Minha conta
    Red Sonja: Diretora compara filme a Deadpool e Batman - O Cavaleiro das Trevas
    Por Laysa Zanetti — 29 de jul. de 2019 às 10:50

    Jill Soloway ainda explica como o trabalho se conecta com sua jornada em Transparent.

    Saiu Bryan Singer, entrou Jill Soloway, criadora de Transparent. Em entrevista concedida ao Deadline (via EW), a cineasta falou sobre os seus planos para a refilmagem de Red Sonja: "Eu posso me divertir muito com Red Sonja. Eu a vejo mais ou menos como a primeira super-heroína no estilo 'bad girl'. Algo como o Batman de O Cavaleiro das Trevas ou Deadpool, sabe?"

    Em desenvolvimento há anos, Red Sonja teve a produção suspensa em fevereiro deste ano, quando ressurgiram as acusações de assédio contra Singer. Desde então, o diretor foi afastado do projeto e Soloway foi escalada para assumir o comando da aventura — que ainda não tem elenco ou previsão de lançamento.

    "O mundo está mudando demais agora para super-heróis, e eu estou ansiosa não apenas para ir até o limite de qualquer coisa que eu já escrevi ou dirigi, mas também ir até o limite deste gênero", comentou, pontuando uma certa similaridade entre o longa e a série que a colocou de volta nos holofotes.

    "Se você olhar para Transparent, é uma história sobre muitas mulheres tornando-se completas. É sobre Sarah tornando-se completa. É sobre Maura tornando-se completa. Todo o meu trabalho é sobre humanos procurando algum tipo de feminilidade divina, fazendo perguntas sobre Deus e significado", explicou. "Então, para mim, transferir isso para o mundo de Red Sonja foi incrivelmente natural, porque Red Sonja é um tipo de heroína diferente. Ela não é muito comum."

    Derivada de Conan, o Bárbaro, Red Sonja é uma guerreira pacífica cuja vida é afetada quando uma tropa de mercenários invade o local em que ela vive, destruindo sua família e cometendo estupros. Sonja escapa da morte ao fazer um acordo com uma deusa: ela poderá vencer o sofrimento e assumir uma vida de guerreira, desde que não permita que um homem toque o seu corpo a não ser que ele a vença em uma batalha. A personagem já chegou aos cinemas no filme Guerreiros de Fogo (1985), com Brigitte Nielsen e Arnold Schwarzenegger.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top