Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    D23 2019: Mulan questiona os hábitos e brilha no treinamento em novas cenas (Descrição)
    Por Laysa Zanetti e Pablo Miyazawa — 24 de ago. de 2019 às 18:45

    Material inédito foi exibido neste sábado na convenção bienal da Disney.

    Em meio às polêmicas de boicote a Mulan após os protestos em Hong Kong, a protagonista do live-action, Liu Yi Fei, não compareceu ao painel do Walt Disney Studios na D23, neste sábado (24). Em vez disso, a diretora Nikki Caro foi a única que subiu ao palco para falar sobre o filme.

    Mulan: Manifestantes ameaçam boicote ao filme após protagonista declarar apoio para polícia em Hong Kong

    Ainda assim, a diretora contou que sentiu-se atraída pelo filme em virtude da própria história da Mulan, explicando que documentar a sua jornada de uma garota simples de um vilarejo a soldado e heroína de guerra era o que representava a todos. "A história é tão relevante e inspiradora hoje como era há 1500 anos", afirmou.

    As novidades no painel ficaram por conta da exibição de duas cenas exclusivas e inéditas aos presentes. O AdoroCinema conferiu o material e conta todos os detalhes!

    Na primeira cena, Mulan aparece sendo preparada, vestida e pintada para um evento. Em seguida, ela é conduzida para o tal evento, e comenta com pessoa ao lado dela, bem-humorada: "Eu não sei se esta é minha cara feliz ou triste, estou confusa".

    O evento em si é uma reunião com uma anciã, que fala sobre as qualidades que uma boa esposa deve ter. Entre outras coisas, a anciã diz: "A mulher precisa ser invisível". Mulan percebe que uma aranha desce e pousa em cima da mesa, e tenta escondê-la com o bule de chá. A anciã dá uma bronca e diz que o bule deve permanecer no lugar onde estava.

    A aranha acaba pulando em uma das mulheres e causa uma enorme confusão. As xícaras e o bule voam, e Mulan se esforça e faz acrobacias para conseguir pegar tudo. Ela consegue, só que acaba derrubando.

    Na cena seguinte, vemos a protagonista deixando a reunião cabisbaixa, enquanto escuta a anciã exclamar que "a família de Mulan falhou em criar uma boa filha".

    De repente, um soldado surge no meio da praça e alerta que eles estão em guerra e que vai precisar convocar os homens de cada família para juntarem-se ao exército no campo de batalha. O pai de Mulan acaba sendo levado pelo soldado, diante do olhar desolado da filha.

    A partir daí, vemos uma longa sequência com lindas cenas de espada, o treinamento solitário de Mulan e até trechos em que ela enfrenta sozinha um exército inteiro. As tomadas são plasticamente perfeitas e remetem a O Tigre e o Dragão.

    Mulan chega aos cinemas brasileiros em 26 de março de 2020.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Jonas S
      Literalmente O ÚNICO desses remakes da Disney que estou interessado em ver, pelo visto eles vão acrescentar mais à história sendo mais fiel ao conto chinês original.
    Mostrar comentários
    Back to Top