Minha conta
    Os 30 melhores suspenses de todos os tempos
    Por Bruno Carmelo, com a contribuição de Evelyn Souza — 1 de mar. de 2015 às 08:00

    Tem o garotinho que vê pessoas mortas, o canibal que devora fígados, a esposa assassina, o vizinho criminoso, as amantes possessivas, a mulher que engravida do filho do demônio... Conhece todos esses filmes?

    29. Relíquia Macabra (1941)

    Um investigador particular (Humphrey Bogart) é contratado para proteger Brigid O'Shaughnessy (Mary Astor) das ameaças de um homem misterioso. Uma noite, no entanto, este homem aparece morto. Aos poucos, o detetive descobre uma rede de pessoas competindo para pôr as mãos em uma valiosa estátua de falcão ornado com pedras preciosas. 

    Por que é ótimo? Se você assistiu ao trailer de À Beira do Abismo na página anterior, percebeu a menção a Relíquia Macabra, que foi um sucesso tão grande a ponto de ser usado como comparação para suspenses futuros. De fato, este filme foi um verdadeiro fenômeno, sendo frequentemente incluído entre os melhores de todos os tempos. Este é um dos primeiros film noirs da história do cinema.

    30. M, o Vampiro de Dusseldorf (1931)

    Em Berlim, diversas crianças são assassinadas por um homem que costuma cantarolar a mesma música antes de atrair cada uma delas. Os policiais não conseguem encontrar o responsável pelos crimes, e logo toda a cidade é tomada pela paranoia, unindo-se para designar suspeitos. Uma pessoa inclusive tem a ideia de escrever a letra "M", de "mörder" (assassino) nas costas do principal suspeito, para não perdê-lo na multidão.

    Por que é ótimo? Aplicando o estilo expressionista, Fritz Lang conseguiu captar muito bem o sentimento de medo das cidades grandes. A escolha do humorista Peter Lorre para este papel seríssimo também foi um risco bem calculado, já que o ator ficou para sempre conhecido como o vilão do filme. O próprio Lang gostava da obra pela mensagem destinada às mães, que deveriam "ficar atentas às suas crianças".

    facebook Tweet
    Pela web
    Comentários
    Mostrar comentários
    Back to Top