Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Escolha de Sofia
     A Escolha de Sofia
    26 de outubro de 2020 na Netflix / 2h 30min / Drama, Romance
    Direção: Alan J. Pakula
    Elenco: Meryl Streep, Kevin Kline, Peter MacNicol
    Título original Sophie's Choice
    Streaming
    Assista agora
    Usuários
    4,3 211 notas e 34 críticas
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Em 1947 Stingo (Peter MacNicol), um jovem aspirante a escritor vindo do sul, vai morar no Brooklyn na casa de Yetta Zimmerman (Rita Karin), que alugava quartos. Lá conhece Sofia Zawistowska (Meryl Streep), sua vizinha do andar de cima, que é polonesa e fora prisioneira em um campo de concentração e Nathan Landau (Kevin Kline), seu namorado, um carismático judeu dono de um temperamento totalmente instável. Em pouco tempo tornam-se amigos, sendo que Stingo não tem a menor idéia dos segredos que Sofia esconde nem da insanidade de Nathan.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
    • Netflix Inscrições
    Online
    Telecine Assista agora
    Veja todos os filmes online
    A Escolha de Sofia Trailer Original 2:54
    A Escolha de Sofia Trailer Original
    20361 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Meryl Streep
    Personagem : Sophie Zawistowski
    Kevin Kline
    Personagem : Nathan Landau
    Peter MacNicol
    Personagem : Stingo
    Josef Sommer
    Personagem : Narrador
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Alvaro S.
    Alvaro S.

    Segui-los 1485 seguidores Ler as 349 críticas deles

    4,0
    Enviada em 16 de maio de 2016
    Provavelmente você vai achar o filme longo, mas o fascínio causado pela interpretação da Meryl Streep é único. Falando honestamente, a Meryl é F***, é impressionante o que ela faz com sotaques nesta obra. Alemão, Francês, Polonês e um inglês cheio de erros, de alguém que está aprendendo a língua. Ela dá vida a Sofia do título, sobrevivente do Holocausto que encontra a razão de viver no Nathan (Kevin Kline), um judeu americano. A ...
    Leia Mais
    B.Boy Jc
    B.Boy Jc

    Segui-los 1520 seguidores Ler as 396 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de dezembro de 2015
    Um filme tem um primeiro ato desnecessário e cansativo, depois fica bem mais interessante, se n tivesse tanta enrolação teria sido bem melhor!
    Silvia M.
    Silvia M.

    Segui-los 1 seguidor Ler a crítica deles

    2,5
    Enviada em 18 de agosto de 2016
    Uma amiga leu o livro e descreveu como o mais triste de todos os tempos, decidi ver o filme primeiro. Duas curiosidades que gostaria de ter visto nas críticas: não sei falar alemão, mas fiquei com a impressão que ela falou perfeitamente, será que teve que aprender outros idiomas? Outra coisa, ela na época tinha algo na arcada superior que mudou sua feição e dicção, terá sido só por este filme?
    Crismika
    Crismika

    Segui-los 373 seguidores Ler as 349 críticas deles

    5,0
    Enviada em 24 de novembro de 2020
    Grande obra prima do cinema que rendeu o Oscar de melhor atriz para Meryl Streep, que conta também com uma atuação impecável do primeiro filme de Kevin Kline, enfim um filme de arte, com história dramática, excelente fotografia, roteiro, trilha sonora. Enfim um filme que enche os olhos e a tela com tanta maestria. SUPER RECOMENDO!!!
    34 Comentários do leitor

    Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Cena dolorosa

    Meryl Streep rodou sua cena final (a cena em que acontece a tal escolha) apenas uma vez. A atriz se recusou a fazer de novo, alegando que, como mãe, era muito doloroso e emocionalmente desgastante interpretar aquilo. Anos depois, Streep foi entrevistada no programa de Oprah Winfrey, onde a cena da escolha foi mostrada. A atriz ficou visivelmente incomodada e afirmou que nunca tinha visto a tal cena até aquele momento.

    Implorando por um papel

    Meryl Streep literalmente implorou para interpretar Sofia. Ela chegou a se ajoelhar diante do diretor Alan J. Pakula. O cineasta atendeu ao pedido da atriz. Marthe Keller e Barbra Streisand também fizeram testes para o papel.

    Estreia nas telonas

    A Escolha de Sofia é o primeiro trabalho de Kevin Kline no cinema.

    Últimas notícias

    Além de The Prom: 5 vezes em que Meryl Streep cantou no cinema
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quinta-feira, 10 de dezembro de 2020
    Os melhores e piores filmes de Meryl Streep
    NOTÍCIAS - Personalidades
    domingo, 21 de janeiro de 2018
    Meryl Streep, lenda do Oscar, rainha dos sotaques, provocadora de lágrimas e risos, especialista em biografias, soberana...
    Meryl Streep não se lembra de todas as suas indicações ao Oscar
    NOTÍCIAS - Personalidades
    terça-feira, 9 de janeiro de 2018
    Atriz indicada a 20 prêmios da Academia perdeu a chance de ganhar mais uma estatueta do apresentador da cerimônia em 2018,...
    8 Notícias e Matérias Especiais

    Detalhes técnicos

    Nacionalidade EUA
    Distribuidor Versátil Digital Filmes
    Ano de produção 1982
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 3 curiosidades
    Orçamento US$ 12 000 000
    Idiomas Inglês, Alemão, Polonês, Francês, Russo
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      - 427º filme de 2.020! Visto em 01º/11 (maratona Meryl Streep: 1/5)...- Nota: 7,0/10 - Bom...- É um filme bonito, comovente, delicado e sensível, com (mais uma) grande atuação da Meryl Streep, a maior e melhor de todos os tempos! Porém, é um filme extremamente longo, que por vezes fica arrastado e cansativo, além do personagem do Kevin Kline não conseguir a empatia do espectador até perto do final do filme, quando é revelado um segredo em relação ao mesmo! No geral, vale mais pela atuação da Meryl Streep do que do filme em si...
    • Ivan Sousa
      Está aqui,um filme que pode nos encabular ,e nos deixar totalmente desorientados no começo.A Escolha de Sofia traz em sua bagagem,o doce e a tranquila época de 1947.Pós guerra,temos pessoas que sonham,apesar da dura vida que levam.É o caso do jovem Stingo (Peter MacNicol).Um rapaz que adora escrever,irá passar um tempo no Brooklyn.Mais no mesmo dia,já conhece o temperamento de seus vizinhos, Sophie (Meryl Streep) e Nathan (Kevin Kline).A primeira impressão é das mais horríveis possíveis.Logo de cara,Stingo presencia uma briga entre o casal.Daí Stingo percebe que sente algo por Sophie.I romance é um dos principais ingredientes da história.Pra quem gosta,esse filme pode ser um prato cheio.Vivido na boa época,e conduzido precisamente por Streep,Kline e MacNicol.
    • DRIKA1975
      filme lindo chorei!! Emocionante. 
    Mostrar comentários
    Back to Top