Minha conta
    Os 30 melhores suspenses de todos os tempos
    Por Bruno Carmelo, com a contribuição de Evelyn Souza — 1 de mar. de 2015 às 08:00

    Tem o garotinho que vê pessoas mortas, o canibal que devora fígados, a esposa assassina, o vizinho criminoso, as amantes possessivas, a mulher que engravida do filho do demônio... Conhece todos esses filmes?

    5. O Talentoso Ripley (1999)

    Cuidado com os homens de aparência calma e inofensiva! Tom Ripley (Matt Damon) é capaz de se aproximar de você, copiar a sua voz, os seus gestos, investigar a sua vida... até tomar o seu lugar. Quando ele encontra o rico Dickie (Jude Law), rapidamente se aproxima dele e de sua esposa (Gwyneth Paltrow), invejando a vida luxuosa do novo amigo. Mas para assumir a posição Dickie, Tom tem que eliminá-lo de uma vez por todas. Assista ao trailer.

    Por que é ótimo? Baseado no famoso livro de Patricia Highsmith, O Talentoso Ripley faz uma boa escolha ao colocar o vilão como protagonista, explicando a história do ponto de vista dele. É até possível se identificar com o perigoso personagem... A primeira adaptação cinematográfica do livro, O Sol Por Testemunha (1960), também é muito boa.

    6. Louca Obsessão (1990)

    "Eu sou a sua fã número um, eu sou a sua fã número um!" Esta é a frase que Annie Wilkes (Kathy Bates) repete sem parar ao escritor Paul Sheldon (James Caan), depois de resgatá-lo de um acidente automobilístico na nevasca. Esta enfermeira solitária cuida muito bem do seu ídolo, até descobrir que ele pretende matar a personagem principal da saga literária Misery. Furiosa, Annie Wilkes comprova que não se brinca com fãs fanáticos. Assista ao trailer.

    Por que é ótimo? Esqueça os filmes de suspense passados inteiramente à noite, com sustos e portas rangendo. Louca Obsessão acontece quase todo de dia, dentro de uma mesma casa, com praticamente dois personagens em cena o tempo inteiro. A guerra de nervos entre Annie e Paul é excelente, até o inevitável confronto entre eles. Um clássico.

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top