Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword Of Destiny
     Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword Of Destiny
    26 de fevereiro de 2016 diretamente para TV / 1h 42min / Ação, Aventura, Drama, Artes Marciais
    Direção: Woo-Ping Yuen
    Elenco: Michelle Yeoh, Donnie Yen, Jason Scott Lee
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Imprensa
    1,8 5 críticas
    Usuários
    3,9 66 notas e 5 críticas
    Adorocinema
    2,0
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Dezoito anos após a morte de Li Mu Bai, Yu Shu Lien (Michelle Yeoh) é chamada para ajudar a proteger a espada do destino. Forjada na dinastia Qin e repleta de detalhes esverdeados, ela possui a fama de ser a mais poderosa espada de sua época e é agora alvo de Hades Dai (Jason Scott Lee), um perigoso déspota local que envia o jovem Tiefang (Harry Shum Jr.) para roubá-la. O que ele não contava era que a espada seria também protegida por Snow Vase (Natasha Liu Bordizzo), uma jovem de passado misterioso, e Silent Wolf (Donnie Yen), que possui uma forte ligação com Shu Lien.
    Distribuidor Netflix
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2016
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 4 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    2,0
    Fraco
    Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword Of Destiny

    Por que?

    por Francisco Russo
    Lá se vão 16 anos desde que Ang Lee fez com que o mundo ocidental tomasse conhecimento do wuxia, gênero tipicamente chinês que mistura, em tom lírico, fantasia e artes marciais. Sucesso de público e de crítica, com quatro Oscar na bagagem e outras seis indicações, O Tigre e o Dragão abriu portas para filmes como Herói e O Clã das Adagas Voadoras, além de revelar dois talentos: Michelle Yeoh e Zhang Ziyi. Diante de tamanho sucesso uma sequência não seria impensável, mas por que fazê-la exatamente agora? A resposta é muito simples: dinheiro.Para início de conversa, é bom ressaltar que Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword Of Destiny (ou O Tigre e o Dragão 2, para os íntimos) pouco tem a ver com o filme original, ao menos conceitualmente. Sim, é verdade que Michelle Yeoh reprisa sua personagem e, mais uma vez, os guerreiros possuem a capacidade de voar durante as lutas. Entretanto, toda a d...
    Ler a crítica

    Trailers

    Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword of Destiny Trailer Legendado 1:33
    Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword of Destiny Trailer Legendado
    12 391 visualizações

    Entrevista, making-of e cena

    Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword of Destiny Making Of Legendado 2:23
    Crouching Tiger, Hidden Dragon: Sword of Destiny Making Of Legendado
    92 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Michelle Yeoh
    Personagem : Yu Shu Lien
    Donnie Yen
    Personagem : Meng Sizhao / Silent Wolf
    Jason Scott Lee
    Personagem : Hades Dai
    Harry Shum Jr.
    Personagem : Tie-Fang
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Alvaro S.
    Alvaro S.

    Segui-los 205 seguidores Ler as 349 críticas deles

    1,5
    Enviada em 2 de março de 2016
    Uma continuação completamente desnecessária. Se a Netflix inovou com o lançamento da sua primeira produção de longa-metragem com o Beast Of No Nation (que já se mostra uma exceção), aqui ela se mostra relapsa. Nada nesta continuação empolga. Da trilha, ao roteiro, às cenas de lutas (o charme do filme anterior), à direção sem o mesmo domínio do Ang Lee e até mesmo a fotografia que aqui opta por algo mais lúdico e fantasioso. ...
    Leia Mais
    B.Boy Jc
    B.Boy Jc

    Segui-los 177 seguidores Ler as 372 críticas deles

    4,5
    Enviada em 24 de março de 2016
    Eu achei melhor que o primeiro filme, as lutas são bem coreografadas e apesar de ser inverossímil o filme te prende tanto que você acaba comprando o que ver, o filme também possui uma linda fotografia e bos efeitos especiais. Parabéns Netflix por mais uma super produção!
    Vilmar O.
    Vilmar O.

    Segui-los 135 seguidores Ler as 357 críticas deles

    3,0
    Enviada em 22 de julho de 2016
    Bem bacana, pra quem gosto do Marcopolo, série, além de Tigre e o Dragão, é um prato cheio. Assistam, pois é diversão garantida.
    Arthur L.
    Arthur L.

    Segui-los 3 seguidores Ler as 3 críticas deles

    5,0
    Enviada em 14 de março de 2016
    O filme é muito bem produzido, uma verdadeira obra de arte voltada para a temática das artes marciais. Em resumo, o filme retrata a saga e ambição dos que tem ou dos que querem seu destino traçado pela espada lendária do destino. O filme tem muitas cenas de ação, muitos efeitos, algumas estorias secundarias, valorizando ainda mais o enredo do filme, deixando até a entender que como resultado de toda simples ação, existira um reação, ...
    Leia Mais
    5 Comentários do leitor

    Fotos

    18 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Sequência

    Precedido por O Tigre e o Dragão (2000).

    Convite recusado

    Zhang Ziyi foi convidada a reprisar a personagem Jen nesta sequência, mas recusou.

    Parceria com a Netflix

    Trata-se de uma coprodução entre a The Weinstein Co., a Netflix e a China Film Group, o que possibilitou que fosse lançado nos cinemas chineses.
    4 curiosidades

    Últimas notícias

    Cinemas dos EUA não vão exibir O Tigre e o Dragão: A Lenda Verde, produção da Netflix
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016
    Sequência de O Tigre e o Dragão ganha novo trailer
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016
    Estreia no dia 26 de fevereiro.
    Marco Polo escala Michelle Yeoh, de O Tigre e o Dragão, para segunda temporada
    NOTÍCIAS - Produção
    terça-feira, 22 de dezembro de 2015
    Mais intriga, mistérios e artes marciais.
    7 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      - 84º filme de 2.019 - Visto em 17/03 (o oitavo filme na Netflix)...- O Tigre e o Dragão (2.000) é uma obra prima! Filme com começo, meio e fim, que não precisava de sequência! Mas a indústria quer dinheiro! E tome sequências, refilmagens, reinvenções! Não que esse filme seja ruim! É uma boa produção, a fotografia é bonita, o elenco não compromete e as cenas de lutas são quase tão boas quanto a do filme original, principalmente a luta entre os personagens de Donnie Yen e Jason Scott Lee no final! Mas faltou a profundidade do primeiro filme! O roteiro do primeiro filme tinha várias camadas e aqui temos apenas uma simples tentativa dos vilões em roubar a espada do título, o que os mocinhos farão de tudo para impedir (assim mesmo, bem genérico)! A surpresa do roteiro, que seria o ponto alto do filme, não funciona! Se o primeiro filme tinha a espetacular Ziyi Zhang (ou seria Zhang Ziyi?), aqui temos a lindíssima Natasha Liu Bordizzo! Vale uma conferida para rever o clássico O Tigre e o Dragão...- Nota: 7,5/10 (bom)...(Obs.: o 85º filme de 2,019, visto no dia 18/03, foi o suspense Ride (2.017), com a Bella Thorne, sem registro aqui no site, portanto, sem resenha)...
    • daniel s.
      Espero que essa sequencia seja tão foda quanto o primeiro .
    Mostrar comentários
    Back to Top