Minha conta
    Disney confirma próximas datas de lançamento do Universo Cinematográfico Marvel
    Por Laysa Zanetti — 7 de mai. de 2019 às 15:58

    É melhor já ir planejando os próximos anos.

    É bom já ir planejando o que você pretende fazer pelos próximos anos. A Disney anunciou três datas para novos filmes de Star Wars, adiou os lançamentos das sequências de Avatar, engavetou outros filmes da Fox e confirmou o que vem por aí no Universo Cinematográfico Marvel.

    Para a Casa das Ideias, serão oito novos filmes entre 2020 e 2022. Ainda não se sabe quais serão estes títulos, mas é bom já ficar de olho nas datas. São elas:

    2020: 1º de maio e 6 de novembro.

    2021: 12 de fevereiro, 7 de maio e 5 de novembro.

    2022: 18 de fevereiro, 6 de maio e 29 de julho.

    Ainda sobre propriedades da Marvel, mas especificamente em relação aos X-Men, a Disney adiou Os Novos Mutantes para 3 de abril de 2020 e tirou Gambit do calendário. Também foram riscados dos próximos lançamentos três projetos sem título da Fox/Marvel, que estavam marcados para 26 de junho de 2020, 2 de outubro de 2020 e 5 de março de 2021.

    Já a respeito do Universo Cinematográfico Marvel previamente estabelecido, já foram confirmados Doutor Estranho 2, Pantera Negra 2, Guardiões da Galáxia Vol. 3, Os EternosShang-Chi e Homem-Aranha 3. Nenhum deles tem data atrelada.

    Enquanto isso, embora a sequência de Capitã Marvel não tenha sido anunciada, trata-se apenas de uma questão de tempo. Já o filme solo da Viúva Negra também não foi oficializado por Kevin Feige, mas o próprio David Harbour, que estará no elenco, já contou que as filmagens começam em breve.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    • Disney adia novamente a estreia de Os Novos Mutantes e retira lançamento de Gambit do calendário
    • Disney reserva novas datas para filmes de Star Wars
    • Avatar: Sequências são adiadas mais uma vez
    Pela web
    Comentários
    • Jonas S
      Era melhor eles darem um tempo depois de Ultimato, para o peso do filme ser mais sentido no público. Mas, claro, já que fez mais de 2bi já, o que eles querem é botar outros filmes pra surfar na onda. Empresa é empresa, tem que pensar com o bolso primeiro... Perfeitamente compreensível dado aos tempos imediatistas que vivemos hoje, onde tudo é pouco memorável e mais descartável. Uma pena que farão Ultimato, um ótimo filme, ser esquecido em questão de meses, quando deveria ser lembrado por um longo tempo. Todos trabalharam tanto no filme para fazer algo único e marcante, aí a ganância do próprio estúdio o transforma em mais um produto qualquer, lançando outros 300 filmes praticamente encima do tempo em que ele corre nos cinemas...Trágico, trágico!
    Mostrar comentários
    Back to Top