Minha conta
    Stranger Things: História de Robin e Steve mudou por "pressão" dos atores
    Por Katiúscia Vianna — 6 de ago. de 2019 às 12:02

    Maya Hawke e Joe Keery lutaram para seus personagens fugirem do clichê!

    Stranger Things é conhecido por apresentar grandes 'bromances' da TV e um dos melhores arcos da terceira temporada é a amizade entre os queridinhos Robin (Maya Hawke) e Steve (Joe Keery). O que começa como dois colegas de trabalho que não se suportam logo se transforma numa bela parceria. Numa história clichê, isso se transformaria em romance, mas a surpresa surge com a revelação que a jovem é gay, culminando numa reação adorável dele e fortalecendo ainda mais o elo entre os dois. Mas você sabia que esse não era o plano original?

    Em entrevista para The Wall Street Journal, Maya Hawke contou que os criadores MattRoss Duffer queriam fazer Robin como o novo interesse amoroso de Steve. Mas tanto a atriz, como Joe Keery, não sentiram que esse seria o caminho certo, ao longo das gravações. "Quando eu volto para assistir, para mim, fica óbvio que eles são apenas amigos e que ela é gay. Os irmãos Duffer, eu e [o produtor] Shawn Levy tivemos várias conversas sobre isso, mas a decisão final só surgiu enquanto filmávamos o quarto ou quinto episódio. Foi uma conversa colaborativa e estou realmente feliz."

    Filha de Uma Thurman e Ethan Hawke, a garota ainda celebrou a resposta positiva do público e espera que tal decisão ajude a crescer o amor pela comunidade LGBTQ. Ao mesmo tempo, os fãs seguem questionando a sexualidade de Will (Noah Schnapp), uma possibilidade não descartada pelo jovem ator: "Cabe a audiência interpretar. Eu interpreto como ele não estando preparado para crescer e começar relacionamentos ainda."

    Leia a crítica do AdoroCinema para a terceira temporada.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top