Minha conta
    Os Visitantes - A Revolução
    Os Visitantes - A Revolução
    2 de maio de 2017 em Telecine / 1h 49min / Comédia , Fantasia
    Direção: Jean-Marie Poiré
    Roteiro Jean-Marie Poiré, Christian Clavier
    Elenco: Jean Reno, Christian Clavier, Franck Dubosc
    Título original Les Visiteurs - La Révolution
    Assista agora
    Usuários
    3,1 1 nota
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse

    Acidentalmente, um cavaleiro medieval mata o pai de sua noiva. Para se livrar desse crime, ele pede ajuda a um mago para voltar no tempo e impedir o desastre de acontecer. Entretanto, o homem transporta o cavaleiro para a época da monarquia francesa, onde eles irão se envolver em situções inusitadas.

    Assista ao filme

    SVOD / Streaming
      Amazon Prime VideoInscrições
    Veja todas as ofertas de streaming
    Pela web

    Elenco

    Jean Reno
    Personagem : Conde Godefroy de Montmirail
    Christian Clavier
    Personagem : Jacquouille / Jacquouillet
    Franck Dubosc
    Personagem : Gonzague de Montmirail
    Karin Viard
    Personagem : Adélaïde de Montmirail
    Ficha completa

    Fotos

    23 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Fim da pausa

    Primeiro filme dirigido por Jean-Marie Poiré desde "Ma femme... s'appelle Maurice" (2002), 14 anos antes.

    Detalhes técnicos

    Nacionalidades França, Bélgica, República Tcheca
    Distribuidor -
    Ano de produção 2016
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 1 curiosidade
    Orçamento US$ 27.000.000
    Idiomas Francês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Comentários

    • Ulisses Silveira
      Excelente, anárquica exibição da revolução francesa. Ao contrário do original, fraco, a história me atraiu e me deixou com água na boca a possibilidade de continuação com o Brancaleone cavaleiro Frances e seu Sancho Pança escudeiro em plena segunda guerra mundial. Só o filho de um francês ouvindo jazz e chamando o pai de colaborador no final do filme já nos dá uma ideia do que pode rolar. O colaboracionismo francês ao nazismo é uma mancha negra na história da França
    Mostrar comentários
    Back to Top