Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Nasce uma Estrela
     Nasce uma Estrela
    11 de outubro de 2018 / 2h 16min / Drama, Romance
    Direção: Bradley Cooper
    Elenco: Lady Gaga, Bradley Cooper, Sam Elliott
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Imprensa
    3,7 21 críticas
    Usuários
    4,5 1743 notas e 173 críticas
    Adorocinema
    4,0
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 16 anos
    Em Nasce Uma Estrela, Jackson Maine (Bradley Cooper) é um cantor no auge da fama. Um dia, após deixar uma apresentação, ele para em um bar para beber algo. É quando conhece Ally (Lady Gaga), uma insegura cantora que ganha a vida trabalhando em um restaurante. Jackson se encanta pela mulher e seu talento, decidindo acolhê-la debaixo de suas asas. Ao mesmo tempo em que Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool.
    Título original

    A Star Is Born

    Distribuidor WARNER BROS.
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2018
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 1 410 051 entradas
    Orçamento -
    Remake de Nasce uma Estrela
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    Nasce uma Estrela

    Amor em vermelho

    por Lucas Salgado
    A história de Nasce uma Estrela chega aos cinemas pela quarta vez. A primeira foi em 1937, na versão menos conhecida, estrelada por Janet Gaynor. Em 1954, foi a vez de Judy Garland na pela da protagonista da trama. Barbra Streisand e Kris Kristofferson formaram a dupla principal da versão de 1977. Agora, em 2018, é a vez de Lady Gaga e Bradley Cooper emocionarem o público com a bela, romântica e triste história de amor.A nova versão tem maiores semelhanças com a de 77. Nas duas primeiras, o casal principal era formado por dois atores. Na atual, assim como na de Barbra, tratam-se de cantores. Gaga vive Ally, uma jovem que sonha em ser cantora, mas que trabalha em um restaurante para pagar as contas. De temperamento forte, volta e meia, ela se apresenta em um clube noturno, sendo sempre incentivada pelo pai e pelo melhor amigo. Determinado dia, o clube recebe a visita do astro da música Ja...
    Ler a crítica
    Nasce Uma Estrela Trailer Legendado 2:25
    Nasce Uma Estrela Trailer Legendado
    302 099 visualizações
    Nasce Uma Estrela Teaser Original (1) 1:43
    Nasce Uma Estrela Teaser Original (2) 1:44
    Nasce Uma Estrela Teaser Original (3) 1:31
    Nasce Uma Estrela Teaser Original (4) 1:22

    Entrevista, making-of e cena

    Nasce uma Estrela Videoclipe "Look What I Found" 3:17
    Nasce uma Estrela Videoclipe "Look What I Found"
    9 024 visualizações
    6 vídeos
    Pela web

    Elenco

    Lady Gaga
    Personagem : Ally
    Bradley Cooper
    Personagem : Jackson Maine
    Sam Elliott
    Personagem : Bobby
    Andrew Dice Clay
    Personagem : Lorenzo
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Jonas Bittencourt Jr.
    Jonas Bittencourt Jr.

    Segui-los 611 seguidores Ler as 412 críticas deles

    3,0
    Enviada em 17 de fevereiro de 2020
    Superestimado, mas ainda sim, um belo filme. Como já era de se esperar, Lady Gaga domina o show, com sua atuação dramática surpreendentemente convincente e seu óbvio talento musical. Nós sentimos por sua personagem Ally, entendemos seus conflitos e nos importamos com seu destino, ela de longe é o que faz o filme vibrante e leve de se acompanhar, apesar de se tratar de um drama. Bradley Cooper(também diretor do filme) está bem como(quase) ...
    Leia Mais
    Anderson  G.
    Anderson G.

    Segui-los 354 seguidores Ler as 262 críticas deles

    4,0
    Enviada em 13 de outubro de 2018
    “nasce uma estrela ”, talvez o grande filme com cara de oscar desse ano, um filme que fala sobre a busca pelo sentimento da essência e verdade das coisas, com cenas fantásticas e um estilo de filmagem própria o primeiro longa dirigido por Bladley Cooper é uma grata surpresa. Primeiramente, falando em termos de roteiro, o filme não reinventa a roda de modo algum, até mesmo é um remake de um remake de um remake, mesmo o desenrolar sendo ...
    Leia Mais
    Yram M.
    Yram M.

    Segui-los 13 seguidores Ler as 20 críticas deles

    5,0
    Enviada em 14 de outubro de 2018
    Amei! Lady Gaga está incrível! que performance, que voz, que mulher! Cooper também superou minhas expectativas. Faz um personagem bem diferente dos papéis que costuma interpretar. Letras bonitas e profundas, diálogos marcantes e show de atuação! Excelente filme!
    Wildney C.
    Wildney C.

    Segui-los 11 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 3 de setembro de 2018
    Um filme realmente emocionante, onde a linha do tempo é contada atraves da música, não espere por uma linha do temoo coesa se você nao prestar atenção nas letras e na evolução da personagem Ally e decadencia do personagem interpretado por Bradley. É uma história bde amor clichê sim, porém com um toque moderno e uma trilha sonora que leva vc do apice a decadência e apice de novo e ao fim de tudo. Atuação de Gaga realmente convence ...
    Leia Mais
    173 Comentários do leitor

    Fotos

    18 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    A primeira vez a gente nunca esquece!

    Este é o primeiro longa-metragem dirigido por Bradley Cooper.

    Remake

    Quarta versão do filme homônimo de 1937, Nasce uma Estrela.

    Quem sabe faz ao vivo

    Foi Lady Gaga quem convenceu Bradley Cooper a não dublar as canções do filme durante as gravações. cantando ao vivo todas elas. A artista disse que odeia quando os atores de musicais não sincronizam a dublagem corretamente. Isso fez com que Cooper tivesse mais aulas de canto para aumentar sua extensão vocal.

    Últimas notícias

    HBO Max: Plataforma de streaming ganha trailer e data de lançamento
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quarta-feira, 22 de abril de 2020
    Grammy Awards 2020: Nasce uma Estrela sai premiado (de novo!)
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    segunda-feira, 27 de janeiro de 2020
    Boas notícias para Beyoncé e Chernobyl também!
    Oscar 2020: Você sabia que Bradley Cooper está indicado ao prêmio deste ano?
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 25 de janeiro de 2020
    Infelizmente, não é por sua marcante performance com a Lady Gaga no ano passado.
    146 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • vivi
      faço das sua palavras as minhas.
    • Bruno Z.
      Nota: 8/10.
    • J. Heleno Paiva
      Superestimado, mas ainda sim, um belo filme. Como já era de se esperar, Lady Gaga domina o show, com sua atuação dramática surpreendentemente convincente e seu óbvio talento musical. Nós sentimos por sua personagem Ally, entendemos seus conflitos e nos importamos com seu destino, ela de longe é o que faz o filme vibrante e leve de se acompanhar, apesar de se tratar de um drama. Bradley Cooper(também diretor do filme) está bem como(quase) sempre, ele consegue emergir bastante no personagem, embora ele não seja tão interessante ou carismático quanto sua co-estrela. E para um debut na direção desta estirpe, tendo Estúdio grande bancando e com um orçamento folgado, podia se supor que este não seria um trabalho difícil, mas a direção de Cooper até surpreende com algumas sequências super bem elaboradas, principalmente no momento que talvez vá ficar mais marcado do filme : Quando Jack puxa Ally para o palco e eles cantam o gigantesco hit ''Shallow'', que capitania uma excelente playlist. Falando em playlist, assistindo o filme múltiplas vezes, você até chega a pensar que eles devem tê-la de roteiro, pois o enredo do longa em si é um papel fino. Com uma trama clichê, previsível, e com uma carga dramática que, com exceção dos minutos finais, não desperta qualquer emoção genuína, A Star is Born é um remake apenas competente em seus aspectos laterais que consegue ser elevado pela ótima performance da pop star Lady Gaga e direção sensível de Bradley Cooper, que consegue captar com compaixão e nuance o romance destrutivo destas duas pobres almas. Se não fosse por estes superlativos, o filme teria sucumbido pelo seu pecado original: Ser, em seu âmago, uma novela mal escrita de fórmula cansada. Enfim, não é nenhuma maravilha em termos cinematográficos, mas é sim um bom filme sobre as virtudes e perversões do sucesso.
    • Ana C.
      Enquanto filme, A star is Born é uma excelente playlist. Uma das maiores decepções do ano sem dúvidas, roteiro previsível, trama ñ convincente, romance mal construído...As atuações até q são boas, creio q o grande culpado do fiasco seja de faro o roteiro!
    • Bernardo Delucca
      O filme começa interessante e numa pegada melhor que a versão de 1976, porém fizeram mudanças, acrescentaram detalhes, esticaram demais certas partes e encurtaram ou excluíram outras. Todas essas mexidas fizeram o filme ficar um pouco cansativo e perder em emoção. A trilha sonora é boa, mas nem se compara com a versão anterior. Os diálogos também ficaram num nível inferior, muitas palavras de baixo nível sem necessidade. Gostei da atuação da Lady Gaga, do Bradley Cooper e dos coadjuvantes também.Nota 6/10. Assistido em 24/11/2019.
    • Jameson M
      Que dose de amor, que química linda. Lady Gaga está incrível e que voz. Amei a trilha sonora. Pelo decorrer do filme, é possível imagina como ia terminar.
    • Priscila F.
      02/05/2019 - Show de interpretação, trilha sonora muito boa!!! Vale a pena assistir.
    • LUANA
      TÃO MACHO ASSIM E FOI OBRIGADO A ASSISTIR KKK
    • José Guilherme P.
      Já era fã do Bradley. Nunca curti muito a Lady Gaga, mas ela foi impecável neste filme e fizeram o casal perfeito, a sintonia entre o dois elevou o filme a outro patamar.Assistido em 05/03/2019Nota 9/10
    • Diana Marques
      Só sei que quando estava assistindo, comecei a chorar e ainda nem tinha começado a merda... depois continuei a chorar, e quanto mais o filme se aproximavA do final, mais lágrimas surgiam. Sei que acabei de assistir o filme a uns 15 min. e eu ainda to chorando sem saber o porque. Sou muito sensível? Quem sabe. Mas se o filme não fosse bom, eu não estaria tão emocionada.
    • Diana Marques
      Vc deve terminar, pq o final é muito triste...
    • Alex Sandro
      Eu penso o contrário, até porq fui eu que chamei minha esposa pra assistir e juntos nos emocionamos, é claro que filme de romance não é pra todo mundo, mas quem se propõe a ver filmes como este tem que no minimo gostar do tema romance, eu mesmo nao tenho o romance como genero preferido mas acho bom assistir de vez em quando até para unir o casal mais.
    • Rafael Westin
      Para quem gosta de romance e drama é uma boa pedida. Lady Gaga surpreende na atuação. É um bom filme, mas não crie grandes expectativas.
    • gildinei o
      Esse é o segundo melhor filme que já assisti.. o primeiro é todos os outros, tô brincando filme bacana.
    • Edson
      Quer assistir agora?, então acesse: >>> WWW.FILMESONLINEX.IO <<< é grátis e sem cadastro!
    • Hugo A.
      O filme é muito bom, atuações excelentes, boa história e a cereja do bolo sem sombra de dúvidas é a trilha sonora. Eu assisti o filme duas vezes e na segunda vez ele fica ainda melhor, pois é possível notar o quanto as letras das músicas se encaixam perfeitamente com o filme e dão ainda mais sentido a história de amor do casal vívidos por Lady Gaga e Bradley Cooper, que por sinal, estavam em um sincronismo fora do comum.
    • Thiago Soares Mota
      - 46º filme de 2.019 - Visto em 13/02...- Depois de Pantera Negra, Infiltrado na Klan e Bohemian Rapsody, assisti mais um dos indicados ao Oscar de Melhor Filme, Nasce Uma Estrela! E não é que o Bradley Cooper provou, definitivamente, que além de um bom ator, é também um bom cineasta? Aqui ele prova que deixou definitivamente a imagem de galã para trás, para se firmar de vez como um dos nomes mais importantes da indústria! Atuação justamente recompensada com uma indicação ao Oscar, o que ele merecia também na categoria de melhor direção! Depois de trabalhar algumas vezes com grandes diretores do calibre de Clint Eastwood e David O. Russell, aqui ele mostra maturidade também atrás das câmeras, num filme que vai do romance ao musical, do musical ao drama! Do clima leve do romance ao clima pesado de temas como baixa auto estima, depressão, vício em álcool e drogas, estrelato e queda, dependência, abnegação e suicídio, entre outros! Além dele, o veterano Sam Elliott também brilha nas poucas cenas em que aparece! A trilha sonora é uma das melhores da história do cinema, responsável por vários momentos emocionantes do filme, e Shallow deve ganhar fácil o Ocar de melhor canção original! Mas o grande destaque do filme é Lady Gaga! Não gosto do tipo de música que ela faz, mas aqui ela prova ser uma artista completa: atriz, cantora, compositora, dançarina, instrumentista, performer, pianista e por aí vai! Ela nunca esteve tão bonita quanto nesse filme e se sai bem em todos os momentos, da garota tímida e complexada, que vai do anonimato ao estrelato ao mostrar um talento fora do comum, a mulher que ama e se mostra disposta a abrir mão dela mesma pra cuidar da pessoa que ama e precisa muito desse cuidado! Mas, acho que não ganha o Oscar! Deve perder pra excepcional Glenn Close, que já merece um Oscar desde Ligações Perigosas (1.988) e acho que finalmente a Academia vai reparar essa injustiça! E se não fosse algumas cenas um pouco arrastadas no meio do filme, acho que ele teria mais chances no dia 24/02! Recomendo! Filme para ver e rever, que vai para a lista dos melhores do ano e dos melhores musicais da história...- Nota: 9,5/10 (excelente)...
    • Jackson Lovato
      Um filme que conta com uma bela trilha sonora, uma boa performance de Bradley Cooper (assim como na direção do longa) nos show ao vivo junto com Lady Gaga que teve uma ótima atuação. Só não me agradei muito com a quantidade de tempo mostrando Jackson Maine se drogando/bebendo, irritou tantas cenas iguais. Mesmo assim, foi muito bom!
    • Cleiton Magnun
      Não consigo imaginar como alguém não se deixe impactar pelos componentes dessa obra. O cotidiano à dois é algo mágico. Temos fraquezas que se manifestam de tal forma que determinam o futuro. Desfechos são a vida cobrando seu preço pela dádiva. Sorte de quem já amou, de verdade, com todo arrebatamento causado.
    • Reinan Ribeiro
      Tbem achei. Muito fracoBohemia rapsody é muito mais filme que esse ai
    Mostrar comentários
    Back to Top