Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Demi Lovato contracenou com ator mesmo depois de denunciá-lo por abuso sexual
    Por Caio Garritano — 1 de abr. de 2021 às 13:19

    A ex-estrela da Disney atribui seus distúrbios alimentares e outros problemas de saúde mental aos abusos que sofreu na adolescência.

    Demi Lovato lançou recentemente o documentário Dancing With the Devil, que traz detalhes sobre a vida e a carreira da ex-estrela da Disney, além de fazer revelações chocantes sobre o seu passado. Logo nos primeiros episódios, que estão sendo exibidos semanalmente no YouTube, ela falou um pouco sobre a sua experiência de quase morte, quando sofreu uma overdose em 2018, e ainda que foi abusada sexualmente duas vezes, uma pelo seu traficante e a outra por um ator com quem atuou na adolescência. Agora, durante uma entrevista, Demi afirmou que chegou a contracenar com ele mais uma vez depois do ocorrido, mesmo depois de denunciá-lo a uma pessoa influente da indústria cinematográfica.

    Demi Lovato revela que gravou documentário nunca lançado antes de sofrer overdose

    No documentário, ela relembra de sua experiência ainda adolescente, de quando perdeu a virgindade com esse ator. Na época, eles trabalhavam juntos em um filme e que não se sentia pronta para uma relação sexual naquele momento. "Nós estávamos 'nos pegando', mas eu disse: 'Isso não pode ir além, eu sou virgem e não quero perder desta forma'. Ele não se importou, me forçou mesmo assim. Eu internalizei a experiência e achei que tinha sido minha culpa, por ter começado a ficar com ele", contou.

    Durante uma entrevista para o jornal britânico The Times, Demi diz que atribui seus distúrbios alimentares e outros problemas de saúde mental ao abuso. Assim que o caso ocorreu, a ex-atriz revelou que foi até uma mulher, considerada bastante influente na indústria, e contou tudo o que tinha acontecido. “Ela disse, ‘não acho que ele deva estar no seu filme’. Mas isso tudo acabou jogado debaixo do tapete. Nada foi feito. A pessoa acabou ficando no filme”, afirmou a cantora. 

    Britney Spears e outras estrelas da Disney que se envolveram em polêmicas

    Demi disse também que chegou a contar para sua mãe e outras amigos mais próximos porque precisava expor o que estava sentindo naquele momento tão complicado de sua vida. “Enquanto passava pelo meu tratamento contra os meus distúrbios alimentares, em 2010, concluí que a razão do progresso acelerado da minha doença era consequência de ter mantido o estupro em segredo”, contou a ex-atriz. “Quando isso ocorreu senti muita vergonha. Ficava martelando na minha cabeça: ‘você não é casada, você não é casada, você não é casada, você é ruim’. Passei três anos pensando ‘sou ruim, sou errada, sou suja’. É por isso que acabei internada”, relembrou. 

    Ela não revelou a identidade do ator, nem a da pessoa para quem confidenciou tudo pelo que tinha passado. Por fim, a cantora ainda contou que chegou a confrontar tanto o ator, quanto o traficante algum tempo depois de ter sido abusada por eles: “Não resolveu nada. Só me fez me sentir pior”, finalizou. 

     
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top