Minha conta
    Emmy 2022: 7 atrizes esnobadas que mereciam espaço na premiação
    13 de set. de 2022 às 20:57
    Giovanni Rodrigues
    Giovanni Rodrigues
    -Redação
    Já fui aspirante a x-men, caça-vampiros e paleontólogo. Contudo, me contentei em seguir como jornalista. É o misto perfeito entre saber de tudo um pouquinho e falar sobre sua obsessão por nichos que aparentemente ninguém liga (ligam sim).

    Apesar da forte presença de estreantes como Round 6, Severance e Abbott Elementary, antigas favoritas e grandes nomes não tiveram vez entre os indicados à 74ª cerimônia.

    Ao fim da corrida pelo Emmy 2022, premiação que foi ao ar nesta segunda-feira (12), é possível comemorar as grandes vitórias da edição e compreender as derrotas que, aparentemente, não fizeram sentido. A cerimônia deste ano começou surpreendente, celebrando nomes antigos da televisão e Hollywood que poucas vezes estiveram nos holofotes recebendo o devido reconhecimento, como as vencedoras Jennifer Coolidge e Sheryl Lee Ralph, dona do melhor discurso da noite. 

    Com exceção de Abbott Elementary, série premiada em atriz coadjuvante em comédia e melhor roteiro, a maioria dos vencedores foram fáceis de adivinhar. Mesmo com a forte concorrência nos prêmios principais, a academia preferiu, mais uma vez, a zona de conforto.

    Além de séries injustiçadas dentro (Severance, Yellowjackets e Barry) e fora da premiação, mais do que perder uma categoria, grandes nomes sequer estavam entre as considerações dos votantes. Relembre algumas atrizes que fizeram falta na premiação:

    Emmy 2022: Confira a lista completa de vencedores do Oscar da TV

    Anna Konkle e Maya Erskine (Pen15, Hulu)

    Hulu

    Pegando até o mais incrédulo dos fãs de surpresa, Pen15 foi um dos grandes destaques na categoria de melhor comédia do Emmy 2021. Anteriormente, a premiação reconheceu criadoras que atuam diversos papéis em suas produções, caso de Phoebe Waller-BridgeMichaela Coel e Lena Dunham. De forma semelhante, Anna KonkleMaya Erskine trabalharam com roteiro, produção executiva e, em alguns episódios, até na direção da comédia coming of age. Mais do que multitalentosas, ambas são atrizes excepcionais que foram capazes de encapsular a intensidade pré-adolescente de suas personagens por duas temporadas perfeitas.

    Mandy Moore (This is Us, NBC) 

    NBC

    De acordo com a Variety, cerca de 171 produções estavam em consideração para concorrerem na categoria de melhor série dramática no Emmy 2022. Apesar do alto volume, com base em anos anteriores, era quase uma certeza que This is Us marcaria presença na 74ª cerimônia, em especial por se tratar da última temporada do drama queridinho do público. Não foi bem isso que aconteceu. Mesmo em um ano comemorativo para a série e elenco, a atuação emocionante de Mandy Moore foi esnobada.

    Sadie Sink (Stranger Things, Netflix)

    Netflix

    A cada retorno, Stranger Things volta maior do que a vez anterior. Porém, desde a 2ª temporada, a série original Netflix não consegue emplacar o elenco jovem nas categorias de atuação. Com o protagonismo de Max Mayfield no quarto ano de Stranger Things, parecia que Sadie Sink seria capaz de ter os holofotes voltados para ela, assim como Millie Bobby Brown conseguiu poucos anos antes. De forma semelhante ao movimento que acontece no Oscar, parece que Stranger Things se tornou blockbuster demais para ser levada a sério pelos votantes.

    Sarah Goldberg (Barry, HBO)

    HBO

    Barry, uma das séries de comédia mais aclamadas dos últimos tempos, foi indicada a diversos prêmios para o Emmy 2022, tanto em categorias criativas quanto nas principais. Sally Reed, vivida brilhantemente por Sarah Goldberg, ganha destaque a cada nova temporada, mostrando um alcance gigantesco como atriz no turbilhão de emoções da personagem.

    A maior decepção talvez esteja no fato de que a maioria dos colegas homens do elenco conseguiram algum reconhecimento pela série, enquanto Goldberg continua sustentando a coroa de “rainha injustiçada” entre as esnobadas.

    Selena Gomez (Only Murders in the Building, Hulu)

    Hulu

    Um caso semelhante ao de Sarah Goldberg, Only Murders in the Building ganhou 17 indicações e, mesmo assim, não teve espaço para Selena Gomez na categoria de atriz em comédia. Em contrapartida, Steve Martin e Martin Short, que protagonizam a série ao lado de Selena, foram indicados, o que só torna a falta dela ainda mais esquisita. Diferente dos retorno dos dois veteranos, aparentemente, ainda existe um caminho a ser percorrido por Selena Gomez, que foi tratada com indiferença pela academia.

    Youn Yuh-jung (Pachinko, Apple TV+) 

    Apple TV+

    Um dos dramas mais elogiados do ano, Pachinko narra a história multigeracional de uma família coreana e, infelizmente, quase passou completamente despercebida pela premiação. Talvez devido ao impacto de Round 6, baixa audiência ou uma combinação de ambos, poucos votantes parecem ter se interessado o suficiente pela original da Apple TV+.

    Para quem acompanhou a série, a ausência de Pachinko é difícil de aceitar, ainda mais quando Youn Yuh-jung, ganhadora do Oscar de melhor atriz coadjuvante, serviu uma das atuações mais tocantes de 2022. 

    Barry
    Barry
    Data de lançamento 25 de março de 2018 | min
    Séries : Barry
    Com Bill Hader, Stephen Root, Sarah Goldberg
    Usuários
    3,7
    Assista agora em HBO Max

     

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top