Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Quentin Tarantino escala Burt Reynolds em Once Upon a Time in Hollywood
    Por Renato Furtado — 8 de mai. de 2018 às 15:53

    O veterano entra para o elenco ao lado de colaboradores regulares do cineasta: Kurt Russell, Tim Roth e Michael Madsen.

    Michael Tullberg

    Para além de seus diálogos extremamente velozes e do criativo e visualmente belo uso da violência no cinema, Quentin Tarantino também ganhou reconhecimento por manter viva a memória da sétima arte nos Estados Unidos, principalmente através da escalação de atores veteranos que encontraram enorme sucesso no passado. E de acordo com informações do Deadline, o icônico Burt Reynolds (Boogie Nights, Agarra-me Se Puderes) seguirá os passos de nomes como Robert ForsterPam Grier e entrará para a filmografia de Tarantino como um dos protagonistas de Once Upon a Time in Hollywood.

    Segundo o periódico, Reynolds deve interpretar George Spahn, um homem cego de 80 anos que costumava alugar seu rancho para produções televisivas de faroeste nos anos 1960. Mas este não é o único fato relevante da vida do octogenário, papel que cairá como uma luva para Reynolds, que deu o pontapé inicial em sua carreira trabalhando em séries western da época: em 1969, Spahn também permitiu que sua propriedade fosse utilizada como uma espécie de base de Charles Manson e sua gangue nos meses que antecederam os infames assassinatos - incluindo o da atriz Sharon Tate, que pode ser interpretada por Margot Robbie - cometidos pela Família Manson.

    Brad Pitt é confirmado ao lado de Leonardo DiCaprio em novo filme de Quentin Tarantino

    Assim, Reynolds deve ter um papel central em Once Upon a Time in Hollywood, já que seu personagem conecta os dois arcos narrativos do nono longa de Tarantino: o mundo do westerns, representado pela parceria entre Rick Dalton, o ator falido interpretado por Leonardo DiCaprio, e seu dublê, Cliff Booth, papel de Brad Pitt; e o caso do assassino em série, pano de fundo geral do roteiro. Estilisticamente comparado à obra-prima do cineasta, Pulp Fiction, Once Upon a Time in Hollywood deve apresentar um rico entrelaçamento de personagens, o que explica o fato de que os também recém-contratados Kurt RussellTim Roth e Michael Madsen, colaboradores frequentes de Tarantino e astros de Os Oito Odiados, assumirão papéis de menor destaque dentro da trama. Segundo rumores, por fim, o realizador também estaria interessado em contar com Samuel L. Jackson e Jennifer Lawrence.

    No ano passado, Once Upon a Time in Hollywood tornou-se foco de uma intensa disputa entre as majors de Los Angeles. Após o estopim do caso Harvey Weinsteinfoi revelado que o ex-produtor cometeu décadas de abusos sexuais -, epicentro do escândalo de assédios que abalou Hollywood, o nono filme de Tarantino perdeu sua produtora, a falida The Weinstein Company. Assim, o cineasta decidiu apresentar seu projeto para os grandes estúdios, que cortejaram o diretor incessantemente para poder contar com Once Upon a Time in Hollywood em seu catálogo. No fim das contas, a Sony saiu vencedora da competição e lançará o aguardado projeto de Tarantino no dia 9 de agosto de 2019. No Brasil, Once Upon a Time in Hollywood ainda não ganhou previsão de estreia.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Maravilhoso poder ver Burt Reynolds de novo na ativa. Grande ator, especialmente em faroestes e comédias.
    Mostrar comentários
    Back to Top