Êxodo: Deuses e Reis
Êxodo: Deuses e Reis
Lançamento (2h31min
Dirigido por
Com Christian Bale, Joel Edgerton, John Turturro mais
Gênero Épico , Ação
Nacionalidade EUA , Reino Unido , Espanha
AdoroCinema   3,0
Imprensa   2,9 23 críticas
Usuários   3,8 por 1236 notas das quais 258 críticas
Meus amigos
Meus amigos |
Meus amigos Descubra a opinião dos seus amigos agora!
Meus amigos
  Nenhuma opinião de seus amigos (ainda)
Conectar com meu AdoroCinema
Tweet  
 

Sinopse e detalhes

Não recomendado para menores de 14 anos

Exodus é uma adaptação da história bíblica do Êxodo, segundo livro do Antigo Testamento. O filme narra a vida do profeta Moisés (Christian Bale), nascido entre os hebreus na época em que o faraó ordenava que todos os homens hebreus fossem afogados. Moisés é resgatado pela irmã do faraó e criado na família real. Quando se torna adulto, Moisés recebe ordens de Deus para ir ao Egito, na intenção de liberar os hebreus da opressão. No caminho, ele deve enfrentar a travessia do deserto e passar pelo Mar Vermelho.

Título original
Exodus: Gods And Kings
Curiosidades
24 curiosidades
Distribuidor
FOX FILMES
Bilheterias Brasil
4.089.780 ingressos
Ano de produção
2014
Orçamento
140 000 000 $
Data de lançamento em VOD
-
Relançamento
-
Lançamento do DVD
-
Língua
Inglês
Lançamento do Blu-ray
-
Formato de produção
-
Cor
Colorido
Formato de áudio
-
Tipo de filme
longa-metragem
Formato de projeção
-
 
-
MaisFechar

Críticas AdoroCinema Êxodo: Deuses e Reis

3,0

Entre milagres e pragas
De Lucas Salgado

Mais novo filme de Ridley Scott, Êxodo: Deuses e Reis faz uma boa parceria com outro longa lançado em 2014: Noé, de Darren Aronofsky. Em comum, as produções possuem o tema bíblico, mas também a forma ousada em que pretendem contar suas histórias. Sem se prenderem completamente ao que já está escrito, os longas tentam jogar uma nova luz sobre tais acontecimentos da Bíblia.

Ler a crítica

Trailers e trechos Êxodo: Deuses e Reis

Êxodo: Deuses e Reis Trailer Legendado
220.515 visualizações

Vídeos extras Êxodo: Deuses e Reis

Êxodo: Deuses e Reis Entrevista Original com Elenco e Diretor
851 visualizações
Êxodo: Deuses e Reis Entrevista Legendada com Christian Bale
2.105 visualizações
Êxodo: Deuses e Reis Entrevista Original com Joel Edgerton
765 visualizações
12 Vídeos extras

Elenco Êxodo: Deuses e Reis

Ficha completa

Críticas na imprensa Êxodo: Deuses e Reis

Média:   2,9 em 23 veículos.
  •   Cineweb
  •   Folha de São Paulo
  •   Instituto Moreira Salles
  •   The Hollywood Reporter
  •   Cinema com Rapadura
  •   Cinemascope
  •   CineClick
  •   Diário de Pernambuco
  •   Estado de Minas
  •   Instituto Moreira Salles
  •   New York Times
  •   Omelete
  •   Papo de Cinema
  •   Rolling Stone
  •   Rubens Ewald
  •   The Guardian
  •   Variety
  •   A Tarde
  •   Almanaque Virtual
  •   Chicago Sun-Times
  •   O Globo
  •   Zero Hora
  •   Screen International
23 críticas da imprensa

Críticas dos usuários Êxodo: Deuses e Reis

A crítica positiva mais útil De Juliana R.
  5,0 - Excelente

Entretenimento e mágica...Isso é o cinema.Quando assistimos a um filme épico como esse,devemos nos despir de pré conceitos religiosos e/ou ideológicos e nos entregar nas mãos hábeis de um diretor c... Ler mais

A crítica negativa mais útil De Ebenézer F. em dezembro 27, 2014
  3,0 - Legal

Decepciona por excluir pontos importantes dessa história bíblica como: O cajado (a única arma dada por Deus para um Moisés que era inseguro). A coluna de fogo foi outro detalhe sobre os milagres qu... Ler mais

VS
Todas as críticas de espectadores desse filme
  • 41 críticas     16%
  • 63 críticas     24%
  • 73 críticas     28%
  • 35 críticas     14%
  • 25 críticas     10%
  • 21 críticas     8%
258 críticas dos espectadores

Fotos Êxodo: Deuses e Reis

51 fotos

Curiosidades Êxodo: Deuses e Reis

Filmes bíblicos
Curiosidades sobre Êxodo: Deuses e Reis

Este é um de dois filmes de grande orçamento do Antigo Testamento a serem lançados em 2014, o outro sendo Noé.

Uma troca de papéis
Curiosidades sobre Êxodo: Deuses e Reis

Darren Aronofsky originalmente queria Christian Bale para interpretar o papel principal em Noé mas Bale recusou devido a conflitos de agenda. O papel eventualmente foi para Russell Crowe, um colaborador frequente nos filmes de Ridley Scott. Bale foi posteriormente escalado como Moisés, outra figura bíblica, neste longa dirigido por Scott.

24 curiosidades

Últimas notícias Êxodo: Deuses e Reis

  • Exclusivo: Vídeo mostra como foi rodada a cena dos sapos em Êxodo: Deuses e Reis

    Exclusivo: Vídeo mostra como foi rodada a cena dos sapos em Êxodo: Deuses e Reis

    terça-feira, 31 de março de 2015 | Notícias - Visto na Web
     
     

    Filme dirigido por Ridley Scott já está disponível em home video no Brasil. Leia mais

  • Bilheterias Brasil: Busca Implacável 3 lota os cinemas, mas não supera Os Pinguins de Madagascar

    Bilheterias Brasil: Busca Implacável 3 lota os cinemas, mas não supera Os Pinguins de Madagascar

    segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 | Notícias - Negócios

    A animação ainda lidera o ranking nacional, com mais de 2 milhões de espectadores até o momento.

  • Bilheterias Brasil: Os Pinguins de Madagascar lidera, Loucas pra Casar lota os cinemas

    Bilheterias Brasil: Os Pinguins de Madagascar lidera, Loucas pra Casar lota os cinemas

    segunda-feira, 19 de janeiro de 2015 | Notícias - Negócios

    A animação conquistou o primeiro lugar do ranking nacional, com 636 mil ingressos vendidos.

32 notícias sobre esse filme

Comentários

  • Rafael O.

    O filme não foi baseado direto na Bíblia,e sim no Tora hebraico,se você for traduzir a história direto do hebraico algumas palavras podem mudar o sentido de algumas coisas,em algumas partes (ou uma,sei lá...) do Tora podemos subentender que Moisés tenha dado uma de guerrilheiro no Egito,além de que tem coisas adicionadas no filme que é só raciocinar que deve ter sido daquele jeito... Muitos cristãos falam de obras que não são 100% fiel a Bíblia,mas esses mesmos Cristãos também não são... o que dizer...

  • Cleiton C.

    O filme da um sentido ao história bíblica, porém maior parte do filme mostra coisas que não estão na Bíblia, então para mim filme ficou uma bosta; ele está igual a Noé (que foi mil vezes pior), prefiro lê a Bíblia que me edifica e me da um melhor entendimento da palavra de Deus.

  • Juliana D.

    Não é verdade e vc sabe disso, estamos debatendo sobre um filme que tentou mostrar um dos livros sagrados que foi EXÔDO, nós sabemos da verdadeira história. Eu sou crente e não posso ser conivente com algo contrário a DEUS. Em Mt 5,18 : “Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um jota (a letra) ou um til jamais passará da lei, até que tudo se cumpra”. Jesus alerta que sobre a lei nada pode ser mudado. Ele continua em Mt 5, 19 dizendo que os mandamentos da lei não devem ser violados.
    Em Lc 16,17 Jesus, também, afirma que nenhum til da lei deverá cair, ou seja, o valor da lei de Deus não deve ser desconsiderado, e sim ser reconhecido através do seu seguimento. Deus abençoe!

  • Gwen Stacy

    verdade, também acho o Bale um mala

  • Jackeline d.

    Crítica relacionada ao filme: Êxodo: Entre Deuses e Reis

    “Épico, grandioso, maravilhoso, espetaculoso, mas acima de tudo, humano.”

    Aos de crítica contrária, que viram-no com decepção, dado o filme
    abster-se de apresentar certos fatos Bíblicos, ditos miraculosos, lamento, pois
    que não compreendem que “Fé inabalável só
    o é a que pode encarar a razão, em todas as épocas da Humanidade” como diz
    Kardec, em o Evangelho Segundo o Espiritismo.

    E, portanto, continuam com seus “cajados dogmáticos” tentando
    impressionar as pessoas pelo medo do miraculoso, a fé cega e irracional que
    leva a massa a crer em tudo que está escrito nos livros Bíblicos, ao pé da
    letra.

    Não se prezam sequer a avançar seus estudos, para compreender melhor, os
    porquês da linguagem alegórica e simbólica, utilizadas nas descrições daquela
    época. Quem quiser ter uma noção, é só
    vislumbrarem os escritos do Profeta Ezequiel, a beira do Rio Quebar, quando
    teve sua primeira visão do “Trono de Deus”, presente em o Velho Testamento no
    Livro de Ezequiel, Capítulo 1.

    Caros irmãos, devemos pontuar que, em pleno século XXI, graças aos
    avanços intelectivos tecnológicos, conquistas humanas inspiradas e intuídas
    pela Espiritualidade Maior, o ser humano começa a entender o oculto, e
    compreender que tudo é natural, explicável e compreensível.

    Deste modo, o filme, “Êxodo: Entre Deuses e Reis”, se encaixa
    perfeitamente aos tempos em que o homem cansado de “tantas conversas pra boi
    dormir” de “historias do Lobo-Mau” para assustar criancinhas, quero dizer,
    nestes tempos, não mais aceitam as imposições de uma fé cega e irracional que
    se agarram demasiadamente a seus “cajados dogmáticos”, com o receio de o
    perderem, ou melhor, de perderem-se num “mar” de informações e revelações
    científicas que se abrem dia a dia aos nossos olhos, e que por este, têm medo
    de as conceberem, pois que não a compreendem.

    Graças ao bom Deus, alguns aqui, não são aqueles que autorizam a rodagem
    ou não, desses filmes em nossas salas de cinema, senão correríamos o risco,
    como aconteceu em outros países, do filme não passar por aqui, só porque
    demonstrou que foi pelo trabalho escravo de um povo, que se construíram as
    pirâmides e que o mar vermelho não se abriu ao bater do cajado de Moisés, mas
    foi antes um fenômeno natural, como o Tsunami, onde o mar se recua para depois
    retornar em grandes ondas, e pelo que compreendemos, não foi ao acaso, porque o
    acaso não existe, e sim teve uma causa, um propósito divino, que era de
    acontecer naquele exato momento, para permitir que os Hebreus o atravessassem.

    Acredite se quiser: “A natureza não faz milagres, faz revelações”, como
    dizia, Carlos Drumond de Andrade, ou continuem com seus “cajados dogmáticos”
    cegos pelas crenças ultrapassadas que já fizeram sua época.

    Ao diretor Ridley Scott, obrigado pela audácia e coragem de nos colocar
    tão próximo, da racionalidade. “Graças ao avanço da tecnologia, digo do
    progresso intelectual e científico do homem, a sétima arte hoje é capaz de
    contar com precisão de detalhes, as grandes e verdadeiras Histórias da
    Humanidade”, parabéns Ridley Scott e a todo o elenco de produção, continuem
    produzindo filmes assim, por favor!

    Há, quanto a Deus, Ele entende nossas discussões pueris, fruto de nossa
    pequenez intelecto-moral, que avança a passos lentos. E viva a evolução
    espiritual!

    Que assim Seja!

  • Gabriel S.

    Ta certo que não é um retrato exato da bíblia, mas, poxa, tirar a cena mais legal vei? Aquela chatice de mar secando de uma hora pra outra? Aff...

  • Gwen Stacy

    Pura verdade, maravilhoso aquele filme, obra de arte

  • Gwen Stacy

    O clássico, "Os Dez Mandamentos" de 56 é muitooo melhor que esse galera, recomendo

  • Gwen Stacy

    que revoltada kkkkkkkkk

  • Manoel T.

    eu gostei

  • Cristiane O.

    É claro! Ainda bem que somos livres pra escolher o que assistir também, se achamos que algo nos ofende, é melhor nem ver...

  • Fabio Romano

    Não assisti o filme como estivesse lendo a biblia, e sim como apenas um filme e acho que por isso que acabei gostando.

  • Andr? Luiz C.

    Nem vou perder meu tempo vendo este filme, pois estou cansado de ver refilmagens da mesma lenda. Será que os roteiristas de Hollywood perderam a criatividade????

  • Luceliamcd

    Oi Jessica! Respeito sua percepção, ainda mais por colocar a fidelidade bíblica em primeiro lugar. Eu tive uma percepção diferente da sua. Gostei do filme. Mas resolvi escrever Pq eu achei a forma como eles retrataram a abertura do mar sensacional. A Bíblia é bem clara dizendo que Moisés deu o primeiro passo antes das águas de abrirem. Ou seja, ele acreditou, teve fe. Apesar da maré ter baixado antes da entrada deles, ele entrou ainda com o mar com água! Ou seja, ele acreditou, ele teve a fé descrita na bíblia. Quando os egípcios se aproximam você percebe claramente as águas do mar ao lado desafiando qualquer lei física. O mar totalmente aberto para eu eles passem! Eu achei sensacional! Uma sacada e tanto! :) boa tarde a todos! Fiquem com Deus!!!

  • Rafael O.

    Na realidade pra mim o filme creditou sim as pragas e tudo mais a Deus,o filme foi bem explicito ao mostrar que era Deus quem iria mandar as pragas e que o mesmo queria castigar o Egito e humilhar o faraó,eu também gostei do filme,MUITO BOM!!!!!

  • Deka M.

    Amei o filme...Cenas impressionantes sobre as pragas do Egito

    O Deus interpretado por uma criança foi uma sacada genial...aquele semblante angelical e obscuro

    Se você é cristão não vá esperando que seja fiel ao texto..
    Ridley Scott não fez um filme evangelizador e sim pegou uma historia biblica incrivel
    e fez a sua maneira...Inclusive dá respostas lógicas a tudo que acontece
    Mas não tira o merito de Deus mas ao mesmo tempo vc pode não creditar a ele

    é um filme pra Ateus e cristãos

    Eu como cristã..gostei sim do filme e assistiria novamente

  • Cristiane O.

    Olá Nilton. Com certeza, sem levar nada pro lado pessoal rsrs. Obrigada pelo comentário.
    Abraços

  • Vinicius S.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Não basta ser ateuzinho geração toddynho,tem que ser burro ainda,kkkkkkkkkkk

    Não se fazem ateus como antigamente!

  • Vinicius S.

    Isso só mostra o quão fraco e sem criatividade o cinema está !
    Não basta cagar com as histórias de Hqs,mangás,livros,desenho animados,etc,agora vão fazer isso com histórias bíblicas (depois não querem discutir religião) ,simplesmente fazem qualquer merda só para ganhar dinheiro,dane-se a história,pois sabem que a maioria desses jovens (que pensam que são intelectuais) só querem saber de efeitos especias!

    E para os para os retardados de ''mente aberta'' vão á merda,não importa o que vcs digam,o minimo que o filme pode ser, é ser fiel á obra original,tanto livros,Hqs,etc

    Sobre o filme Êxodo: Deuses e Reis:o filme é simplesmente fraco !

    Ps:não sou crente,então para os ateuzinhos geração toddynho,se vierem me xingar,pode ter certeza que eu vou xingar de volta!

  • Vinicius S.

    Que legal fera !

  • Vinicius S.

    Por favor não defeque pelos dedos !
    Vc só quer arrumar confusão,seu moleque babaca !

  • Ricardo Wagner

    Quando eu penso em uma refilmagem,penso em algo melhor,um jeito mais interessante de contar algo que já foi contado. E aquí não é o caso. Prefiro assistir ¨Os 10 mandamentos ¨. Foi feito há mais de 50 anos e não foi superado. Charston Heston realmente é o verdadeiro Moisés. Nota 3 pra esse filme tá perfeito.

  • Ariane L.

    Gente, é ficção. Não porque o cara se baseou na Bíblia que deve seguir ao pé da letra.

  • Ariane L.

    Não é*

  • Cristiane O.

    Gostei do filme. Achei o figurino lindo e os efeitos visuais incríveis, além de Christian Bale irreconhecível em alguns momentos. Apesar do filme não retratar exatamente a história como contada na Bíblia, gostei da forma que é contada, pois mostra um Moisés mais rebelde, com muitas dúvidas sobre o que acreditar e como agir, o Moisés foi mostrado de forma mais humana, com as dúvidas que todos nós temos. Apesar disso, não vejo como o filme possa ser uma afronta ou desrespeito aos que acreditam em Deus, a mim, não abalou em nada a minha fé.

  • Peter B.

    Para de ver Zorra total .....

  • Peter B.

    Não erra o que, o português?

  • Peter B.

    Onde eu assino ? Concordo com tudo.

  • Peter B.

    Da Biblia pra mim tambem é uma simples historia...

  • Lise88

    concordo

  • Estefania S.

    Triste ver uma história tão linda descrita na Bíblia que tem seu início, meio e fim ser distorcida com atores que merecem mais do que 5 estrelas!

  • Humberto A.

    Adorei conhecer a história, mais o mais importante, é que a história é contada de uma forma inteligente e q prende sua atenção,um filme bom.

  • Mitto J.

    concordo

  • Linus P.

    Apesar das discrepâncias com a história bíblica, e que são muitas, elas não desvirtuam a ideia central, que é a de um Deus que é Deus de verdade, e faz o que quiser, como quiser. Entendo que o filme possa dar sono em quem não gosta do cristianismo, ou mesmo os anti semitas que não sabem que são anti semitas. (e são muitos). Para um cristão que nasceu de novo, cheio do espirito santo, o filme é uma epifania, quando o anjo da morte passou no arraial do Egito, chorei de soluçar. Agora a discussão sobre a abertura do mar, sobre se foi Deus ou a maré, é uma discussão tola. E quanto à morte dos primogênitos do Egito, enquanto os filhos dos hebreus permaneceram intactos? A qual fenômeno da natureza os tolos atribuem a isso? O nosso Deus é fogo consumidor!!

  • Linus P.

    ok

  • biro

    uma bosta ingual esses filme de rei q passao na tv

  • Linus P.

    vou assistir e comento se não for coerente com a bíblia perde o valor pois s bíblia não erra enfim

  • cin?fila de plant?o

    Ainda não assisti

  • Pedro M.

    vou ver ainda e espero que seja bom!

  • Luan S.

    Achei o filme muito fraco. Não gostei dos efeitos especiais e achei a história super chata. Foi a primeira vez que dormi no cinema por alguns minutos. O filme se torna um pouco interessante no final onde os efeitos especiais (super escassos) são mais frequentes. Ainda bem que sou ateu porque teria vergonha de ver uma história Bíblica mesmo por ficção - já que tudo na Bíblia já é uma ficção por si mesmo - ser tão mal feita desse jeito. Não vi "deuses" nenhum nesse filme apenas o deus da bíblia é considerado o verdadeiro, ou seja, deveria ser "Êxodus: deus versus rei" (rei muito babaca por sinal). Para quem gosta do trabalho de Christian Bale vale a pena conferir (o que os faz não fazem?!)

  • Jo C.

    Quanto mimimi!
    Vão ler a bíblia, ir a um culto e deixem o cinema pra quem gosta de interpretações fortes, efeitos especiais e super produções.
    E arranjem uma máquina do tempo também pra conferir certinho como tudo aconteceu.

  • Lise88

    concordo

  • Joker Boy

    Bem, o filme é ruim (já vou avisando que não religioso-fanático, não é pelo motivo de que o filme não segue a estória bíblica, sei que é uma ficção). O filme não tem nenhum elo emotivo com sua própria estória da forma como foi contada. Você não consegue sentir raiva de Ramsés o vilão e sentir pena dos hebreus. São duas horas e meia com enfoque em dizer quem tava certo e quem tava errado, com uma expectativa de que a qualquer momento irão ter guerras e batalhas épicas (já que essa versão enfocou a vida "militar" de Moisés e não espiritual) e no fim não acontece nada demais. O verdadeiro sentido de um Êxodo (seja qual Êxodo for, porque êxodo significa uma saída em massa de um povo de um terra, não necessariamente o de Moisés) é como disse, passar a sensação de sentir ódio dos opressores e torcer pelos oprimidos que conseguem sua liberdade. A única parte que achei interessante, foi a discreta atenção que deram a Josué que foi o líder militar que sucedeu o comando do exército de Israel após a morte de Moisés.
    Em contrapartida já gostei da explicação cientifica de algumas pragas contadas no filme, a ciência hoje defende algumas dessas explicação como a separação do mar vermelho ter acontecido por um maré baixa. Mas concordo que o filme é polêmico, para alguns religiosos poderá ser até uma versão ofensiva, se pretende passar esse filme numa reunião ou aula da igreja, esquece, não é a história contada na bíblia.

  • souumcin?filo?

    Não fiz teologia, não sou protestante, católico, espirita, evangélico ou qualquer outro adjetivo relacionado à alguma crença religiosa. Gosto de boas histórias. Seja de um menino órfão que descobre ser um bruxo, da saga de um certo anel, da entrevista com um vampiro ou de um menino prodígio do crime (ops este ainda não foi adaptado para a tela grande). E a história de Moises, da sarça ardente, das pragas, do mar se abrindo me fascinam exatamente como são, não fui ao cinema para ver um líder esquizofrênico que usa táticas de guerrilha, tão pouco a explicação cientifica das pragas, ou questionamentos sobre o sionismo. Desejava ver um líder que transformou um povo escravo em uma nação com a intervenção do Deus que cria. Queria ver o mar se abrir... e ter o mesmo fascínio de quando assisti os Dez Mandamentos com meus pais e irmãos. Como os livros que citei, a essência do enredo estava ali para qualquer roteirista consultar, custava ser um pouquinho mais fiel à história?
    Ps: foi só eu ou a cena do mar parecia uma cópia de uma sequencia Interstelar?

  • Bruno C.

    E pelo que vejo, alguns ainda são mais macacos que humanos...

  • Jaqueline N.

    Eu adorei o filme, a produção e a história , claro que algumas cenas fogem da história da Bíblia, mas no contexto geral vale a pena assistir !

  • Antonio S.

    Magnífico filme de Ridley Scott. Surpreendente até para os religiosos que esperam fidelidade bíblica. Cenas de tirar o fôlego e atuações fortes e consistentes. Mais uma vez Cristian Bale prova que não é só um rosto bonito e é muito convincente na pele de Moisés. Vale cada minuto da película.

  • Arthur M.

    Calma cara aqui é cinema não discussão sobre uma guerra santa que aconteceu antes de inventarem o papel higiênico

  • NILTON M.

    Se você fosse uma pessoa esclarecida e informada saberia que mais de 80% de todos os detalhes de cenários e trajetos narrados na bíblia já foram comprovados cientificamente.
    Além de boa parte dos fatos também narrados.
    A propósito, procure pela Arca de Noé, veja na bíblia onde ela parou e peça ajuda ao seu amigo Google. Verá que ela foi encontrada.

  • NILTON M.

    Fiel a história da bíblia?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Como você sabe, se com certeza nunca leu?

  • NILTON M.

    Tipo do filme que dá vontade de ir embora antes de seu término. Concordo com a sua crítica, até aqui a mais completa e sensata.

  • NILTON M.

    Se espera assistir a um bom filme, escolha outro.
    Se quiser assistir apenas para confirmar como é ruim, eu indico.

  • NILTON M.

    Sr. Luciano C., "Não distorce tanto a história bíblica"?
    Se de fato o Sr. é padre, sugiro que leia a bíblia, pois me parece que ainda não o fez. E se o fez, que o faça novamente, mas antes disso peça a Deus que abra seus olhos espirituais.
    Outra coisa, xiitas?
    Sugiro que melhor se informe e melhor conheça a palavra do Senhor para não ficar pregando heresias.

  • NILTON M.

    Ter menos filmes bíblicos? Isso não é um filme bíblico.
    A intenção é criticar para tentar fazer com que surjam filmes bíblicos, assim como foi "A Paixão de Cristo".

  • NILTON M.

    Gostaria de humildemente expressar minha opinião relacionada ao seu comentário.
    Não há como um homem interpretar a história bíblica do êxodo conforme foi feito o filme. Certamente a intenção do autor foi fugir completamente da realidade.

  • NILTON M.

    Filme longo e cansativo, daquele que nos faz pensar em ir embora antes de ele terminar.

  • NILTON M.

    Exatamente isso!

  • Rafael R.

    não sei porque criticam tanto noé, eu achei o filme foda, vendo ele como um filme comum, deixando de lado religião

  • Almir S.

    BOM. Não vá assistir esse filme esperando uma referencia biblica, assim como todo livro que quando é adaptado para o cinema, sofre muitas modificações e esse não foge do " no livro ou no caso biblia era diferente, o livro era melhor, etc "

    Tem uma super-produção muito bem feita, mas achei o filme editado demais, cheios de cortes.

    Alguém me explica porque desperdiçaram uma super atriz que é a Sigourney Weaver pra fazer papel de figurante ?, se ela disse uma dúzia de palavras no filme inteiro, foi muito.

  • Re Ribeiro

    Acho que a intenção de ser fiel ao que está na bíblia passou longe de Ridley Scott. Mesmo pq os filmes precisam ser mais originais, ter um quê que os diferem das histórias mais comuns e batidas. A visão do diretor faz toda a diferença, isso é que é legal, neste caso, uma história boa mas sem a pegada religiosa. E embora tenha gostado mais de outros filmes desse diretor, esse não é ruim. Lamentei a participação tímida de Sigourney Weaver e gostei da sacada de representar Deus como uma criança.

  • Cleanice S.

    Infelizmente o cinema quer isso, que as pessoas que não conhecem a bíblia tenham uma visão totalmente distorcida da realidade, lamentável...

  • Victor_7

    Filme muito bom, e digo isso embasado na meu próprio alinhamento religioso. Boas atuações, trilha-sonora e produção artística fantásticos, cenários e efeitos especiais perfeitos. Gostei da forma como Scott abordou as pragas, e as ilustrou de uma forma a entrar num meio termo entre o teórico e o religioso. Não consigo compreender a causa de tanta gente do meio cristão não ter gostado do filme. Cada vez mais haverão menos filmes bíblicos se isso continuar.

  • Alex L.

    vai lá e faz melhor! pede uma vaguinha aos engenheiros de efeitos especiais da fox!

  • Luciano C.

    Não sei se pra você a opinião de um padre é imparcial, com certeza não, mas vou tentar. Como obra cinematográfica é um filme grandioso. Não distorce tanto a história biblica como alguns xiitas aqui falam. O autor por ser agnóstico não afirma ser Deus o protagonista da história, mas não nega a possibilidade. Moisés é apresentado como um homem comum que vai confrontando sua fé com a vida, é apenas humanização do personagem que no texto bíblico é representado de maneira mais heróica. Enfim vale sim o ingresso, vale a reflexão sobre os homens que por ganância de poder agem como Deuses. E ainda abre o precedente para os que crêem de encontrarem um olhar mais humanizado do drama da escravidão no Egito e seu Libertador.

  • Douglas A.

    "Deixam as questões religiosas de lado"
    kkkkk

  • Fernanda P.

    Não fui assistir um filme bíblico , mas não esperava que fosse um filme ideológico.
    Deus parece uma alucinação, Moisés parece Che Gevara, a fuga do Egito se resume a uma luta de classes etc. O filme e recheado de maxismo cultural.
    Deixando a questão religiosa de lado,filmes bíblicos não precisam ser ruim, a Paixão de Cristo de Mel Gibson e excelente, por exemplo.
    Esse filme poderia ter sido muito melhor.

  • Bruno Cardoso L.

    acho q eles deveriam ler a bíblia antes de fazer algo baseado nela

  • Clederson D.

    Ridículo, uma afronta ...... Não merece meu tempo comentando. Efeitos especiais muito ruim.

  • Geracilda L.

    horrível

  • Nicole S.

    Gostei do filme só achei que cortaram algumas partes da história ... e falando sobre pessoas que estão falando mal de Deus quero dizer o seguinte ele apenas castigou aqueles que acreditavam nele aqueles que tanto maltrataram os hebreus que também não tinham culpa de nada ! e mataram quantos inocentes hebreus morreram? então antes de julgarem a Deus prestem a atenção na história pra depois falarem mal de Deus ele apenas foi justo e não tem como ele não castigar quem faz tantas maldades e acreditar em Deus não é só na hora em q ele realiza seus pedidos é também na hora em que ele corrige seus erros e é nessas horas em que ele precisa trazer dor pra VC aprender e entender o que quer de VC e o diabo faz justamente isso dizer a q coitada daquelas pessoas morreu um monte de inocente olha como esse seu deus é mais pare e olhe o prq Deus fez aquilo ele sempre tem um motivo um propósito e eu acredito e confio em tudo o q Deus faz e não julgo sem antes saber a razão !

  • Tatiana P.

    O filme é bom.. Em algumas partes meio entediante.. Mas vale assistir!! :)

  • Gian Henrique d.

    Virou discussão religiosa isso aqui. A questão é simples, se não quer assistir, não assisti e pronto, mas também não fique querendo justificar o porque de não de assistir ou atacando as histórias bíblicas. É mais preferido ter filmes desse tipo, com história e conteúdo, do que filmes ridículos de super herói que já estão sendo exibidos a exaustão nas telonas. Cada um produz o filme que lhe convêm e cada um assisti o filme que preferir, é simples, e não fica esse mimimi todo.

  • Ricardo S.

    Parece muito bom esse filme!!!!

  • Jo?o A.

    Mimimi de religião(2) vão assistir o Silas Malafaia extorquir geral, podem esperar que o filme vai ser foda, puta elenco um baita diretor, nego fica fazendo adaptação de um monte de livro merda ai é gênio.. Num vejo nada demais fazer adaptações da bíblia, as histórias são boas e as adaptações feitas até hoje são terríveis, do tipo que passa na record. Se vc é um crente babaca nem passa na porta do cinema quando este filme estiver em cartaz, se você é uma pessoa razoável e tá fim de assistir uma boa história adaptada pro cinema, boa sessão.

  • Anderson G.

    Este filme mesmo que previsível esta criando em mim um expectativa grande, coisa rara, espero que não gere desapontamento. vale lembrar que muitas adaptações são extremamente boas, não vamos nos apegar apenas nisso, elenco forte e investimentos notáveis, veremos o que sai.

  • virtuoso

    deve ser mto bom

  • Nayanne M.

    Concordo 100% com vc "All". Pessoas do tipo de Antonia Lizete que não tem 'peso e 'fundamento' sobre aquilo que esão falando, deveriam pesquisar bem o assunto antes de dispararem suas aresias. É a mesma coisa de alguém querer falar de política ou futebol e não entenderem nada do assunto abordado como 'principal'. Conselho: Antes de discutir de qualquer coisa ou pessoa, pesquise sobre o mesmo, e isso principalmente para um ateu. Se soubessem do que estão falando, a discussão ficaria até mais empolgante, mas com esses tipos de comentários que terminam em "Não existi, "Louco, "Fábulas", vemos totalmente a falta de informação sobre a mesma!! Mas claro isso é um site sobre filmes! Mas o comentário totalmente ignorante de Antonia Lizete, merecia sua resposta, já que ela estava disposta em responder quase todos.

  • Nayanne M.

    Muito bem Antonia! E vc? É normal por ser Ateia? Seus comentários são tão toscos que me dão náuseas!

  • Nayanne M.

    Não Antonia. Há uma grande diferença do que vc não 'crê', para o que 'não existi'. Em outro comentário vc cita que 'não existem provas nas besteiras que os fanáticos acreditam', mas seus comentários tbm são sem fundamentos. Não é pq eu não acredito em nenhuma das teorias da existência humana, que nenhuma delas não tenham sido reais!. Como disse: uma coisa é vc não crê e outra totalmente diferente é : não existir! E quando o BrunoSouza citou que esperava que esse filme deveria ser como está na bíblia, acredito q ele estava se referindo a fidelidade de um filme qualquer que está sendo baseado num livro qualquer, como por exemplo: "Jogos Vorazes", "A cupa é das Estrelas" e etc. Eu acredito que qualquer fã de um livro que vê um filme sendo baseado na história que ele curti, vai esperar que o mesmo seja pelo menos 75% fiel à história. Diferente de Noé que pecou bastante na questão de 'fidelidade ao livro'. Mas vc, claro, não poderia entender isso já que se quer acredita na história da Bíblia e não lhe resta apenas sair falando suas aresias em cada comentário que implora que o filme não seja um fiasco como Noé, sendo um pouco mais fiel á Bíblia!

  • Marcos H.

    galera por favor vamos deixar a questão religiosa de lado,quem crê,crê,quem n crê paciência(eu creio,mas n sou contra quem n crê isso vai de opinião),vamos focar no filme,e será um FILMAÇO,estou mto ansioso,n perco um filme do Bale,cm ctz melhor ator de sua geração

  • Walter D.

    A FÉ AGENTE TEM OU NÃO TEM. CASO ALGUEM ASSISTA E TENHA DÚVIDA NADA MELHOR DO QUE ESTUDAR, POIS, CONHECIMENTO NÃO OCUPA ESPAÇA. CONCORDO COM O FATO DE AS VEZES SAIR UM POUCO DA REALIDADE, MAS TAMBÉM SOMOS CRIDORES, E NOSSO PAI PERMITIU ISSO ATRAVES DO LIVRE ÁRBITRIO.

  • B.Boy Jc

    Bela resposta!

Melhores filmes em cartaz
Vingadores: Era de Ultron
  4,8

De Joss Whedon
Com Robert Downey Jr., Chris Evans
Ação
Trailer

Velozes & Furiosos 7
  4,8

De James Wan
Com Vin Diesel, Paul Walker
Ação
Trailer

A Série Divergente: Insurgente
  4,6

De Robert Schwentke
Com Shailene Woodley, Theo James
Ficção científica
Trailer

Todos os melhores filmes em cartaz
Trailers em Destaque
Noite Sem Fim Trailer Legendado
17.111 visualizações
Uma Longa Jornada Trailer Legendado
24.809 visualizações
Entre Abelhas Trailer Original
14.390 visualizações
Super Velozes, Mega Furiosos Trailer Legendado
26.653 visualizações
Cake - Uma Razão Para Viver Trailer Legendado
10.771 visualizações
O Franco-Atirador Trailer Legendado
1.849 visualizações
Todos os trailers
Todas as notícias de cinema
Veja como foi criada a falsa cena pós-créditos de Vingadores: Era de Ultron
Veja como foi criada a falsa cena pós-créditos de Vingadores: Era de Ultron
Tweet  
 
Conheça as máquinas radicais de Mad Max: Estrada da Fúria
Conheça as máquinas radicais de Mad Max: Estrada da Fúria
Tweet  
 
Vingadores: Era de Ultron é a nova paródia da Vila Sésamo
Vingadores: Era de Ultron é a nova paródia da Vila Sésamo
Tweet  
 
Três é Demais também vai ganhar filme!
Três é Demais também vai ganhar filme!
Tweet  
 
Batman Vs Superman - A Origem da Justiça ganha vídeo que mostra detalhes do Batmóvel
Batman Vs Superman - A Origem da Justiça ganha vídeo que mostra detalhes do Batmóvel
Tweet  
 
Velozes & Furiosos 7 é o quinto filme mais visto de todos os tempos
Velozes & Furiosos 7 é o quinto filme mais visto de todos os tempos
Tweet  
 
Todas as notícias de cinema