observam as reações de seus conterrâneos: enquanto alguns adotam rapidamente a cultura estrangeira, outros preferem reafirmar as tradições sbornianas e resistir ao imperialismo.
    Título original

    Até Que A Sbórnia Nos Separe

    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2013
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 18 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 4 674 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    3,5
    Bom
    Até Que A Sbornia Nos Separe

    Admirável mundo novo

    por Francisco Russo
    A diversidade da cultura brasileira por vezes gera fenômenos locais que, por mais que façam imenso sucesso em determinada região, pouco são conhecidos fora dela. É o caso da peça teatral “Tangos & Tragédias”, criada e encenada pela dupla Hique Gomez e Nico Nicolaiewsky, que permaneceu em cartaz em Porto Alegre por 30 anos. Trata-se da história de Kraunus e Pletskaya, moradores de um país chamado Sbornia, ligado ao continente através de um pequeno istmo. Repleto de canções que incentivavam a interação com o público, “Tangos e Tragédias” tornou-se um marco no calendário da capital gaúcha: chegava janeiro e lá estava a peça novamente em cartaz no Teatro São Pedro. O motivo de tamanho sucesso está, em parte, na versão em animação conduzida pelos diretores Otto Guerra e Ennio Torresan Jr.: os próprios autores da peça participaram da confecção do longa-metragem e inclusive dublaram seus pe...
    Ler a crítica
    Até que a Sbornia nos Separe Trailer 2:41
    Até que a Sbornia nos Separe Trailer
    3 364 visualizações
    Até que a Sbornia nos Separe Teaser 1:04
    3 851 visualizações
    Pela web

    Críticas de usuários

    F. V. Fraga
    Crítica positiva mais útil

    por F. V. Fraga, em 22/10/2014

    5,0Obra-prima
    DEDICATÓRIA: Este texto é dedicado ao MAESTRO PLESTKAYA, o primeiro sborniano a voltar para a ilha.Até que a Sbórnia ...
    Leia mais
    Samuel  A.
    Crítica negativa mais útil

    por Samuel A., em 01/11/2014

    3,0Legal
    A História E Boa Mais A Imagen Parece Dezenho Antigo.
    Todas as críticas de usuários
    67% (2 críticas)
    0% (0 crítica)
    33% (1 crítica)
    0% (0 crítica)
    0% (0 crítica)
    0% (0 crítica)
    Você assistiu Até Que A Sbornia Nos Separe ?
    3 Críticas de usuários

    Fotos

    16 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Dos palcos ao cinema

    Até Que a Sbornia nos Separe é uma adaptação da peça teatral "Tangos & Tragédias", apresentada nos palcos desde 1984, e vista por mais de 1 milhão de espectadores. Os criadores da espetáculo musical, Nico Nicolaiewsky e Hique Gomez, dublam personagens do filme e cuidam da trilha sonora.

    Um novo título

    Inicialmente, este projeto tinha o título Fuga em Ré Menor Para Kraunus e Pletskaya. Algumas imagens e teasers chegaram a ser divulgados com esse título, antes da troca para o nome atual.

    Festival de cinema

    Até Que a Sbórnia nos Separe foi selecionado na competição brasileira do festival de Gramado em 2013.
    18 curiosidades

    Últimas notícias

    Associação Brasileira de Críticos de Cinema elege as 100 melhores animações nacionais
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sexta-feira, 22 de dezembro de 2017
    Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2016: Que Horas Ela Volta? é o maior vencedor
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quarta-feira, 5 de outubro de 2016
    Seguido por Chatô – O Rei do Brasil e Chico – Artista Brasileiro
    Que Horas Ela Volta? lidera a lista de indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2016
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quinta-feira, 1 de setembro de 2016
    O aclamado longa de Anna Muylaert recebeu 14 indicações, sendo seguido por Chatô – O rei do Brasil e Casa Grande. Veja a...
    14 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Matheus N.
      oiiiiiiiiiiiiiiiiiii🍸💗💗🍸💗💗🍸💗💗💗💗😍😍😍💗💗💗💗😍💗😍🍸💗💗💗😍💗😍🍸🍸💗💗😍😍😍🍸🍸🍸💗🍸🍸🍸🍸💜💜🍸💜💜🍸💜💜💜💜💜💜💜💜🌹💜🌹💜💜💜🍸🌹💜🌹💜💜🍸🍸🌹💜🌹💜🍸🍸🍸🍸🌹💜🍸🍸🍸e muito legal
    Mostrar comentários
    Back to Top