Minha conta
    Game of Thrones: Sétima temporada deve começar mais tarde que o normal, afirmam David Benioff e D.B. Weiss
    Por Laysa Zanetti — 6 de jul. de 2016 às 14:10

    Produtores contaram em entrevista.

    Suas noites de domingo são sempre especiais durante pelo menos dez dias por ano, quando a temporada de Game of Thrones está no ar. Mas em 2017, além da quantidade de episódios reduzida, a nova temporada da série deve chegar um pouco mais tarde do que o habitual, segundo afirmaram os showrunners David Benioff e D.B. Weiss.

    Em entrevista para o podcast UFC Unfiltered com Jim Norton e Matt Serra, David e Dan comentaram que a penúltima temporada de sua premiada série não deve estrear na TV entre os meses que as anteriores estrearam normalmente. Isso porque o início das gravações também precisará ser atrasado, para que a equipe possa utilizar ambientes com clima frio para as locações do ano 7, uma vez que agora (depois de Ned Stark tanto avisar) o inverno chegou em Westeros e ares quentes não são os ideais.

    Durante a conversa, eles também citaram os eventos da Batalha dos Bastardos, elogiando o diretor Miguel Sapochnik, que conduziu os episódios 9 e 10 da recente temporada. Benioff e Weiss destacaram a cena em que Jon (Kit Harington) está sendo sufocado pelos corpos no campo como seu momento favorito em toda a sequência, e mais uma vez reafirmaram que a série terá apenas mais duas temporadas até chegar ao fim, cada uma delas com uma quantidade menor de episódios que os dez. regulares.

    Mas enquanto Game of Thrones caminha para o fim nas telas, os leitores de George R.R. Martin ainda esperam pela publicação dos dois últimos livros. David e Dan revelaram que, para eles, mais de 90% do conteúdo da temporada seis esteve além de "A Dança dos Dragões", último livro da saga já publicado por Martin. Eles também reafirmaram que já conhecem o fim da história, e que detêm informações essenciais para desenvolver os arcos dos personagens-chave. Vale lembrar que a história de Hodor foi um dos três segredos que Martin contou a Benioff e Weiss, e por isso também acontecerá nos livros. 

    Sem querer dizer nada que possa comprometer a história de As Crônicas de Gelo e Fogo os produtores evitaram responder uma pergunta sobre o que o autor teria achado da ressurreição de Jon Snow, alegando que caso o fizessem poderiam revelar spoilers de "Os Ventos do Inverno", livro que GRRM está escrevendo atualmente.

    Isso pode significar que a volta de Jon Snow será bastante diferente nos livros. Ou bastante parecida. Mesmo assim, os produtores revelaram que já houve desentendimento entre as duas partes, eles e Martin, a respeito do material adaptado e das alterações feitas. Porém, amenizaram explicando que o escritor entende que mudanças são necessárias para o formato televisivo.

    "Uma coisa que George sempre diz é que existem dois tipos de escritores. Há os jardineiros e os arquitetos. Arquitetos são aqueles que planejam tudo de antemão, eles criam plantas para as histórias que estão querendo contar. E os jardineiros são aqueles que plantam a semente e descobrem ao longo do caminho para onde a história vai. Ele é um jardineiro, ele não sabe necessariamente tudo o que vai acontecer antes de escrever. Isso é ótimo, é por isso que os livros dele são tão bons. Infelizmente, para nós como produtores de TV, nós precisamos ser os arquitetos, porque temos que escrever todos os episódios antes de gravar para que tenhamos uma temporada completa e saibamos para onde estamos indo. Poderíamos escrever o episódio final agora", explicou David Benioff. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top