Minha conta
    Mitos do Pop: Será que o menino de O Sexto Sentido sabia de tudo?
    Por Pablo Miyazawa — 21 de out. de 2019 às 13:50

    Existe um segundo grande mistério neste clássico de 20 anos que até hoje divide as opiniões dos fãs.

    Esta semana marca o aniversário de 20 anos de O Sexto Sentido no Brasil. Lançado em 22 de outubro de 1999 por aqui, pouco mais de dois meses após a estreia nos Estados Unidos, o longa dirigido por M. Night Shyamalan ainda hoje é louvado como um marco para o gênero Suspense -- e também, como aquele que possui um dos finais mais surpreendentes de todos os tempos.

    Trata-se de um filme essencial para todo mundo que "adoracinema", e caso você não tenha o assistido ainda, faça isso agora e depois retorne para este texto. P
    orque neste novo episódio do Mitos do Pop vamos explorar o mistério mais duradouro e inexplicável deste clássico -- é claro, com muitos spoilers

    Indo direto ao ponto, O Sexto Sentido é conhecido por ter uma grande revelação em seu desfecho: o personagem principal, o psicólogo Malcolm Crowe (Bruce Willis), não está vivo durante a maior parte do filme. Ele está morto sem saber, enquanto o paciente dele, o garoto Cole (Haley Joel Osment), tenta lidar com a habilidade de ver pessoas mortas andando por aí como se fossem pessoas normais. 

    Mas tem um detalhe que não fica muito claro ao longo da história: será que Cole sabia que o Dr. Malcolm é um fantasma? Há quem tenha certeza de que sim, ele sabe disso desde o primeiro encontro entre os dois. Mas também há muitos fãs que têm certeza de que Cole, assim como o público, nunca percebeu que Malcolm está morto. Como é possível um filme causar esse tipo de dúvida após duas décadas? E afinal de contas, Cole sabe ou não da verdade sobre Malcolm? São essas as perguntas que respondemos no episódio 28 do programa Mitos do Pop. Assista acima.

    Apresentado pelo jornalista Pablo Miyazawa, o Mitos do Pop semanalmente desvenda os maiores mistérios do mundo do cinema e da televisão, passando também pelas histórias em quadrinhos, literatura, games, música e internet. Com conteúdo inédito, o programa é inspirado nas histórias contadas no livro 52 Mitos Pop - Mentiras e Verdades nos Boatos do Mundo do Entretenimento, lançado pelo próprio Pablo em 2017.

    Veja o episódio 28 e clique aqui para conferir mais vídeos do canal do AdoroCinema no YouTube.
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Leo Loureiro
      O próprio produtor disse que ele sabia.
    • Radazz Kiol
      Cole não sabia, primeiro de tudo ela percebi que as pessoas estavam mortas pelas cicatrizes de mortes delas (manifestação dos danos que causaram a morte dessas pessoas, mesmo que argumentos digam que uma pessoa normal tomaria susto ou que isso é algo incomum um medico legista se acostuma e alguém que vê mortos teria o mesmo processo) e pessoas normais mortas passavam desapercebidas, isso fica claro também no filme sempre que ele vê pessoas mortas com as cicatrizes e é acometido de um susto, a segunda prova mais importante é ao falar com o psicólogo Malcolm Crowe ele fala EU VEJO GENTE MORTA se ele soubesse que o Psicólogo estivesse morto ele nunca falaria isso (esconder que o psicólogo estava morto não tem logica dentro da cabeça de uma criança que esta assustada por ver mortos), mas se você acha que o garoto sabia, direito total seu, mas por que o garoto não fez o mesmo com outras pessoas mortas durante o resto do filme rapaz?!...A lógica que eu sempre tive do filme é que o Malcolm estava morto por que ele e a esposa não interagiam e o garoto não sabia da morte dele, mas posteriormente em algum momento da trama o garoto se dá conta e resolve ajudar uma prova disso é que ao fim do filme ele aceita melhor a ideia de ver os mortos como a ciclista do acidente no fim do filme....Contudo o filme pode ter sido feito com a ideia proposital de deixar em aberto eu vejo como furo uma criança se assustar com mortos, mas ter discernimento de ocultar a morte de alguém que ainda não sabe que morreu visto que outros mortos não sabiam e ele não ajudou, mas...
    • Radazz Kiol
      Fato!!!!
    • Israel Nunes Cruz
      Na cena em que a mulher que Malcolm Crowe gostava eu já tinha adivinhado que ele estaria morto e por isso ela não prestou atenção no que ele estava falando. Ela podia até odiá-lo, mas se ela conseguisse escutá-lo, com certeza teria mandado ele calar a boca ou até ver se ela estava na esquina.
    Mostrar comentários
    Back to Top