Minha conta
    CCXP 2019: "Esse é o Snyder Cut", diz Ryan Reynolds sobre Esquadrão 6
    Por Laysa Zanetti — 8 de dez. de 2019 às 14:50

    Painel errado? Eita...

    Ryan Reynolds, Corey HawkinsAdria Arjona, Manuel Garcia Rulfo e Mélanie Laurent se reuniram na CCXP neste domingo para falarem do novo filme da Netflix, Esquadrão 6. O grupo falou sobre a insanidade de rodar um filme dirigido por Michael Bay em seis países, sobre o que os fãs podem esperar e até mesmo sobre o infame Snyder Cut.

    "É um retorno à forma para o Michael Bay. É insano, é um espetáculo movido por ação. Estou muito empolgado, foi uma jornada maluca em seis paises, estamos super animados", contou Ryan Reynolds.

    Na trama, seis bilionários de várias partes do mundo forjam suas mortes para montar um esquadrão de elite especializado em detonar criminosos e apagar seus passados para mudar o futuro. Tanto que, no trailer, Reynolds revela que "a melhor coisa de estar morto é a liberdade de de lutar contra a injustiça e o mal que rondam o mundo, sem nada ou ninguém para segurá-lo ou dizer 'não'".

    Sem papas na língua, o eterno Deadpool aproveitou o painel lotado para fazer as suas sempre presentes brincadeiras. E, nessa, é claro que sobrou até para Zack Snyder.

    "Eu interpreto um personagem que criou uma variedade de invenções bilionárias. Em certo momento, ele presencia algo terrível e decide usar seu dinheiro para fazer o bem. Ele recruta um time para tentar derrubar um ditador. O que eu estou tentando dizer é que esse é o Snyder Cut."

    Manuel Garcia Rulfo, que interpreta o Número Três (não, isso não é The Umbrella Academy, mas cada personagem tem um número). "Tivemos sorte de reunir este time. A forma como Michael Bay filma é caótica, no melhor sentido, e isso fez com que ficássemos mais unidos."

    Já a atriz Mélanie Laurent não mediu elogios para o protagonista: "Ele nos protegia. Obviamente ele é super divertido e incrível, mas o que vocês não sabem é que, como parceiro, ele estava lá para nos proteger e dizer as coisas quando não podíamos. E você raramente vê isso com um astro de Hollywood. Ele é tudo isso."

    Um dos momentos mais engraçados do painel foi quando Reynolds, obviamente, jogou aquele shade em Lanterna Verde. Quando a apresentadora Aline Diniz perguntou ao ator Manuel Garcia Rulfo se ele usaria o poder de apagar o passado na vida real, como o seu personagem no filme, ele prontamente respondeu que não. Reynolds, no entanto, interviu na conversa com uma pergunta própria:

    "Dá para apagar um filme?", questionou, arrancando risos da platéia, que imediatamente captou a referência. "Não? Um dia... um dia..."

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top