Minha conta
    My French Film Festival: Mostra de cinema francês tem 30 filmes gratuitos online
    14 de jan. de 2022 às 20:00
    Lucas Leone
    Lucas Leone
    -Redator
    Lucas só continua nesta dimensão porque Hogwarts ainda não aceita alunos brasileiros. Ele até tentou ir para Westeros ou o Condado, mas perdeu a hora do Expresso do Oriente. Hoje, pode ser visto escrevendo no Central Perk mais próximo.

    A programação de 2022 inclui longas e curtas-metragens de diferentes gêneros – desde comédia e drama até animação e documentário.

    Começou nesta sexta-feira (14) a 12ª edição do MyFrenchFilmFestival, evento totalmente online e gratuito que reúne o melhor do cinema em língua francesa. O princípio é simples: 30 filmes, legendados em 10 idiomas, disponíveis por 30 dias e em mais de 70 plataformas ao redor do mundo. Entre longas e curtas-metragens, a seleção de 2022 gira em torno de temas como diversidade, juventude, amor, sensualidade e descoberta, percorrendo os mais variados gêneros – comédia, drama, animação e documentário.

    No Brasil, três serviços de streaming participam da mostra: MUBI (para assinantes), Belas Artes à la Carte e Filmicca (em ambos, basta fazer um cadastro para acessar os títulos sem qualquer taxa). Quer saber mais sobre o MyFrenchFilmFestival? Então veja a seguir alguns destaques deste ano – e não deixe de conferir a programação completa clicando aqui!

    Festival Varilux de Cinema Francês: Ator de Sex Education e filme sobre negacionismo marcam abertura do evento (Entrevista)
    O CÉU DE ALICE

    Estrelado por Alba Rohrwacher (Feliz Como Lázaro) e com fotografia da aclamada Hélène Louvart (As Praias de Agnès), O Céu de Alice segue a jovem personagem-título, que, nos anos 50, troca as montanhas da Suíça pelas ensolaradas e vibrantes praias de Beirute, capital do Líbano. Lá, ela se apaixona por Joseph (Wajdi Mouawad), um astrofísico peculiar que tem a intenção de enviar o primeiro libanês para o espaço. Dirigido por Chloé Mazlo, o filme foi selecionado para a Semana da Crítica no Festival de Cannes 2020.

    EMBARQUE

    Paris, uma noite de agosto. Um rapaz conhece uma garota. Eles têm a mesma idade, mas não pertencem ao mesmo mundo. Félix (Éric Nantchouang) trabalha, Alma (Asma Messaoudene) sai de férias no dia seguinte. Pouco importa: Félix resolve se juntar à Alma do outro lado da França – e de surpresa. Ele leva junto o seu amigo Chérif (Salif Cissé), porque em dupla fica mais divertido. E como eles não têm carro, fazem a viagem com Édouard (Édouard Sulpice). Obviamente, nada sai como planejado. Poderia ser de outra forma, quando você considera os seus sonhos a realidade? Com direção de Guillaume Brac, Embarque participou da sessão Panorama no Festival de Berlim 2020.

    TEDDY

    O longa de terror e comédia conta a história de Teddy (Anthony Bajon), jovem que mora em um lar adotivo e arranja um trabalho temporário em um centro de massagens. No verão, ele é arranhado por um animal na floresta: o lobo que os agricultores locais estão  caçando há meses. Poucas semanas depois, o jovem começa a ser dominado por impulsos animais. Dirigido pelos irmãos gêmeos Ludovic e Zoran Boukherma, Teddy integrou a seleção oficial do Festival de Cannes 2020.

    Teddy
    Teddy
    1h 28min
    Criador(es): Ludovic Boukherma, Zoran Boukherma
    Com Anthony Bajon, Christine Gautier, Ludovic Torrent, Noémie Lvovsky
    CALAMIDADE

    Calamidade é uma animação ambientada nos EUA de 1863. Em um comboio rumo ao oeste, o pai de Martha Jane é ferido, de modo que ela precisa dirigir a carroça da família e cuidar dos cavalos. A experiência é dura, porém Martha Jane nunca se sentiu tão livre. E como é mais conveniente para andar a cavalo, ela não hesita em colocar calças. Isso é audácia demais para Abraão, o líder do comboio. Acusada de roubo, Martha é obrigada a fugir. Vestida de homem, em busca de provas de sua inocência, ela descobre um mundo em construção onde sua personalidade única vai se afirmar. Com direção de Rémi Chayé, o curta ganhou o prêmio Cristal no Festival de Annecy 2020.

    5 filmes franceses que devem ser vistos pelo menos uma vez na vida
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top