Minha conta
    Dona Flor e Seus Dois Maridos: Refilmagem vai contar com mais cenas do livro do que o clássico de 1976 (Exclusivo)
    Por Renato Hermsdorff — 20 de ago. de 2016 às 09:23

    Visitamos o set da nova versão, e diretor revelou qual personagem José Wilker gostaria de ter interpretado no filme.

    Na TV ela viveu Gabriela, personagem que foi interpretada por Sonia Braga. Agora, nos cinemas, ela está vivendo Dona Flor – Sonia Braga de novo. Será que Juliana Paes tem um projeto de refilmagem de O Beijo da Mulher Aranha por agora? Ou quem sabe, para daqui a 20 ou 30 anos, um remake de Aquarius? É o que viemos descobrir visitando o set de Dona Flor e Seus Dois Maridos – versão 2016, reloaded.

    A prosa aconteceu no fim de julho, em um casarão localizado no Alto da Boa Vista, zona norte do Rio de Janeiro. A cena? “O casamento do Vadinho com a Dona Flor, ‘um casamento rápido e bagunçado como o noivo’, segundo descrições do próprio Jorge Amado”, segundo o diretor, Pedro Vasconcelos (O Concurso) que, conhecido pelo trabalho na TV, ainda comandou a montagem do texto para o teatro durante mais de cinco anos.

    Se você assistiu à versão clássica de Bruno Barreto e não se lembra de casamento nenhum, calma, você não está caduco(a). “A gente conta um pedaço do livro que é o Vadinho e a Flor se conhecendo”, em flashback. “O nosso filme fica uma pouco mais completo em relação ao livro, a gente conta mais a história do que o outro filme”, adianta o ator Marcelo Faria, intérprete do personagem vivido por José Wilker nos anos 1970 tanto nos palcos quanto na nova versão, que ele também assina como produtor.

    Wilker, aliás, quando soube da refilmagem, manifestou intenção de fazer uma participação especial, confessa Pedro. O ator queria interpretar o dono do cassino onde o malandro costuma jogar. Com o falecimento do eterno Vadinho em abril de 2014, no entanto, a aparição não foi possível.  

    As filmagens de Dona Flor duraram cinco semanas e tiveram locações também em Salvador, além do Rio de Janeiro. A previsão de estreia é em 2017, com Leandro Hassum – que já havia terminado de gravar sua participação no dia da visita – como o outro marido, o engomado Teodoro (papel que foi de Mauro Mendonça).
    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top