Minha conta
    5 momentos da franquia Pets - A Vida Secreta dos Bichos que todo animal de estimação já viveu
    Por Redação — 23 de fev. de 2020 às 08:08

    Por quais desses momentos você já fez o seu pet passar?

    Universal Pictures

    Pets - A Vida Secreta dos Bichos chegou aos cinemas em 2016 com uma proposta diferente. Afinal, quem nunca imaginou o que seus animados animais de estimação fazem em casa quando estão sozinhos? Não é à toa que a história de Max (Louis C. K.) e seus amigos conquistou muitos corações e ganhou uma sequência três anos após o lançamento do primeiro filme. 

    Aproveitando que Pets - A Vida Secreta dos Bichos 2 estreou no streaming do Telecine nesse mês, o AdoroCinema decidiu elaborar uma lista com os 5 principais momentos vividos por essa turma de animais de estimação pelos quais todo pet já passou uma vez na vida. E aí, por quais dessas situações você já fez o seu companheiro ou companheira passar? 

    Me dá um pouquinho? 

    Como pudemos ver em Pets - A Vida Secreta dos Bichos, a Chloe (Lake Bell) opta por fazer visitas à geladeira de sua humana quando fica sozinha em casa. Mesmo depois de sua dona encher o seu pote com uma ração super saudável, ela decide seguir com um almoço mais saboroso: o frango assado que se encontra na geladeira.

    Esse é um momento clássico pelo qual todo animal de estimação e seu dono ou dona vão passar. Não importa o que esteja em seu prato ou geladeira: o seu pet quer para si. E eles apelam para atitudes nada justas, como fazer os clássicos olhos pidões do Gato de Botas (Antonio Banderas) em Shrek 2, por exemplo. Assim a gente não aguenta… E eles sabem!

    Ninguém toca no meu humano! 

    Muitos são os cães que sentem ciúmes dos seus humanos e latem sem parar. Com Max e Duke, não poderia ser diferente. Ainda mais quando falamos do pequeno Liam, filho da dona da dupla de doguinhos. Duke (Eric Stonestreet) demonstra seu senso de proteção com a criança, mas não tanto quanto Max. 

    Em razão de tanta preocupação com a segurança do neném, Max desenvolve ansiedade e passa a não conseguir viver bem, sabendo que um mundo de ameaças se apresenta todo dia disposto a machucar o pequeno. 

    Vamos passear? Só que não… 

    Um item que não pode ficar de fora dessa super lista é a temida ida ao veterinário. Todos entendemos o porquê de a maior parte dos animais de estimação ter um leve medo dessa visita. Mas também concordamos que é pelo bem deles que, de tempos em tempos, é necessário chamá-los para um passeio ao ar livre, bem do jeito que eles gostam… Para mudar um pouco o caminho e garantir que a saúde dos nossos melhores amigos esteja em dia. 

    O Max, por ter uma humana muito amorosa e cuidadosa, não tinha como escapar de viver esse momento. E demorou, viu? Só no segundo filme da franquia o “doguinho” precisou ser enganado para entender melhor toda a ansiedade que ele vinha sentindo há algum tempo. Relaxa, Max, vai ficar tudo bem!

    Não vou chegar perto daquele bicho! 

    Não é todo pet que é medroso e se assusta com cada sombra que se coloca na sua frente, mas vários fogem de medo de outros animais. O Max aprendeu na marra que, no caso dele, esse animal é o peru que mora na fazenda em que ele passou um tempinho com a sua dona e o Duke. Só de ver essa imagem, já dá pra afirmar que o bichinho sofreu, coitado... 

    Isso sem falar no Rooster, o cão dublado por Harrison Ford, que ensinou umas boas lições para ajudar o Max a viver melhor. Por fim, o Max encontrou um amigo nesse doguinho carrancudo que vive na fazenda. Quer final feliz mais fofo que esse pra essa dupla? 

    Eu vou na janela! 

    Fala sério, que humano nunca esteve dentro de um carro em movimento e se deparou com um doguinho curtindo um vento no rosto enquanto passeava de carro? Esse é um dos momentos mais bonitinhos que se pode viver em meio ao trânsito e um dos mais divertidos para muitos cães. Mas não esquece de garantir que ele esteja protegido antes de deixá-lo se jogar na diversão, hein? 

    Max e Duke são 100% adeptos dos passeios de carro com o rosto para fora da janela! No segundo filme da franquia, eles conseguem até encontrar um amigo em meio ao trânsito da cidade. É como diz o ditado em Na Natureza Selvagem, "a felicidade só é real quando é compartilhada". E parece que toda a trupe de animais da franquia leva essa frase bem a sério! 

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top