Minha conta
    Bridgerton 2ª temporada: Quais são as maiores diferenças entre o livro e a série?
    3 de abr. de 2022 às 15:00
    Bárbara Castro
    Bárbara Castro
    -Redação
    Vendo jornalistas em HQs desde criança, Bárbara decidiu dar à profissão uma chance e ficou nela para valer. Hoje, não se envolveria com heróis para suas matérias, já que daria muito trabalho viver ameaçada por vilões. Por isso, é mais uma Andy de O Diabo Veste Prada (sem os perrengues da moda).

    Adaptação do segundo livro de Julia Quinn teve mudanças drásticas no roteiro da segunda temporada

    Muitas vezes as mudanças nas adaptações dos livros podem ser consideradas bem negativas, mas existem aquelas que até podem ser boas. A segunda temporada de Bridgerton se encaixa no meio. Apesar de terem mudanças drásticas, como menos cenas de sexo e a relação entre Kate Sharma (Simone Ashley) e Anthony Bridgerton (Jonathan Bailey), a série de Shonda Rhimes manteve o espírito dos personagens e acrescentaram histórias para os coadjuvantes, como Edwina (Charithra Chandran). 

    Como de costume, ao terminar essa esplêndida temporada de namoros da aristocracia inglesa, todo mundo quer saber as diferenças em relação a seu material original. O AdoroCinema já leu todos os livros para mostrar as diferenças entre ambos.

    Já vamos adiantar o fato de que a segunda temporada mudou praticamente todo o livro - e listar todos os momentos diferentes daria uma lista interminável. Por isso, escolhemos os mais drásticos tanto para a história do casal principal quanto para as personagens coadjuvantes. 

     

    Timeline

    No livro, Daphne (Phoebe Dynevor) ainda está grávida, mas na na série ela já deu à luz o seu primeiro filho. Além disso, os filhos do casal são três menina mais velhas s e dois meninos, e na série o casal já tem um filho de primeira!

    Edwina não gosta do Anthony

    No romance, Edwina tem grande dificuldade em gostar de Anthony, já que ele não é o tipo que ela gostaria de casar ou se apaixonar. Assim como na série, Anthony não gosta de ler livros! Mas isso foi um ponto de partida para a relação dos dois na temporada.

    Duque de Hastings

    Como um bom amigo, com certeza o Duque de Hastings apareceria na segunda temporada de Bridgerton, já que no livro "O Visconde que me Amava" o personagem de Regé-Jean Page surge constantemente, né? Bem, não. Como já foi anunciado pela dona Netflix, Page não voltou para a segunda temporada da série  

    Os Sheffields

    A personagem de Kate na série recebeu o sobrenome Sharma ao invés de Sheffield (assim como a irmã, Edwina), e praticamente toda sua história familiar foi mudada. Apesar de tudo, os Sheffields ainda aparecem na temporada como os pais de Mary (Shelley Conn), mãe das irmãs. Os ricos ainda fazem a proposta de uma herança para Kate e Mary, e também pagam o dote de Edwina se - e apenas se - ela casar com um nobre.   

    Os traumas de Anthony e Kate

    Na série, os roteiristas decidiram por “amenizar” os medos dos protagonistas da temporada. No livro, Kate é horrorizada com tempestades, já que seu pai faleceu no meio de uma, o que na série é só mencionado em um episódio. O mesmo vale para Anthony que, apesar de ter flashbacks da ferroada que seu pai leva, não tem exposto seu medo de perder alguém e morrer do mesmo jeito.  

    A ferroada que Kate leva

    Provavelmente uma das mudanças mais radicais que fizeram na série em comparação ao romance de Julia Quinn foi a cena em que Kate leva um ferroada de abelha e Anthony têm um ataque de pânico. Bem, para dar mais episódios para a Netflix, os roteiristas decidiram deixá-los sozinhos enquanto Kate pega a mão de Anthony e o leva para seu peito, mostrando que ela está bem e que não vai morrer. No livro, é justamente a ferroada que faz Kate e Anthony terem que se casar. Isto porque, no momento do ferrão, Anthony tenta sugar o veneno da abelha do peito de Kate, e é visto por Lady Featherington. Como costume da época, são obrigados a se casar.

    O relógio de Anthony

    A temporada ignora completamente a obsessão de Anthony com o tempo. O personagem na obra original é fissurado em chegar na hora, saber que horas são e verificar a herança que ele carrega. Isso ocorre em parte porque a série deixa de lado um grande aspecto de sua resposta traumática ao ver seu pai morrer – acreditando que ele morrerá no mesmo ponto de sua própria vida. No romance, ele constantemente verifica o relógio porque está vendo a areia passar pela ampulheta, acreditando saber o momento em que vai acabar.  

    Lady Whistledown é descoberta

    Assim você quebra o coração dos leitores, Netflix! Como mostrado no final da temporada, Eloise Bridgerton (Claudia Jessie) acaba descobrindo que sua melhor amiga, Penelope Featherington (Nicola Coughlan), é a brilhante fofoqueira Lady Whistledown (Julie Andrews). Isso, no entanto, é bem diferente nos livros. Quem deveria descobrir sobre a identidade de Penelope é Colin Bridgerton (Luke Newton), no quarto livro da série “Os Segredos de Colin Bridgerton”. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top