Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Mark Wahlberg doa cachê em nome de Michelle Williams para o fundo do Time's Up
    Por Rodrigo Torres — 13 de jan. de 2018 às 19:07

    O ator exigiu um cachê milionário para voltar ao set de Todo o Dinheiro do Mundo. A atriz ganhou menos de mil dólares.

    Mark Wahlberg fez jus ao título de Todo o Dinheiro do Mundo — e à sua má fama — para voltar ao set do filme, há umas semanas. Segundo uma fonte anônima, ele exigiu ser pago para aceitar a substituição de Kevin Spacey, acusado de assédio sexual, por Christopher Plummer. Enquanto sua colega de elenco Michelle Williams ganhou menos de mil dólares para as refilmagens, o ator cobrou US$1,5 milhão. E foi pago.

    A situação pegou muito mal e gerou comoção em Hollywood, com nomes como Jessica Chastain manifestando seu apoio a Michelle WIlliams e denunciando a disparidade de salários entre homens e mulheres. Diante da repercussão negativa, e após um comportamento questionável, Mark Wahlberg teve uma atitude nobre: doou o cachê de US$1,5 milhão ao fundo colaborativo do Time's Up, criado para o suporte de vítimas de assédio na indústria.

    Christopher Plummer em Todo o Dinheiro do Mundo.

    "Ao longo dos últimos dias, meu cachê pelas refilmagens de Todo o Dinheiro do Mundo se tornou um tema importante de discussão. Eu apoio 100% a luta por pagamentos justos e estou doando o US$1,5 milhão ao fundo de defesa legal do Time’s Up no nome de Michelle Williams", declarou o ator, em carta divulgada pelo Deadline.

    Agência que representa os dois atores e que ficou marcada por intermediar a transação discrepante nos contratos de Wahlberg e Williams, a William Morris Endeavor (WME) também fez uma doação ao fundo do Time's Up, no valor de US$ 500 mil. "A discussão atual é um lembrete a nós que estamos em posição de influência para termos responsabilidade para combater desigualdades, como a diferença salarial entre homens e mulheres", assinou a WME, lembrando que doara US$ 1 milhão no início do mês.

    Indicado a três Globos de Ouro — à própria Michelle Williams, ao substituto Christopher Plummer e ao responsável pela mudança, o diretor Ridley Scott —, Todo o Dinheiro do Mundo estreia no Brasil no dia 1º de fevereiro.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    • Marcos A.
      verdade, e o personagem dele ainda é ruim kk
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Pelo visto, vc é preconceituoso e... Ainda sobra a segunda opção. Se você tem um Fusca e vende com o preço de uma Ferrari é um golpista, ou seja, mau-caráter e idiota, enquanto quem o compra é apenas idiota, e isso não é defeito de caráter, apenas característica pessoal. E muitas vezes uma pessoa idiota é uma excelente pessoa, de excelente caráter, ao contrário de você, que vendeu um Fusca pelo preço de uma Ferrari: golpista. Quanto ao ator em questão, ele deveria ter bancado sua posição se quisesse, a consciência é dele; se você teria feito isso, a consciência seria sua e as pessoas não são iguais. O que importa é que ele entregou o dinheiro todo para um bom fundo, totalmente relacionado ao combate da exploração das mulheres (homens também, mas em quase totalidade mulheres), e esse dinheiro foi arrancado em negociação com seu produtor, não roubado nem tirado de verbas públicas. Ele não era obrigado a doar, tampouco colaborar com esse fundo, mas aderiu a isto, portanto merece meus aplausos. Os meus - não estou querendo que você dê os seus. Cada pessoa tem uma forma de ver vida, apenas você deveria evitar agredir gratuitamente quem pensa diferente de você.
    • Jc V.
      Pelo visto, vc não é ingênuo... Sobra a segunda opção.A questão não é se ele fez certo ou errado ao cobrar caro. Se eu tenho um Fusca e vendo com o preço de uma Ferrari idiota realmente é quem paga. A questão não é essa.Se ele realmente acha que fez o certo deveria ter bancado sua posição. Batia no peito de dizia: Cobrei o que eu mereço! A Michele deveria ter feito o mesmo!, isso sim seria atitude de homem (um homem escroto, mas ainda sim um homem). Mas não, ele viu a cagad# que deu na mídia, botou o rabo entre as pernas e tirou o corpo fora. Oq há de nobre nisso?? Se se arrependeu, ótimo. Peça desculpas como um homem e bola pra frente. Ele dizer que apoia salários justos é a mesma coisa que um político pego com dinheiro na cueca dizer que apoia as investigações da Lava jato e depois doar a grana pra Polícia Federal. Wahlberg só se arrependeu pq foi pego, daí é fácil.
    • Pestilão
      Até quando o cara tem uma atitude que deveria ser exaltada - sim, exaltada, porque devolver U$1.500.000,00 não deve ser fácil - execram o cara em público. Vai entender...
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Eu já acho que tem que ser muito preconceituoso ou muito burro não achar essa atitude dele nobre. Ele mesmo disse na declaração: Eu apoio 100% a luta por pagamentos justos e estou doando o US$1,5 milhão ao fundo de defesa legal do Time’s Up no nome de Michelle Williams. Nesse caso não cabe julgamento fora isso. Se ele exigiu 1,5 milhão e a produtora aceitou pagar, ótimo para ele. Talvez eu fizesse o mesmo. É questão de ter cacife. Se Michele Williams aceitou mil dólares, talvez não saiba se valorizar ou não tenha o mesmo cacife para se impor como ele se impôs. Uma vez que isso veio a público, e gerou repercussão negativa pela disparidade de pagamentos, ele deixou bem claro Eu apoio 100% a luta por pagamentos justos, onde se leia: Agora, se outros artistas não sabem exigir isso, vou devolver o que recebi.
    • Jc V.
      Tem que ser muito ingênuo ou muito burro pra achar essa atitude dele nobre. Ele mesmo disse na declaração que doou pelo fato da repercussão negativa q o caso estava tendo. Caso contrário aposto teria gastado tudo em cocaína a essa altura.
    • Jc V.
      Kkkkkk. Esse Wahlberg é um comédia! Primeiro ele faz extorsão com o estúdio (sim, cobrar pra aceitar outro ator no filme é extorsão. Quem ele pensa que é? O autor do roteiro?) dpois vem pagar de bom samaritano doando essa grana em nome da Michelle Williams. Se ele quisesse fazer justiça, deveria per dado o dinheiro PARA atriz.Mas uma coisa é clara, Mark Wahlberg é um atorzinho que deveria pagar pra trabalhar, enquanto Michelle é uma atriz multipremiada e recebe bem menos que esse Zé Mané. Se isso não é disparidade salarial então não sei de mais nada!
    • Senhor Ivan
      Pagaram uma nota preta para o pior ator do elenco.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Isso já não sei. Só ele pode saber o que passou em sua cabeça.
    • Pedro T.
      Está mais do que claro que está doação não partiu de forma altruísta dele, mas nada mais foi do que os agentes dizendo algo como: Mark, para preservar sua imagem perante a mídia, você precisa fazer essa doação, ou a mídia vai acabar com você.
    • Peter Spielberg
      O mais absurdo é alguém pagar salário de milhões pra um ator que nem ele
    • Peter Spielberg
      Fez nada de mais Só porque a história veio a tona Se não , iria continuar quietinho e absurdamente sendo pago por gente que tem coragem de da dinheiro pra esse cara
    • Alan Ramos Fernandes
      Mark e um ator risível ,mas ele nao tem culpa da desigualdade reinante em Hollywood ,o grande culpado nessa historia toda foi o Ridley e os produtores que aceitaram paga isso a ele.
    • Matheus Almeida
      é so ele posar para a Calvin Klein de novo kkk apesar de tudo ele é um velho ajeitado =D ... so tenho hate nele porque ele entrou para a franquia dos efeitos especiais ( Transformers ) .
    • J?nior S.
      Ele só dançou conforme a música pra não pegar mal pra imagem dele, por que obrigado a devolver ele não era...
    • J?nior S.
      Pois é, desde que esses casos de assédio foram expostos na mídia, uma espécie de nova caça às bruxas chegou em Hollywood! Agora qualquer atitude minimamente questionável de um homem já vai ser o suficiente para destruir a sua carreira...
    • J?nior S.
      Não vai fazer nem cócegas no bolso dele.
    • Vidamell Vida R.
      Conserteza ele tem dinheiro no banco.
    • josimar
      Já to até vendo: enquanto a mídia toda fez festa com a história do Wahlberg exigindo ser pago pra voltar pros sets do filme, certamente não vão ter o mesmo empenho em cobrir a atitude nobre dele. Vão dar uma ou outra nota - e olhe lá. Afinal, dá mais pageviews destruir a carreira e a imagem das pessoas do que cobrir suas tentativas de corrigir seus erros.
    • Bernardo Bastos Guimarães
      Bela atitude. Certamente lhe doeu a consciência. E é muito bom ver uma pessoa que tem, e escuta, sua própria consciência. Por outro lado, não ficou bem claro se ele exigiu esse 1,5 milhão de dólares e a atriz não exigiu, mas sim aceitou atuar praticamente de graça em consideração talvez ao diretor. Ou se ela e ele nem souberam, um da decisão do outro.
    Mostrar comentários
    Back to Top