Minha conta
    Van Helsing não terá superpoderes, diz roteirista indicado ao Oscar por A Chegada
    Por Rodrigo Torres — 14 de fev. de 2017 às 20:08

    "Gosto da ideia do herói cotidiano tomando a iniciativa e consertando as coisas", declarou Eric Heisserer, que também espera fazer um filme de horror.

    Van Helsing voltará aos cinemas com um time de escritores de respeito: Jon Spaihts, roteirista de PrometheusDoutor Estranho e do recente Passageiros; e Eric Heisserer, indicado ao Oscar por A Chegada. Além de comentar a influência de Interestelar em seu último filme, o autor falou sobre o vindouro filme do Caçador de Monstros em entrevista ao Collider, tendo repetido o grande diferencial da nova adaptação.

    "Acho que a grande coisa já foi dita: é contemporâneo, uma releitura nos dias modernos", disse Heisserer, repetindo algo dito por seu parceiro há três meses. Então, Eric entrou num aspecto bem pessoal que o deixa "apaixonado" ou "frustrado" em filmes de fantasia: "Quando encontramos um personagem extraordinário com habilidades sobrehumanas que se torna um herói para resolver um problema que uma pessoa normal não consegue resolver".

    O desafio de Eric Heisserer é, portanto, muito original, digno de nota por nadar contra a correnteza. Seu objetivo, em suma, é "retratar alguém que não tem poderes extraordinários, apenas engenhosidade, empenho e uma certa teimosia capaz de enfrentar alguns desses problemas maiores". Bem bacana. E o motivo é ainda mais nobre.

    "Não gosto da ideia de estarmos infundindo nosso público e nossa cultura pop com a ideia de que apenas superpessoas são capazes de resolver os problemas do mundo. Gosto da ideia do herói cotidiano tomando a iniciativa e consertando as coisas", declarou Eric Heisserer, trazendo uma visão de mundo essencial a todo escritor.

    Eric Heisserer, por fim, responde se Van Helsing será um filme de horror ou um típico blockbuster de ação e aventura. "Não sei como será ao fim do processo, então vou me furtar de comentar como será realmente. Posso dizer que minha intenção ao entrar [no projeto] era fazê-lo o mais assustador possível, em partes porque eu sei fazer isso, e também porque quando você é a única pessoa cercada por um bando de criaturas sobrenaturais, isso tem de ser absolutamente assustador", diz o roteirista de A Hora do PesadeloPremonição 5A Coisa e Quando as Luzes se Apagam.

    Van Helsing irá integrar o Universo Monstros da Universal ao lado de A Múmia, Frankenstein e Drácula. O filme ainda não tem data de estreia definitiva. A previsão é 2018.

     

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top