Minha conta
    Musical Hamilton ganha versão cristã não autorizada e criador processa igreja
    Por Camila Savioli — 12 de ago. de 2022 às 17:26

    Hamilton versão cristã teve alterações não autorizadas no roteiro e declarações duvidosas em sermão de pastor.

    Uma igreja localizada no Texas, nos Estados Unidos, criou uma versão cristã do musical de sucesso Hamilton, que foi transmitida ao vivo e não agradou a todos, como o criador da peça original. Lin-Manuel Miranda  compartilhou uma breve declaração nesta quarta-feira (10) com relação à produção feita pela Door Christian Fellowship Ministries, na qual apresentaram alterações não autorizadas no roteiro e declarações feitas pelo pastor da igreja em um sermão pós-show. Segundo a NBC Out, o vídeo já foi removido.

    “Grato a todos vocês que entraram em contato com relação a essa produção ilegal e não autorizada. Agora, os advogados vão fazer o trabalho deles. E estou sempre grato ao Dramatists Guild, que tem a sua equipe de escritores sempre prontos, seja na primeira ou na quinquagésima peça”, disse Miranda em um tweet, respondendo sobre a declaração do Dramatists sobre o material protegido por direitos autorais usado pela igreja.

    A declaração da organização não apenas condenou a reprodução do musical premiado sem licença autorizada, mas também a decisão de fazê-lo com letras alteradas e com textos adicionados sem autorização. “Nós defendemos a violação descarada da Door McAllen Church para esclarecer o padrão problemático de algumas organizações teatrais que realizam trabalhos de autores sem licença e reescrevem o texto sem consentimento autoral. Nenhuma organização, profissional, amadora ou religiosa, está isenta dessas leis”, diz o comunicado.

    Divulgação/Disney+
    Com roteiro de Lin-Manuel Miranda, Hamilton é um musical que conta a história da América por vozes americanas. Disponível no Disney+.

    A igreja McAllen apresentou o musical duas vezes – nos dias 05 e 06 de agosto – sendo a primeira transmitida ao vivo que, logo em seguida, foi denunciada. De acordo com o The Dallas Morning News, foi orientado de que nenhuma foto ou vídeo fossem feitas e postadas nas mídias, o que fez o local interromper a produção.

    Alguns clipes da performance da versão cristã mostram os personagens fazendo referências à confissão e o arrependimento ao ‘Senhor e salvador’, enquanto o sermão realizado após a apresentação sugeria que ser gay é um pecado e algo com o qual o indivíduo pode “lutar” contra, como a dependência química, casamentos em crise e problemas financeiros. Infelizmente essas cenas foram compartilhadas por contas verificadas no Twitter.

    Em uma declaração ao jornal de Dallas, o pastor da igreja, Roman Gutierrez, disse que “todos são sempre bem-vindos” e que a igreja não é anti-LGBTQIA+. De acordo com o veículo, Gutierrez disse que a produção da igreja obteve permissão legal de membros da equipe de Hamilton.

    Em um comunicado fornecido ao Morning News e ao The Washington Post, Shane Marshall Brown, um dos representantes do musical, disse que o show “desconhecia essa encenação não autorizada de Hamilton” e que o musical “não concede licenças amadoras ou profissionais para nenhuma produção de palco e não concedeu uma à The Door Church”. A produção também emitiu uma carta de cessação e desistência pelo uso não autorizado da propriedade intelectual do musical no último fim de semana.

    Um dos musicais mais exaltados da atualidade, Hamilton já ganhou 11 Tony Awards e um Grammy. A peça conta a história de um dos fundadores dos Estados Unidos, Alexander Hamilton. Lin-Manuel Miranda disse que se inspirou para escrever o musical depois de ler a biografia escrita por Ron Chernow em 2004. As canções levam inspiração do hip hop, R&B, soul e pop.

    Com sucesso do musical, Miranda se tornou um nome de peso em Hollywood fazendo canções para as animações Moana - Um Mar de Aventuras (2017) e Encanto (2020), além de dirigir o musical Tick, Tick...Boom!, estrelado por Andrew Garfield. Em 2023, seu trabalho será prestigiado novamente na live-action A Pequena Sereia, em que escreveu novas canções ao lado de Alan Menken.

    Hamilton
    Hamilton
    Data de lançamento 3 de julho de 2020 | 2h 40min
    Criador(es): Thomas Kail
    Com Lin-Manuel Miranda, Jonathan Groff (II), Daveed Diggs, Renée Elise Goldsberry, Leslie Odom Jr.
    Usuários
    4,2
    Adorocinema
    5,0
    Assista agora em Disney +
    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Melissa McCarthy aprendeu a cantar para live-action de A Pequena Sereia: “Fiquei surpresa com o que consegui fazer”
    • Encanto 2 vai acontecer? Lin-Manuel Miranda explica como animação da Disney pode ganhar sequência
    • Hamilton: De onde você conhece o elenco do musical?
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top