Minha conta
    Jennifer Lawrence diz que seu filme com Amy Schumer será politicamente incorreto
    Por Joao Vitor Figueira — 6 de jan. de 2016 às 15:18

    Estrela da franquia Jogos Vorazes ainda rasgou elogios a Chris Pratt e explicou porque quer ser diretora de cinema.

    Glamour

    Jennifer Lawrence está trabalhando com sua nova melhor amiga, a atriz e humorista Amy Schumer, em um filme de comédia que não deve ser indicado para as pessoas mais sensíveis, de acordo com a intérprete de Katniss Everdeen.

    Em entrevista para a revista de celebridades Glamour, da qual será capa em fevereiro, Lawrence afirmou que ela e Schumer terminaram, nesta semana, o primeiro rascunho do roteiro do filme que irão estrelar. A atriz disse que o texto levou quatro meses para ser escrito. "Eu vi Descompensada em julho [de 2015] e enviei um e-mail para ela. Eu já sabia: 'Essa vaca precisa escrever um filme para mim'".

    Lawrence disse ainda que o filme será politicamente incorreto e que, inicialmente, não imaginava que também iria atuar como roteirista. "Eu não sabia. Eu mandei um e-mail para ela dizendo algo como 'Escreva alguma coisa para nós'. Eu nunca fiz nada assim antes. No dia seguinte ela me respondeu com uma história inédita. Agora o rascunho do roteiro está completo e é bom! Mas definitivamente não é um filme politicamente correto [risos]", contou.

    Ainda falando sobre o futuro de sua carreira, a atriz que recentemente lançou o último filme da franquia Jogos Vorazes também disse que pretende mostrar ao mundo seu lado cineasta. "Eu quero fazer isso há um bom tempo. A primeira pessoa que me dirigiu foi uma mulher, Lori Petty [em A Casa de Jogos], quando eu tinha 16 anos. Eu fui tomada pela mesma vontade que me levou a atuar. Eu tentei absorver algo de cada diretor com quem trabalhei como uma esponja. Eu tenho feito as minhas anotações há sete anos."

    Em novembro do ano passado, Lawrence afirmou que iria estrear como diretora em Project Delirium. O filme é baseado em um artigo jornalístico publicado pela revista New Yorker sobre experimentos militares realizados nos Estados Unidos na década de 60. Os experimentos envolviam testar os efeitos de substâncias químicas na mente de 5 mil soldados cobaias para descobrir uma maneira de usar a droga como arma mental.

    J. Law ainda falou sobre sua admiração por Chris Pratt, que muitas vezes é descrito pela imprensa americana como "a versão masculina da Jennifer Lawrence". Os dois vão atuar juntos no filme de aventura e ficção científica Passengers, ambientado no espaço sideral. "Chris Pratt está sempre de bom humor. Nós damos risada o dia inteiro. Ele é como um Papai Noel de chocolate. Ele é um cachorro que se transformou em humano e disse 'Eu sou um grande ator com um rosto perfeito'. E ele tem a família mais amável de todas. Quando eu conheci Anna [Faris, esposa de Pratt], eu fiquei 'Ah, vão se f....'. Eu disse isso da melhor maneira possível. Eles são como um romance de Nicholas Sparks. Você diz a 'Ecaaaaa!', mas quer isso pra você. Ele também é um grande ator."

    Passengers estreia dia 29 de dezembro de 2016, com a direção de Morten Tyldum. "Em jornada rumo a um planeta distante, um homem (Pratt) desperta de um sono criogênico e, sentindo-se muito só, decide acordar uma outra passageira (Lawrence) para lhe fazer companhia. Os dois acabam vivendo um romance", diz a sinopse do filme.

    facebook Tweet
    Links relacionados
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top