Minha conta
    9 personagens feitos em outras mídias que foram para os quadrinhos
    12 de ago. de 2022 às 23:38
    Giovanni Rodrigues
    Giovanni Rodrigues
    -Redação
    Já fui aspirante a x-men, caça-vampiros e paleontólogo. Contudo, me contentei em seguir como jornalista. É o misto perfeito entre saber de tudo um pouquinho e falar sobre sua obsessão por nichos que aparentemente ninguém liga (ligam sim).

    Com adaptações cada vez mais frequentes, nem todo super-herói da DC e Marvel surgiu nos quadrinhos

    Apesar do cancelamento de Batgirl pela Warner Bros. Discovery, filme que traria a heroína Barbara Gordon para as telas, e o crescente descontentamento dos profissionais de efeitos visuais com a alta demanda de produção exigida por grandes estúdios, adaptações de histórias em quadrinhos parecem estar longe de acabar.

    Nos próximos meses, teremos a estreia da continuação Pantera Negra: Wakanda Para Sempre e da série Mulher-Hulk: Defensora de Heróis. Como de costume, a Marvel anunciou uma nova fase cinematográfica na San Diego Comic Con deste ano, confirmando uma dezena de produções futuras, entre elas um longa para o Quarteto Fantástico e uma nova série do Demolidor.

    Na última semana, a atriz e cantora Lady Gaga confirmou por meio do Twitter sua participação no próximo filme do vilão Coringa, que será um musical. Ao que tudo indica, Gaga irá interpretar Arlequina, uma personagem popular mas que, por conta disso, poucos sabem de sua verdadeira origem fora dos quadrinhos.

    Em meio a tantas adaptações de heróis para animações, jogos, séries e filmes, os responsáveis por essas produções ocasionalmente têm liberdade criativa suficiente para desenvolver ideias originais que dão muito certo, sendo Arlequina um exemplo de sucesso. Conheça outros personagens queridos que não surgiram nos quadrinhos:

    Aqualad (Kaldur'ahm)

    DC Entertainment / Warner Bros. Animation

    Para a primeira temporada da série animada Justiça Jovem lançada em 2010, os criadores Brandon Vietti, Greg Weisman e Phil Bourassa desenvolveram para a equipe Kaldur’ahm, o Aqualad. O nome do novo personagem é uma referência a Cal Durham, um capanga do supervilão Black Manta, pai biológico do personagem. Apesar de ter sido criado para o desenho, Aqualad foi rapidamente transportado para as histórias em quadrinhos do Aquaman, com algumas alterações na sua história de origem. Além disso, na animação, foi revelado que Aqualad é bissexual, sendo um dos heróis LGBTQ+ mais proeminentes da DC.

    Arlequina

    DC Entertainment / Warner Bros. Animation

    Após dois filmes do Esquadrão Suicida e Aves de Rapina, Arlequina se tornou uma força da cultura pop. Presente em diversas mídias do Batman e DC, a personagem surgiu originalmente na série animada dos anos 1990, no episódio 22 intitulado Joker's Favor. A princípio, parceira e alívio cômico do vilão Coringa, Arlequina iria aparecer apenas em um único episódio, mas logo ganhou espaço suficiente para participar de outras produções animadas do universo DC e, eventualmente, ser introduzida nas histórias em quadrinhos do morcego.

    Batman Beyond

    DC Entertainment / Warner Bros. Animation

    Ao longo dos anos, Batman ganhou diversas adaptações em todo tipo de mídia disponível e, no final da década de 90 e início dos anos 2000, uma nova animação foi pensada para fazer parte do universo do icônico personagem, continuando o sucesso das séries anteriores. Para uma versão futurista de Gotham, Bruce Timm e Paul Dini criaram Terry McGinnis, o Batman do Futuro, um vigilante que assume o nome do herói depois que Bruce Wayne se aposenta. Eventualmente, Terry descobre que é filho de Bruce, resultado de um experimento com o DNA do Batman original.

    Firestar

    Marvel Productions

    No início dos anos 1980, a NBC exibiu uma versão animada do Homem-Aranha produzida pela Marvel, intitulada Homem-Aranha e seus Incríveis Amigos. O desenho consistia em mostrar Peter Parker em uma dinâmica com outros dois personagens. Originalmente, a ideia era que a dupla fosse formada pelo Homem de Gelo dos X-Men e o Tocha Humana do Quarteto Fantástico. No entanto, Johnny Storm nunca fez parte do desenho devido a um conflito de direitos autorais, o que levou os criadores a elaborarem uma nova personagem com poderes flamejantes. A mutante Flama, como ficou conhecida nos quadrinhos brasileiros, foi feita especialmente para o desenho, mas acabou integrando diversas equipes nas histórias oficiais, entre eles Novos Guerreiros, Vingadores e X-Men.

    Más y Menos

    Warner Bros. Animation

    Para quem acompanhava a animação dos Jovens Titãs exibida por anos pelo Cartoon Network e SBT no Brasil, os personagens Mais e Menos são facilmente reconhecidos. Com um design distinto, os irmãos gêmeos velocistas faziam parte dos Titãs da Costa Leste e apareciam esporadicamente para ajudar a equipe principal do desenho. A dupla simpática foi criada originalmente para a animação e, eventualmente, encontrou um lugar nos quadrinhos da DC Comics, estreando na revista dos Titãs em 2006.   

    Phil Coulson

    Marvel Studios

    No início do Universo Cinematográfico Marvel existia bastante espaço para inovação, ainda mais quando boa parte dos super-heróis icônicos que conhecemos ainda estavam sendo estabelecidos. No primeiro filme do Homem de Ferro conhecemos Phil Coulson, um agente secreto parceiro de Nick Fury e membro da agência de espionagem S.H.I.E.L.D. Coulson, interpretado pelo ator Clark Gregg, ganhou o público naquela época e a Marvel foi inteligente em usar a morte de um personagem querido para impulsionar a motivação dos Vingadores em seu primeiro filme de equipe. Após ser ressuscitado, Coulson liderou a série Agents Of S.H.I.E.L.D e entrou para o universo dos quadrinhos.  

    Red X

    Warner Bros. Television

    Outro personagem criado para o desenho dos Jovens Titãs, Red X era uma identidade falsa criada por Robin para se aproximar do vilão Slade e apareceu pela primeira vez no episódio “Máscaras”. Usando um traje de alta tecnologia e com habilidades físicas semelhantes às do próprio Robin, sua identidade era um mistério no desenho e, apesar de ser um vilão, costuma ajudar os Titãs. Sua verdadeira identidade veio à tona quando o personagem foi transportado para os quadrinhos, sendo o meta humano com poderes eletromagnéticos Brick Pettirosso.   

    Super Gêmeos

    Hanna-Barbera Productions / DC Comics / Warner Bros. Television

    Popular durante os anos 1970 e 1980, Super Amigos trazia aventuras com os principais heróis da DC Comics como Mulher-Maravilha, Aquaman, Superman e Batman, mas também criou uma série de personagens especiais para as telas que ganharam o coração das crianças que cresceram assistindo o desenho. Como uma tentativa de diversificar as etnias presentes no projeto, foram criados novos heróis como Samurai, El Dorado, Chefe Apache e Vulcão Negro. Mas, os Super Gêmeos são a criação mais bem sucedida e memorável da animação, aparecendo em outras produções para televisão e integrando o universo principal da DC nos quadrinhos.

    X-23

    Marvel Studios / Warner Bros. Television Distribution

    Laura Kinney ou X-23 é uma personagem dos X-Men de popularidade crescente que, nos últimos anos, chegou a assumir até o nome e o uniforme de Wolverine. Tudo começou quando em 2003, Craig Kyle criou a jovem heroína para episódios focados no passado de Logan na animação X-Men Evolution. Depois da aparição no desenho, a personagem foi transportada para a minissérie em quadrinho NYX, da Marvel, e desde então sua jornada no universo dos X-Men tem escalonado. Posteriormente foi revelado que Laura é filha de Wolverine e tem os mesmos poderes do pai, ganhando uma revista própria e participando do último filme solo do mutante lançado em 2017. Outro personagem de X-Men Evolution que foi criado para o desenho foi Spyke, o sobrinho de Tempestade, mas não foi usado pelos autores nos quadrinhos, ainda mais quando seus poderes são tão próximos aos da personagem Medula. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top