Minha conta
    Após perder assinantes, Netflix vai ficar mais barata; entenda novo plano da plataforma de streaming
    20 de abr. de 2022 às 11:50
    Diego Souza Carlos
    Apaixonado por cultura pop, latinidades e karê, Diego ama as surpresas de Jordan Peele, Guillermo del Toro e Anna Muylaert. Entusiasta do MCU, se aventura em estudar e falar sobre cinema, TV e games.

    CEO do serviço de streaming se espelhou nas concorrentes para tomar a decisão.

    No Brasil há dez anos, a Netflix ainda é o maior streaming no país e no mundo. Conforme dados da JustWatch de 2021, a plataforma é o serviço de vídeo pago com maior número de assinantes nos Estados Unidos. Em solo nacional, a empresa também é líder na famosa “guerra dos streamings”.

    Apesar do constante crescimento e popularização, a trajetória da empresa também tem seus percalços. Após constatar uma queda no número de clientes, Reed Hastings, CEO da Netflix, revelou em uma conferência que a empresa deve examinar planos mais baratos "nos próximos um ou dois anos", com adição de publicidade durante a experiência dos consumidores. 

    4ª temporada de Stranger Things: Quem é o novo vilão da série? Criadores revelam identidade do monstro

    “Aqueles que seguem a Netflix sabem que sou contra a complexidade da publicidade e sou um grande fã da simplicidade da assinatura”, disse Hastings. “Por mais que eu seja fã disso, sou um grande fã da escolha do consumidor. E permitir que os consumidores que gostariam de ter um preço mais baixo e sejam tolerantes à publicidade consigam o que querem, faz muito sentido.”

    O executivo afirmou que a abertura deste novo modo de assinatura deve-se à aceitação da prática em serviços de streaming concorrentes. Essa mudança prevê uma transformação radical para a plataforma, que nunca aderiu ao uso de propagandas e comerciais na experiência do usuário. 

    Netflix anuncia remake de um dos filmes mais populares dos anos 2000 com criador da franquia

    “Está bem claro que está funcionando para o Hulu, a Disney está fazendo isso, a HBO fez isso. Não temos dúvidas de que funciona”, disse Hastings. “Em termos de potencial de lucro, definitivamente o mercado de anúncios online avançou e agora você não precisa incorporar todas as informações sobre as pessoas que costumava ter. Podemos ficar de fora disso e realmente estar focados em nossos membros, criando essa ótima experiência.”

    Por enquanto, ainda não há uma previsão exata da implementação desta opção de plano na Netflix. No entanto, após a fala do executivo, espera-se que a oferta não demore muito para chegar. 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top