Minha conta
    12 personagens LGBTQIAP+ da Marvel que queremos ver nas telas
    12 de jun. de 2022 às 16:03
    Diego Souza Carlos
    Apaixonado por cultura pop, latinidades e karê, Diego ama as surpresas de Jordan Peele, Guillermo del Toro e Anna Muylaert. Entusiasta do MCU, se aventura em estudar e falar sobre cinema, TV e games.

    Com a expansão do Universo Cinematográfico da Marvel, novos personagens podem colorir as aventuras do cinema e do streaming.

    Em constante expansão, o Universo Cinematográfico da Marvel continua a apresentar novos e encantadores personagens ao longo dos últimos anos. Parte de uma nova fase do estúdio, a diversidade tem sido tema importante para as narrativas que adentram a rede de histórias da Casa das Ideias no streaming e nos cinemas. Uma das pessoas que mais tem lutado pela inclusão de histórias e heróis diversos é Victoria Alonso, presidente de produção física, pós-produção, efeitos visuais e animação da empresa. “Eu acho que é importante ouvir constantemente o que os fãs estão dizendo”, disse a executiva que integra a comunidade LGBTQIAP+. “Há algo realmente mágico em ser vista”. “Você não precisa de uma capa, martelo ou escudo. Sua superpotência é a sua voz, e sua voz vai criar a mudança para si mesmo, para a sociedade e para aqueles que você ama”, disse. “Se você usar sua voz, você vai criar o tipo de energia que vai trazer a mudança para nós. E não usar a sua voz significa silêncio, e o silêncio é um veneno.” Para celebrar o Mês do Orgulho LGBTQIAP+, o AdoroCinema separou uma seleção com 12 personagens novos e antigos da editora que pertencem à sigla e nunca tiveram suas devidas encarnações no audiovisual.

    Estrela Polar 

    Estrela Polar é o primeiro super-herói abertamente gay da Marvel. Jean-Paul Beaubir é um campeão olímpico que faz parte da Tropa Alfa, grupo de mutantes criado pelo governo canadense originalmente para capturar o Wolverine. Apesar da editora ter oficializado a orientação sexual do velocista apenas em 1992, após a mudança no Código dos Quadrinhos, a sua característica já era cânone entre os escritores. Com a chegada dos X-Men no MCU, a participação do herói nas aventuras da equipe é inevitável.

    Shade

    Darnell foi apresentado nos quadrinhos do Homem de Gelo. Conhecido como Shade ou Véu Negro, o personagem gay é a primeira super-heroína drag queen da editora. Shade é mutante e tem o poder de manejar a matéria escura da dimensão negra. Seria uma adição e tanto ao MCU!

    Conhecidas por RuPaul's Drag Race, as queens The Vixen, Monét X Change, Shea Couleé e Dax ExclamationPoint foram as inspirações para a criação da personagem.

    Koi Boi

    Ken Shiga é um dos primeiros homens trans dos quadrinhos da Marvel. Conhecido como Koi Boi, ele tem a habilidade de se comunicar com peixes, além de ter superforça e ser capaz de viver embaixo d'água. O herói é um dos melhores amigos da Garota-Esquilo. Com forte veia para a comédia, ambos poderiam ganhar uma série própria no Disney+.

    Prodígio

    Membro dos Novos X-Men, Prodígio é um mutante com habilidades de mimetizar conhecimentos, capacidades mentais e habilidades de qualquer pessoa ao seu redor. Nos quadrinhos, ele namora Célere, filho da Feiticeira Escarlate. Assim como os demais citados, o Instituto Xavier precisa apresentar esse herói no MCU. Ainda mais que ele já fez parte de uma das formações dos Jovens Vingadores.

    Angela

    Criada por Neil Gaiman e Todd McFarlane, a deusa Angela é a irmã perdida de Thor. A deusa herda muito dos poderes asgardianos de força sobre-humana, resistência e algo próximo de invulnerabilidade. Abertamente lésbica, a personagem tem um intenso relacionamento com Sera. Com a chegada de Thor: Amor e Trovão, não custa sonhar com a aparição da personagem!

    Sera

    Sera é uma super-heroína que representa a comunidade trans na Marvel. Criada por Kieron Gillen, Marguerite Bennett e Phil Jimenez, ela veio de Parayzo, décimo reino de Asgard, onde residem os Anjos. Após ser salva por Angela de uma criatura nefasta, a irmã perdida de Thor a auxilia a ter uma aparência mais feminina, de acordo com a sua vontade e real idententidade. O relacionamento das duas evolui a ponto de se tornarem um casal. A segunda temporada de Loki poderia ganhar muitos pontos com a inserção da enigmática personagem. 

    Hulkling

    Talvez um dos heróis mais aguardados no MCU, Hulkling é filho da Princesa Anelle e do Capitão Marvel. Teddy tem ascendência Kree-Skrull e por isso detém poderes das duas raças alienígenas, como metamorfose, alta velocidade, fator de cura, voo, superforça, entre outros. Membro dos Jovens Vingadores, ele tem um relacionamento com Wiccano, um dos filhos da Feiticeira Escarlate. Atualmente, os heróis são casados nos quadrinhos.

    Somnus

    Somnus acaba de chegar na Casa das Ideias. Apresentado na série Vozes do Orgulho, ele é um mutante que tem poderes que lhe dão total controle e acesso aos sonhosdas pessoas. “Somnus, Carl Valentino, é inspirado não apenas pela minha própria história familiar como um homem queer, mas pelas minhas experiências com gerações passadas de pessoas LGBTQ+ de todo o país, pessoas que eu não teria conhecido sem os quadrinhos", descreve Steve Orlando, autor da HQ que introduz o herói.

    Karma

    Xi'an Coy Manh, mais conhecida como Karma, é uma das primeiras heroínas a assumir abertamente sua homossexualidade. Criada por Chris Claremont e Frank Miller, a heroína de origem vietnamita com poderes de entrar na mente e no corpo de outras pessoas também é uma das fundadoras dos Novos Mutantes. Pensando no potencial que o filme da extinta Fox não atingiu, uma série com uma nova formação dos Novos Mutantes poderia apresentar a personagem em toda a sua complexidade.

    Ramone Watts

    Tecnicamente, Ramone Watts é a única personagem sem poderes desta lista. No entanto, engana-se que há espaço para fraqueza em suas características. Filha de Zobae, uma Dora Milaje, ela detém uma armadura biotecnológica de vibranium, que funciona conforme suas vontades. A heroína poderia ser introduzida em Pantera Negra: Wakanda Para Sempre e logo assumir o posto que tem nas HQs de namorada de Ms. América, que acaba de ser apresentada em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura.

    Escapade

    Outra heroína que acaba de chegar aos quadrinhos da Marvel é Shela Sexton, a Escapade (Escapista, em tradução livre). A mutante pertence à comunidade trans e está descobrindo os limites de seus poderes, que no momento permitem que ela troque fisicamente de lugar com outra pessoa ou algum atributo físico. “Eu amo o universo Marvel desde sempre, e posso ou não cantar o tema do desenho do Homem-Aranha no chuveiro regularmente. Então eu fiquei empolgada de poder apresentar uma heroína completamente nova para estar em meio aos meus favoritos. Espero que Escapade e Morgan Red inspirem pessoas trans e não-binárias em todos os lugares a acreditarem que eles também podem lutar por justiça com o poder da criatividade e da família escolhida”, afirma a roteirista Charlie Jane Anders.

    Romeo

    Apesar do futuro incerto dos Inumanos no MCU, Romeo seria uma ótima adição aos filmes e séries da Marvel. Seu poder se distancia dos demais ao trabalhar com habilidades empáticas, no qual consegue sentir e manipular as emoções de outras pessoas. Nos quadrinhos, o herói tem um relacionamento com Bobby, o Homem de Gelo.

    Menções honrosas: Wiccano, Célere e Riri Williams

    Os irmãos Célere e Wicanno já apareceram no MCU, na série WandaVision e recentemente em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, como Tommy e Billy, respectivamente. No entanto, espera-se que a versão crescida dos jovens apareça em algum momento futuro. Assim como outros personagens citados aqui, eles podem ser adicionados à atração focada nos Jovens Vingadores. Enquanto Célere é bissexual nas HQs, com um relacionamento recente com Prodígio, Wiccano é casado com Hukling. Já Riri Williams ganhará uma série própria no Disney+. Introduzida nos quadrinhos em 2016, Coração de Ferro é uma estudante prodígio que cria uma armadura semelhante a do Homem de Ferro e, posteriormente, assume o legado do herói. Apesar da personagem não gostar de rótulos nos quadrinhos, os criadores confirmaram a bissexualidade da personagem após ela iniciar um relacionamento com Viv Visão.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top